Encontrado artefato de ouro que identifica o “Titanic” do século XIX

Ellms, Charles / Flickr

Ilustração de 1848 da explosão no navio Pulaski

O navio a vapor Pulaski, conhecido como o “Titanic do seu tempo”, naufragou em 1838, após uma explosão. Afundou em menos de uma hora, levando consigo cerca de um terço da tripulação. Agora, um grupo de mergulhadores descobriu novos tesouros em ouro da embarcação. 

A expedição navegava junto à costa da Carolina do Norte, rumo a Baltimore (EUA), no dia 14 de junho de 1838. Uma explosão nas caldeiras matou inúmeros passageiros e causou danos colossais ao navio.

Em janeiro deste ano, de acordo com o Charlotte Observer, um grupo de mergulhadores encontrou finalmente os destroços do navio, descobrindo inúmeros tesouros, entre os quais um relógio de bolso em ouro, que teria parado poucos minutos depois de ter acontecido a explosão.

O “Titanic do seu tempo” foi expressivo não só pelo número de mortos que causou, mas também pelos passageiros que levava. Entre a tripulação do navio de luxo, estavam incluídos passageiros ricos como o antigo congressista de Nova York, William Rochester e o importante banqueiro e empresário de Savannah, Gazaway Bugg Lamar, um dos homens mais ricos da região.

À luz da época, a tragédia que assolou a embarcação de luxo ficou conhecida na Carolina do Norte como “a mais dolorosa catástrofe já ocorrida na costa americana”.

Mergulhadores da Blue Water Ventures International e do Endurance Exploration Group – que detêm os direitos sobre o local – localizaram agora vários artefatos que sustentam que os vestígios encontrados pertencem, na verdade, ao Pulaski.

Os mergulhadores ainda não conseguiram encontrar o sino cinzelado do navio – o objeto principal utilizado para autenticar um naufrágio –, mas conseguiram encontrar alguns artefatos gravados com o nome do navio, como algumas moedas produzidas antes de 1838.

As 150 moedas de ouro e prata descobertas até agora valem, nos dias de hoje, centenas de milhares de dólares. Nos vestígios, foram também encontrados talheres, chaves, anéis e a âncora do navio.

No entanto, na mais recente expedição, os mergulhadores encontraram um relógio em ouro que acreditam ser a última evidência de que o navio naufragado é mesmo o Pulaski.

Os ponteiros do relógio de bolso em ouro maciço – peça que só os homens mais ricos podiam comprar – estão parados exatamente às 11h05, cinco minutos apenas após o momento em que a caldeira teria explodido.

Certified Collectibles Group / Blue Water Ventures International

Relógio em ouro encontrado após o naufrágio do Pulaski

Ficamos chocados“, afirmou Max Spiegel, do Grupo Certified Collectables, que cuida da preservação dos artefatos do Pulaski.

“É muito incomum ver um artefato com este tipo de impressão de um momento histórico, quando um navio afundou. Pensemos sobre quão frágeis são os ponteiros, mas como sobreviveram nessa posição exata. É uma das descobertas mais emocionantes já feitas e já encontramos meia dúzia de naufrágios”, disse.

A exploração dos restos do navio afundado poderá nos ajudar a compreender melhor a história. Aliás, estas descobertas já mudaram um pouco o que sabíamos sobre o Pulaski: o naufrágio foi descoberto a 40 milhas da costa da Carolina do Norte, um pouco mais longe do que se estimava através dos primeiros relatos do desastre.

Os pesquisadores esperam ainda encontrar evidências que permitam explicar o motivo que levou à explosão. Esse tipo de explosão não era raro na época em navios a vapor, porém, a tripulação pode ter “puxado” o navio para além de suas capacidades, tentando chegar mais rápido ao destino e fazendo, consequentemente, com que a caldeira explodisse.

E as expedições continuam.

O desastre do navio Pulaski ocorreu há 180 anos, provando a morte de 128 pessoas. Apenas 59 sobreviveram.

Ciberia // Mental Floss / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Nova Constituição de Cuba reconhecerá propriedade privada

Esboço de reforma apresentado em diário do Partido Comunista acena com mudanças profundas na política, judiciário, economia e sociedade cubanas. Comissão encarregada é liderada por ex-presidente Raúl Castro. O governo de Cuba revelou novos detalhes sobre …

Naufrágio do século XVI é encontrado na Flórida, mas seu tesouro pertence à França

Um naufrágio do século XVI, sobrevivente de uma das primeiras viagens europeias à América, foi descoberto na costa da Florida. O achado guarda tesouros que valem milhões de dólares, mas uma juíza americana determinou que a …

NASA pode ter destruído as primeiras provas de vida em Marte

A NASA pode ter destruído provas da existência de vida em Marte nos anos 1970. O carbono esteve no solo marciano o tempo todo, mas, infelizmente, os Vikings podem ter incendiado tudo. Em 1976, a NASA …

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …

França conquista segunda Copa e se iguala a Uruguai e Argentina

A França venceu a Croácia por 4 x 2 e é campeã da Copa do Mundo da Rússia. O time francês foi aplicado taticamente, apostou na solidez de sua defesa e na eficiência de seus …

"Trump me sugeriu processar a União Europeia", diz primeira-ministra britânica

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, revelou neste domingo, 15, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse para "processar a União Europeia" em meio às tratativas de negociações do Brexit - …

Descoberta "oficina de múmias" próximo a pirâmides de Gizé

Arqueólogos alemães e egípcios anunciaram neste sábado (14) ter descoberto uma "oficina de mumificação" perto da necrópole de Saqqara, no Egito. Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de um antigo sepultamento e de uma oficina de mumificação …

Os romanos podem ter sido os primeiros caçadores de baleias

Ossadas de baleias cinzentas e baleias-francas do Atlântico Norte foram encontradas no Estreito de Gibraltar. Esses ossos sugerem que, nos primeiros séculos depois de Cristo, as baleias não só circulavam por mares europeus como também …

Cabine de avião da Ryanair despressuriza e 33 passageiros vão parar no hospital

Trinta e três passageiros de um avião da companhia low-cost Ryanair tiveram que ser hospitalizados depois que a cabine do aparelhou sofreu uma despressurização. O piloto precisou fazer uma aterrissagem de emergência em Frankfurt, na …