A vaca pode se tornar o maior mamífero terrestre do mundo

Dave Wild / Flickr

Em poucos séculos, e caso a extinção animal continue no ritmo atual, a vaca pode se tornar o maior mamífero terrestre do mundo.

A expansão do Homo sapiens levou a uma tendência de retração no tamanho médio dos mamíferos para um décimo. Os seres humanos causaram um impacto significativo na extinção de algumas espécies, um fenômeno que tem ocorrido há cerca de 125 mil anos.

Felisa Smith, da Universidade do Novo México e coordenadora do estudo publicado recentemente na Science, explica que “quanto maior o animal, maior a probabilidade de extinção”. O estudo conclui que a vaca pode se tornar o maior mamífero terrestre do mundo se a extinção continuar no ritmo atual.

Ao El País, a bióloga explica o fenômeno de extinção por tamanho. Os humanos começaram a caçar as grandes espécies por causa da carne, fazendo com que as criaturas de tamanho pequeno acabassem por sobreviver, caso dos roedores, por exemplo.

“Do ponto de vista histórico da vida, faz algum sentido. Se matar um coelho, vai alimentar sua família por uma noite. Se pode matar um grande mamífero, vai alimentar [toda] a sua aldeia”, sustenta Kate Lyons, bióloga e coautora do estudo, em comunicado da Universidade de Nebraska-Lincoln, citado pelo Público.

Estudos anteriores mostravam que o fenômeno teria começado na Austrália há 35 mil anos. A pesquisa prova que não é recente, tendo começado cerca de 90 mil anos antes do que se pensava, na África. Além disso, conclui que existe um padrão muito claro de extinção com base no tamanho das espécies.

Os pesquisadores analisaram as tendências de extinção de grandes mamíferos ao longo de 125 mil anos, e compilaram dados sobre a massa corporal, distribuição geográfica e o tipo de alimentação de 3.300 espécies de mamíferos.

Os resultados mostraram que os fósseis foram se tornando cada vez menores ao longo do tempo. Enquanto que o risco de extinção não aumentou em função do tamanho corporal, a análise por continentes mostra uma coincidência temporal entre a expansão da nossa espécie e a redução do tamanho das espécies.

Há 125 mil anos, o mamífero africano médio já era 50% menor do que mamíferos em outros continentes não povoados. Isso significa que, à medida que a ocupação humana começou a se expandir, outras “extinções por tamanho” ocorreram em regiões e períodos coincidentes com os padrões da migração da nossa espécie.

Assim, o estudo conclui que, dentro de algumas centenas de anos, “o maior mamífero da Terra pode muito bem ser uma vaca doméstica com cerca de 900 quilos“. Elefantes, girafas e hipopótamos podem ser extintos. Aliás, em março desse ano, morreu o último rinoceronte-branco-do-norte, no Quênia.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudos corroboram correlação entre tipo sanguíneo e risco de covid-19

A suscetibilidade ao contágio com o vírus Sars-Cov-2 pode variar segundo o grupo sanguíneo: os indivíduos do grupo O tendem a um menor risco, enquanto os demais estão também potencialmente mais expostos a quadros clínicos …

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …

Ao tentar desativar uma bomba imensa a Marinha da Polônia acidentalmente a explode

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas. O …

Candidato a vereador vai plantar uma árvore para cada voto que receber em Dourados

O combate às mudanças climáticas e ao desmatamento para Franklin Schmalz, candidato pelo PSOL a vereador na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, é um compromisso direto e concreto, a ser posto em …

Líder nacionalista manobra para chegar ao poder após renúncia de presidente do Quirguistão

O presidente do Quirguistão, Sooronbai Jeenbekov, cedeu à pressão de manifestantes nacionalistas e anunciou sua renúncia nesta quinta-feira (15), após dez dias de uma crise política aberta pela vitória de dois partidos governistas nas …