Adeus, Cassini: missão da NASA chega ao fim 20 anos depois

kevinmgill / Flickr

A sonda Cassini sobre Titã, Encelado e Saturno

A sonda Cassini da NASA fez a sua aproximação final de Saturno após a confirmação dos navegadores da missão de que a nave mergulhou “mergulhou” na atmosfera do planeta nesta sexta-feira, dia 15 de setembro.

A sonda Cassini termina o estudo de 13 anos do sistema saturniano com um mergulho intencional no planeta para garantir que as luas – em particular Encélado, com o seu oceano subterrâneo e sinais de atividade hidrotermal – permanecem descontaminadas para exploração futura.

O mergulho fatídico da nave foi a última etapa do Grande Final da missão, após 22 passagens rasantes semanais, que começaram no final de abril, entre a divisão que separa Saturno dos seus anéis. Nenhuma sonda jamais tinha se aventurado tão perto do planeta.

Os cálculos finais da missão previram que a perda de contato com a Cassini ocorreria às 8h55 (horário de Brasília). A Cassini entra na atmosfera de Saturno aproximadamente um minuto antes, a uma altitude que ronda os 1.915 quilômetros acima do topo das nuvens do planeta (a altitude onde a pressão do ar é de 1 bar, o equivalente ao nível do mar na Terra).

Durante o mergulho pela atmosfera, a velocidade da Cassini rondará os 113 mil km/h, acontece no lado diurno de Saturno, perto do meio-dia local, com a nave entrando na atmosfera aproximadamente aos 10º latitude norte.

Quando a Cassini encontrou a atmosfera de Saturno, os propulsores de controle de atitude da nave começaram a disparar breves pulsos para trabalhar contra o gás fino com o objetivo de manter a antena de alto ganho apontada para a Terra e assim transmitir os preciosos dados finais da missão.

À medida que a atmosfera fica mais espessa, os propulsores foram forçados a aumentar a atividade, passando de 10% da sua capacidade para 100% em um minuto. Assim que alcançou a capacidade máxima, os propulsores não conseguiram mais estabilizar a sonda e ela começou a cair.

Ao apontar a antena apenas algumas frações de grau para longe da direção da Terra, as comunicações foram cortadas permanentemente. A altitude prevista para a perda de sinal ronda os 1.500 quilômetros acima do topo das nuvens de Saturno.

A partir desse ponto, a Cassini começou a arder como um meteoro. Cerca de 30 segundos após a perda de sinal, começou a se fragmentar. Prevê-se que em dois minutos todos os equipamentos da sonda sejam completamente consumidos na atmosfera de Saturno.

Devido ao tempo de viagem dos sinais de rádio, que varia consoante a distância que separa os planetas, as informações levam 83 minutos antes de serem captados na Terra.

“O sinal final da Cassini é como um eco. Vai viajar pelo Sistema Solar durante quase uma hora e meia depois da própria Cassini desaparecer. Mesmo sabendo que, em Saturno, a Cassini já se entregou ao destino, a sua missão só acaba realmente quando nós, cá na Terra, recebermos o seu último sinal”, comenta Earl Maize, gestor do projeto Cassini no JPL da NASA em Pasadena, no estado norte-americano da Califórnia.

As últimas transmissões da Cassini são recebidas por antenas da rede DSN (Deep Space Network) da NASA em Canberra, na Austrália.

A Cassini foi preparada para fazer observações científicas únicas de Saturno, usando oito dos seus 12 instrumentos científicos, incluindo seus magnetômetros, espectrômetros e sistema rádio de ciência.

Entre estas, destacam-se as observações pelo INMS (Ion and Neutral Mass Spectrometer) durante o mergulho. O instrumento “provou” diretamente a composição e estrutura da atmosfera, o que não pode ser feito a partir da órbita.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …