Time de futebol formado só por gays em São Paulo quer mostrar que o esporte é para todos

“Toca a bola, bicha!” “Vai, viado!” No futebol, expressões inferiorizando homossexuais são usadas com frequência, mas, quando se trata das partidas dos Unicorns, elas significam carinho. Afinal, o time é formado só por gays que gostam de jogar bola – e eles não fazem questão alguma de se esconder.

A ideia surgiu em abril de 2015, quando os amigos Bruno Host e Filipe Marquezin conversavam sobre a vontade de voltar a jogar futebol. Desde então, toda semana o grupo se reúne para bater bola em uma quadra na zona sul de São Paulo. São mais de trinta “unicórnios” que se revezam nas partidas.

Bruno conta que se afastou do esporte na adolescência, antes mesmo de se aceitar como gay. “Desanimei porque era muito agressivo. Acho muito louco ficar tão agressivo jogando um esporte amador”, disse em entrevista ao Hypeness. Mas graças aos Unicórnios a prática voltou a ser prazerosa.

As partidas costumam movimentar mais de vinte pessoas jogando, e muitas outras do lado de fora do campo: “Namorados e amigos se reúnem para torcer, brincar e simplesmente interagir. A quadra se tornou um espaço de convívio muito legal”, diz Host, cujo namorado faz parte dos Bearleaders – brincadeira misturando as tradicionais Cheerleaders aos “ursos”, expressão comum da cultura LGBT.

Ao longo dos dois anos de existência do time, foram poucas as vezes em que a orientação sexual causou problemas. “Ninguém se policia para parecer hétero. Tem gente que olha meio de canto, o pessoal na torcida já ouviu comentários idiotas, mas a gente não deixa que nos afete”, relata Bruno. Mas há também uma barreira que vem dos próprios gays.

Futebol? Mas isso não é coisa pra viado”, diziam alguns amigos de Bruno que acabaram dando uma chance ao esporte e se divertindo. Outros contaram que tinham vontade de jogar, mas não se arriscavam justamente por se sentir inferiorizados dentro do ambiente futebolístico. Hoje, graças ao Unicorns, todos conseguem se divertir juntos.

Por causa da divulgação que os Unicórnios receberam na imprensa, muita gente interessada entrou em contato querendo jogar também. Os organizadores das partidas já estão pensando em alugar a quadra em outro dia para atender à demanda. Além disso, ficaram sabendo da existência de outros times LGBT.

De São Paulo, são pelo menos mais quatro: três formados por homens gays e um por lésbicas. Inclusive chegaram convites para participar de campeonatos, mas os líderes da equipe querem conversar com os jogadores antes por receio que a competitividade acabe mudando a essência do time.

Mas uma coisa é certa: armários, somente nos vestiários agora.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Bolas gigantes de ervas daninhas "atacam" cidade da Califórnia

As bolas gigantes conhecidas como “tumbleweed” cobriram casas, invadiram ruas e lançaram um verdadeiro caos em uma cidade do estado da Califórnia, nos Estados Unidos. “Invasão” foi a palavra que a moradora Tanya Speight utilizou para …

Pediatra que descobriu o Asperger colaborou com os nazistas na Segunda Guerra Mundial

Documentos recentemente descobertos sugerem que Hans Asperger, o pediatra cujo nome descreve uma forma de autismo, esteve ativamente envolvido no programa de eutanásia do regime nazista na Áustria. As provas foram retiradas de documentos e registros …

Quase 40 anos depois, a Arábia Saudita voltou a ter cinema

A Arábia Saudita inaugurou nesta quarta-feira (18) o primeiro cinema comercial, pondo fim a uma proibição de quase 40 anos, em um esforço do príncipe saudita para modernizar o reino conservador. Segundo a Reuters, o novo …

Se reunião com a Coreia do Norte não correr bem, Trump se levanta e sai

Donald Trump admitiu haver a possibilidade de libertar os três norte-americanos presos na Coreia do Norte e adiantou que pode cancelar o encontro com Kim Jung-un se achar que não será produtivo. Nesta quarta-feira (18), Donald …

Miguel Díaz-Canel, o primeiro presidente da Cuba pós-Castro

Miguel Mario Díaz-Canel, o número 2 do governo de Cuba desde 2013, se tornou nesta quinta-feira (19) o novo presidente do país, onde, pela primeira vez em seis décadas, a principal liderança não tem Castro …

Projeto que prevê proibição de plástico descartável no Brasil é aprovado pelo Senado

Na terça-feira (17), a Comissão de Meio Ambiente (CMA), que faz parte do Senado, aprovou um projeto importantíssimo, que prevê a retirada gradual do plástico descartável no Brasil. De acordo com o projeto, em dez anos, …

MPF pede que Ibama indefira exploração de petróleo na foz do Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amapá expediu recomendação nesta quarta-feira (18) para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) indefira licença para exploração de petróleo na foz do …

Temer tira dinheiro da saúde e do combate à violência contra a mulher para usá-lo em publicidade

No último dia 10, o governo de Michel Temer, através do Ministério do Planejamento, baixou a Portaria 75, que remaneja recursos do orçamento para a Secretaria de Comunicação (Secom), pasta responsável pela propaganda oficial do …

Entra em vigor lei que aumenta pena para motoristas alcoolizados

Entra em vigor nesta quinta-feira (19) a Lei 13.546/2017, que ampliou as penas mínimas e máximas para o condutor de veículo automotor que provocar, sob efeito de álcool e outras drogas, acidentes de trânsito que …

Meridiano 100 começa a mudar de lugar

O limite invisível que ajudou a definir e a dividir os Estados Unidos durante séculos está mudando de lugar. Por causa do aquecimento global. O meridiano 100 – a linha de longitude invisível que corta a …