Titanic foi encontrado durante missão ultrassecreta da Marinha dos EUA

O navio naufragado mais famoso do mundo poderia ter permanecido no leito marinho por muito mais tempo se não tivesse sido descoberto durante uma missão ultrassecreta da época da Guerra Fria, segundo documentos recentemente desclassificados.

“A Marinha está finalmente discutindo isso”, afirmou ao canal National Geographic o oceanógrafo Robert Ballard, comandante da Marinha dos EUA que encontrou destroços do navio de passageiros Titanic em 1985.

Até hoje, a história exata de como o RMS Titanic foi encontrado permanecia sendo secreta. Em 1982, Robert Ballard, solicitou ajuda à Marinha dos EUA. O cientista pediu financiamento do seu projeto de um submersível robotizado, que seria usado pelo oceanógrafo para encontrar o RMS Titanic.

Militares norte-americanos demonstraram interesse no ambicioso projeto, porém, não compartilharam otimismo quanto às buscas do navio legendário.

Naquela época, a Marinha estava preocupada com outras embarcações.  Era necessário encontrar destroços de dois submarinos dos EUA, o USS Thresher e o USS Scorpion, que naufragaram em 1963 e 1968, respectivamente.

Como as embarcações tinham a bordo reatores nucleares, os EUA esperavam entender quão afetado foi o ambiente com a destruição dos submarinos, bem como identificar o motivo exato dos naufrágios.

A chefia da Marinha norte-americana resolveu financiar o projeto de Ballard, mas com uma condição: o cientista deveria participar da missão secreta de exploração dos submarinos naufragados. O então comandante da Marina esclareceu que Ballard poderia procurar o Titanic somente se sobrasse tempo. O oceanógrafo não teve escolha e concordou.

Oficiais que serviam na Marinha norte-americana naquela época confessaram que nenhum deles acreditava que as buscas de Ballard poderiam trazer de volta o legendário navio de passageiros. Mas a missão secreta em busca dos dois submarinos foi concluída com sucesso e antecedência, dando ao oceanógrafo 12 dias para procurar o RMS Titanic.

Este tempo foi suficiente para Ballard concretizar uma das maiores descobertas do século. O encontro dos destroços do navio gigante provocou um verdadeiro alvoroço na chefia da Marinha do país.

“Claro que a Marinha não esperava que Ballard encontrasse o Titanic, e quando isso aconteceu, eles ficaram realmente nervosos por causa da publicidade“, assinalou.

Apesar das preocupações do governo dos EUA, militares conseguiram manter a missão em segredo. Somente depois de várias décadas, a verdade veio à tona. Durante todo este tempo, o oceanógrafo não pôde falar sobre sua colaboração com os militares.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …