Venezuela: chavismo sai vitorioso em eleições com alto índice de abstenção

(h) Miraflores Press / EPA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O chavismo recuperou a Assembleia Nacional (AN), que desde 2015 era comandada pela oposição, com mais de 67% dos votos para a coligação Grande Polo Patriótico. A coalizão dos partidos opositores obteve 17% dos votos, de acordo com Indira Alfonso, a presidente do Conselho Nacional Eleitoral.

Os resultados das eleições venezuelanas foram anunciados na madrugada desta segunda-feira (8), mais de cinco horas após o fechamento dos centros de votação. Segundo Alfonso, houve cerca de 31% de participação no pleito.

Entre os eleitos estão nomes tradicionais do chavismo, como o de Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte, e o da primeira-dama, Cília Flores. O alto índice de abstenção mostra a insatisfação popular com o governo de Nicolás Maduro.

A falta de eletricidade em algumas regiões do país atrasou a divulgação dos resultados. Para que mais pessoas pudessem votar, o CNE manteve abertos os colégios eleitorais uma hora a mais do que havia sido estipulado pelo cronograma, o que também contribuiu para o atraso da divulgação dos resultados.

Os 277 eleitos neste domingo tomarão posse em janeiro de 2021. A ampliação do número de cadeiras na AN representa um ajuste interno favorecido pelo CNE para acomodar interesses políticos e também extinguir a Assembleia Nacional Constituinte, criada através de uma eleição para rivalizar com o parlamento de maioria opositora.

Analistas afirmam que a abstenção foi de cerca de 80%. Este índice é um reflexo da decepção que os venezuelanos sentem em relação ao governo chavista e à oposição. Pelo terceiro ano consecutivo, a Venezuela está em hiperinflação e a população, cada vez mais empobrecida.

No interior do país, houve denúncia de compra de votos. Descontentes, eleitores atacaram o palácio de governo do estado Zulia pedindo “o que havia sido prometido”. De acordo com o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Imprensa, jornalistas que faziam a cobertura eleitoral sofreram agressões.

Consulta popular

Nicolás Maduro teve em poucos minutos seu domicílio eleitoral alterado. Durante anos ele votou em um bairro popular de Caracas, mas neste domingo votou no Forte Militar Tiúna. A repentina mudança levantou críticas e desconfiança sobre a blindagem do sistema.

A primeira dama Cília Flores afirmou que o sistema eleitoral era muito rápido e por isso não havia filas nos centros de votação, ignorando a alta abstenção. Já Nicolás Maduro Guerra, filho do presidente, afirmou que, após votar, as pessoas poderiam ir à praia ou “tomar uma”, ignorando a lei seca imposta por causa das eleições.

Com a eleição do filho e da esposa, Nicolás Maduro se fortalece no governo da Venezuela, criando uma dinastia. Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, classificou as eleições parlamentares como uma “farsa” e “fraude”. Por sua vez, o Canadá anunciou que não reconhece os resultados da votação parlamentar.

José Luis Rodríguez Zapatero, ex-chefe do governo espanhol, está em Caracas acompanhando o processo eleitoral e pediu “respeito, sem interferência” da comunidade internacional nesta votação.

Juan Guaidó não participou da votação. Mas, na luta contra o chavismo, a oposição na Assembleia, liderada por ele promove, desta segunda-feira (7) até o próximo dia 12, uma consulta popular para questionar, entre outros temas, a legitimidade das eleições deste domingo. Ele pretende, desta forma, manter em funcionamento o parlamento que preside após cinco de janeiro, data de posse dos eleitos no pleito deste domingo.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …