Acordar cedo pode diminuir risco de câncer de mama

As mulheres que têm uma predisposição natural para acordar cedo apresentam menos risco de desenvolver câncer de mama.

Todo mundo tem um relógio biológico interno, que determina como o corpo funciona em num padrão de aproximadamente 24 horas. Ele afeta tudo, desde a hora a que vamos dormir até o nosso humor e risco de ataque cardíaco.

Mas nem todos os relógios internos marcam o mesmo horário. As pessoas diurnas acordam cedo, têm melhor disposição no início do dia e sentem sono no começo da noite. Já quem prefere a noite, tem dificuldade em se levantar da cama de manhã, é mais produtivo no fim do dia e prefere ir dormir tarde.

Pesquisadores da Universidade de Bristol, no Reino Unido, acreditam que o relógio biológico também está relacionado com o câncer de mama. Por esse motivo, usaram um sistema inteligente de análise de dados – randomização mendeliana – e analisaram 341 fragmentos de DNA que controlam a propensão para ser diurno ou noturno.

A experiência analisou mais de 180 mil participantes do UK Biobank, banco de dados do Reino Unido, e cerca de 230 mil mulheres do consórcio internacional contra o câncer de mama. A conclusão foi que as pessoas geneticamente programadas para serem diurnas eram menos propensas a ter câncer de mama do que aquelas que eram concebidas para serem noturnas.

Cerca de uma em cada sete mulheres no Reino Unido vai desenvolver câncer de mama ao longo da vida. Mas esse estudo analisou apenas oito anos da vida de uma mulher. Nesse período, duas em cada 100 mulheres com hábitos noturnos desenvolveram a doença, em comparação com uma em cada 100 com hábitos diurnos.

“As descobertas são potencialmente muito importantes porque o sono é universal e facilmente modificado”, diz Rebecca Richmond, uma das pesquisadoras da Universidade de Bristol. “Estudos anteriores analisaram o impacto do trabalho noturno, mas esse trabalho mostra que pode haver um fator de risco para todas as mulheres.”

Idade e histórico familiar são alguns dos principais fatores de risco para o câncer de mama, mas, segundo a ONG Cancer Research UK, dedicada a combater a doença, cerca de 25% dos casos pode ser prevenido.

Richmond afirma que ainda é cedo para dar conselhos objetivos às mulheres. “Ainda precisamos entender o que faz uma pessoa noturna ter um risco maior do que uma diurna. Precisamos desvendar essa relação”, disse.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já alertou que passar por cima do relógio biológico em decorrência do trabalho noturno está provavelmente associado ao risco de câncer.

“Os resultados intrigantes somam-se ao crescente número de evidências de que existe alguma sobreposição entre a genética de quando preferimos dormir e o risco de câncer de mama”, diz Richard Berks, da ONG britânica Breast Cancer Now.

Estudos semelhantes revelaram uma relação das preferências de sono e saúde mental, incluindo risco de esquizofrenia. Os resultados foram publicados no site dos pesquisadores no dia 5 de novembro, mas ainda não passaram por revisão científica.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Analfabetismo funcional influencia a relação com as redes sociais no Brasil

Três entre cada dez brasileiros têm limitação para ler, interpretar textos, identificar ironia e fazer operações matemáticas em situações da vida cotidiana - e, por isso, são considerados analfabetos funcionais. Eles hoje representam praticamente 30% da …

Templo Satânico exige 150 milhões de dólares à Netflix por plágio de estátua

O Templo Satânico, instituição que fica em Massachusetts, abriu um processo contra a Netflix por plagiar uma estátua sua para a série "O Mundo Sombrio de Sabrina" e pediu US$ 150 milhões (R$ 560 milhões) …

Família cria marca de batons veganos e fatura R$ 1,8 milhão

Mãe e filha criaram batons veganos e já faturaram R$ 1,8 milhão desde 2017. Elza e Julia Barroso viraram sócias na empresa, em São Paulo. Os produtos da Face It não fazem testes em bichinhos, não …

DNA da múmia mais antiga das Américas revela a origem dos índios

Cientistas dinamarqueses decifraram o DNA da múmia mais antiga das Américas, encontrada há meio século no sul dos EUA. Durante muito tempo, especialistas acreditaram que os antepassados dos índios modernos tinham se deslocado para as Américas …

Impedido de ver a filha durante 8 anos após acusação de abuso sexual; agora, recebe indenização

Um espanhol, acusado de maus tratos à mulher e abusos sexuais de uma filha, esteve impedido de ver as duas filhas durante oito anos. Agora, vai receber 52 mil euros do Estado espanhol. Em 2007, uma …

Coreia do Norte tem locais secretos (e rudimentares) de armazenamento de mísseis

A Coreia do Norte mantém, pelo menos, 13 bases não declaradas que ocultam mísseis de capacidade nuclear, de acordo com um novo estudo norte-americano publicado esta semana. A revelação gera dúvidas sobre o acordo de …

Morre Stan Lee

O ilustrador Stan Lee, mítico criador da Marvel Comics e pai de alguns dos mais famosos super-heróis de todos os tempos, faleceu nesta segunda-feira (12), aos 95 anos. Segundo notícia divulgada pelo TMZ, uma ambulância …

Buracos negros podem ressuscitar mortos cósmicos (só para matá-los de novo)

Os buracos negros são incríveis fenômenos espaciais que não param de nos surpreender. Um grupo de cientistas descobriu agora que alguns buracos negros podem trazer de volta à vida estrelas “zumbis” – e destruí-las. Os buracos …

Código neuronal da ansiedade pode ter sido finalmente descoberto

Os cientistas podem ter descoberto a assinatura neuronal da ansiedade e da tristeza. De acordo com um novo estudo, esses sentimentos podem estar associados à “conversa” entre duas áreas do cérebro.  Para a descoberta, os cientistas …

Debaixo do gelo da Antártida estão escondidos restos de antigos continentes perdidos

De todos os continentes do planeta, sabe-se pouco sobre a massa gelada da Antártida. Agora, cientistas usaram imagens de satélite para estudar a tectônica da Terra, revelando as estruturas ocultas do continente. Devido à localização remota …