Vacinação obrigatória contra Covid-19 divide opiniões e alimenta rumores na Indonésia

Enquanto em parte do mundo a população espera na fila para ser vacinada, a Indonésia avança com uma política de imunização na contramão do resto do planeta. Além de ter dado prioridade para os mais jovens, o governo decidiu que a vacinação é obrigatória, sob pena de sanções. Mas a medida não agrada a todos, inclusive entre os médicos.

As primeiras doses de vacina anti-Covid foram administradas na Indonésia em 13 de janeiro no próprio presidente, Joko Widodo. A aplicação da injeção foi feita no palácio presidencial, diante das câmeras, e transmitida ao vivo pela televisão.

O objetivo da operação era mostrar que a vacina chinesa CoronaVac, única disponível por enquanto no país, era segura. O chefe de Estado também se vangloriou de ser o pioneiro no uso de um produto 100% “halal”, ou seja, que respeita as tradições do Islã, algo importante no maior país muçulmano do mundo.

Mas isso não parece ter tranquilizado a população. Segundo pesquisas de opinião recentes, 52% dos indonésios hesitam em se vacinar. No entanto, eles não têm muita escolha, pois quem se recusar corre o risco de levar uma multa ou ver seus benefícios sociais suspensos.

É uma péssima ideia, que no final vai dar uma arma suplementar aos antivacinas”, se irrita o epidemiologista indonésio Dicky Budiman, entrevistado pela RFI.

Medo de chip injetado no organismo

O médico lembra que entre os que hesitam em se vacinar, boa parte alega que prefere esperar para ver os resultados da campanha. E o fato de tornar a imunização obrigatória vai suscitar novas questões. “As pessoas vão desconfiar e se perguntar por que são obrigadas. Isso vai alimentar as teorias do complô”.

Se o médico teme o impacto negativo da obrigatoriedade sobre a imagem da vacina é porque a campanha já foi alvo de várias fake news. “Algumas pessoas já dizem que as vacinas que usam o método RNA vão injetar um chip no organismo”, conta.

“Sempre houve ideologias extremistas. Digo isso baseado na minha experiência com as vacinas contra a poliomielite”, explica o médico. Segundo ele, “quanto mais se obriga a vacinar, mais surgem ideias radicais e violentas”.

No Vaticano, quem recusa vacina pode ser demitido

Em dezembro, pouco antes do início da campanha global, a Organização Mundial da Saúde (OMS) preconizou que a vacinação ocorresse de forma voluntária. A indicação foi seguida à risca em boa parte do planeta, tranquilizando os mais céticos.

Em alguns países como na França, conhecida por sua resistência às vacinas em geral, até os líderes políticos tiveram que participar da campanha de pelo “livre arbítrio da vacina”. Logo que os primeiros opositores à imunização começaram a se manifestar, o governo se sentiu obrigado a dizer, claramente, que o procedimento não seria obrigatório.

Em outros lugares a situação é mais ambígua. No Vaticano, por exemplo, os empregados que se recusam a ser vacinados são sancionados. Segundo um decreto publicado nessa quinta-feira (18), as penas podem ir até a demissão do cargo.

As autoridades do Estado do Vaticano alegam que a decisão de punir os que rejeitam o produto foi tomada na esteira de uma lei em vigor desde 2011, segundo a qual um candidato em um processo de recrutamento para trabalhar na Santa Sé poderia ter sua contratação anulada se não aceitasse se vacinar. “Se recusar, pode constituir um risco para os outros”, ressalta o texto.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Um cientista criou um algoritmo de computador que pode levar a descobertas transformadoras em energia e cuja própria existência levanta a probabilidade de que nossa realidade possa realmente ser uma simulação. O algoritmo foi criado pelo …

The Crown "é baseada na verdade", diz Harry que dá ideia de convívio com família real

Principe Harry defendeu a série “The Crown” da Netflix, dizendo que – embora não fosse “estritamente preciso” – retratava as pressões da vida dentro da família real. Em uma entrevista com James Corden, do programa americano …

Microsoft acusa hackers chineses de ciberataques a entidades dos EUA com uso de falhas desconhecidas

A Microsoft relatou a detecção de exploits desconhecidos utilizados por hackers chineses "patrocinados pelo Estado" destinados a atacar versões locais da Microsoft Exchange Server a fim de receber informações de entidades dos EUA. Exploit é uma …

Compra de mansão lança novas suspeitas sobre Flávio Bolsonaro

Filho mais velho do presidente comprou imóvel de luxo de R$ 6 milhões. Valor está bem acima do patrimônio declarado pelo senador, e condições de empréstimo para quitar mais da metade do valor levantam questionamentos. O …

Condenado a três anos de prisão, ex-presidente francês Sarkozy enfrenta outros processos na Justiça

Ele se tornou o primeiro ex-chefe de Estado francês a receber em primeira instância uma pena de prisão em regime fechado. Nicolas Sarkozy foi julgado culpado na segunda-feira (1°) por corrupção e tráfico de …

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …