“Táxis de cocaína” são problema crescente em Berlim

Aumento do número de veículos que entregam drogas diretamente na casa dos usuários preocupa a polícia berlinense. A cocaína perde apenas para a heroína como causa de mortes relacionadas a drogas na capital alemã.

A polícia de Berlim registra um número crescente dos chamados “táxis de cocaína” – carros que entregam a droga em qualquer parte da cidade após um telefonema ou o envio de uma mensagem de texto.

Apenas entre maio e outubro, as autoridades abriram 35 novas investigações sobre esses casos, afirmou nesta segunda-feira a emissora pública de televisão alemã RBB, sediada em Berlim.

Os clientes encomendam um “táxi” fazendo uma chamada telefônica ou enviando um texto com o endereço a um número privado, que os conecta com um call center não oficial. Em 15 minutos, um carro chega ao local designado, e a troca do dinheiro pela droga ocorre dentro do veículo.

Um estudante de Berlim, que não quis se identificar, afirmou que alguém sempre tem o número em que a droga pode ser encomendada. Muitos dos táxis circulam em bairros da moda como Kreuzberg, Neukölln e Friedrichshain.

Ele diz não se tratar de um “traficante clichê dirigindo uma BMW grande”, mas um homem comum num carro discreto. O cliente entra no veículo e, junto com o motorista, dá uma volta no quarteirão. Durante o passeio, conversam sobre temas aleatórios sem mencionar a palavra cocaína, e o usuário paga 50 euros pelo serviço. Depois, o motorista leva o cliente de volta ao local de encontro.

O jovem assegura que o número de usuários desse serviço aumentou drasticamente. Entre seus conhecidos que consomem ocasionalmente “drogas de festa”, agora a cocaína é padrão, assim como o ecstasy ou a anfetamina speed. “Há alguns anos, certamente não era assim”, comenta, acrescentando que vendedores e processo de compra chegam a ser simpáticos: “Bem normal. Não parece que a pessoa esteja se envolvendo com algum clã ou algo assim.”

No entanto membros de grandes famílias árabes são alvos das investigações das autoridades. Em agosto de 2018 houve também uma investigação contra membros de uma máfia conectados aos táxis de drogas. As autoridades relataram a descoberta de 2,4 kg de maconha num carro. De acordo com o relatório, foram confiscados 200 mil euros em espécie e vários veículos.

A cocaína tem desempenhado papel cada vez maior na cena de drogas em Berlim, nos últimos dois a três anos, sendo a segunda maior causa de mortes relacionadas a drogas na cidade, depois da heroína. Em 2018, 35 usuários de cocaína morreram na capital. Em 2019, até julho a polícia já havia registrado 25 mortes. As autoridades afirmam que estão lutando para encarar o aumento significativo de casos nos últimos meses.

“No momento temos um fardo tão grande em nosso departamento com essas investigações do serviço de entrega de cocaína, que elas ocupam todo o departamento de polícia. Esse não foi o caso em anos anteriores”, frisa Olaf Schremm, chefe do departamento berlinense para investigação de crimes de drogas.

Em maio, a polícia de Berlim prendeu dois homens por entregarem cocaína de carro. No veículo encontraram um quilo de cocaína, avaliado em 40 mil euros, além de duas armas de fogo falsas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …

Maduro diz estar disposto a negociar com oposição

Declaração é feita após líder oposicionista Juan Guaidó propor diálogo mediado por comunidade internacional. Noruega já estaria em contato com regime e oposição. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quarta-feira (12/05) que está disposto …