“Zonas mortas” estão sufocando os oceanos (e cada vez mais perto dos humanos)

Os oceanos do mundo estão passando por uma transformação perigosa. Cientistas detectaram vastas “zonas mortas”, nas quais a água hipóxica não tem o oxigênio necessário para a vida marinha sobreviver.

Essa metamorfose – que aumentou mais de dez vezes desde a década de 1950 – foi um dos principais mecanismos por trás da extinção em massa mais letal da história. E agora, revela um novo estudo, esse fenômeno não é exclusivo do mar, mas também está emergindo nas zonas urbanas de água doce nos Estados Unidos.

“Ficamos surpreendidos ao descobrir que essas zonas mortas estão acontecendo nos nossos próprios quintais, não apenas em rios e águas costeiras a jusante das principais fontes de poluição”, explicou a ecologista de ecossistemas Joanna Blaszczak, da Universidade Duke.

No estudo, publicado em 3 de dezembro na revista Limnology & Oceanography, Blaszczak e sua equipe monitoraram as concentrações de oxigênio gasoso em seis riachos urbanos na Carolina do Norte durante um período de 18 meses, também medindo os níveis de luz, química da água e fluxo.

O que descobriram foi que o impacto da atividade humana no ambiente natural ao redor de rios afeta o regime de fluxo desses cursos de água – graças aos processos de erosão, diminui o fluxo, levando ao aumento da estagnação da água.

“Os ribeiras que drenam as áreas desenvolvidas estão sujeitos a intensos fluxos erosivos quando as estradas e o conjunto de tubos de águas pluviais rapidamente encaminham o escoamento para os riachos durante as tempestades, sem permitir que a água se infiltre no solo”, disse Blaszczak.

“Descobrimos que a erosão causada por esses fluxos intensos mudou a forma de alguns canais de fluxo de tal maneira que a água essencialmente parou de fluir durante o final do verão”.

Quando a água deixa de fluir, um riacho pode efetivamente tornar-se como uma série de poças ligadas entre si de água quase sempre imóvel. Essa estagnação tem um preço: a acumulação de nutrientes e matéria orgânica.

Essa mistura pode não parecer saudável para os habitantes das ribeiras – e não é. Em metade dos riachos estudados, as condições cronicamente degradadas levaram a baixas concentrações de oxigênio.

Em um destes casos, a equipe observou peixes mortos. As zonas mortas também são uma ameaça à vida marinha que não conseguimos ver tão facilmente: bactérias e outros organismos pequenos que vivem nos ecossistemas e que dependem de uma fonte de oxigênio dissolvido na água para permanecerem vivos.

“Descobrimos que as taxas de crescimento de algas que suportam as cadeias alimentares de fluxo foram mais lentas”, diz Blaszczak. “Juntamente com a ocorrência de hipóxia, isso cria uma situação sombria e estressante para os organismos de água doce que estão tentam sobreviver nessas correntes urbanas”.

“Hipóxia não é comum em ribeiras e rios por causa do fluxo de corrente, que, normalmente, move a água rápido o suficiente para evitar a diminuição do oxigênio dissolvido por bactérias em níveis hipóxicos”, diz Blaszczak.

“No entanto, a construção de barragens e outras alterações humanas que impedem o fluxo de água tornam esses ecossistemas de água doce particularmente vulneráveis ​​à hipóxia, com implicações negativas para a biodiversidade, especialmente em rios já sobrecarregados com alta poluição nutricional”.

É muito cedo para dizer se esses resultados seriam replicados em rios maiores que atravessam os EUA. Mas os pesquisadores dizem que é mais do que provável. 

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …