Acordar cedo pode diminuir risco de câncer de mama

As mulheres que têm uma predisposição natural para acordar cedo apresentam menos risco de desenvolver câncer de mama.

Todo mundo tem um relógio biológico interno, que determina como o corpo funciona em num padrão de aproximadamente 24 horas. Ele afeta tudo, desde a hora a que vamos dormir até o nosso humor e risco de ataque cardíaco.

Mas nem todos os relógios internos marcam o mesmo horário. As pessoas diurnas acordam cedo, têm melhor disposição no início do dia e sentem sono no começo da noite. Já quem prefere a noite, tem dificuldade em se levantar da cama de manhã, é mais produtivo no fim do dia e prefere ir dormir tarde.

Pesquisadores da Universidade de Bristol, no Reino Unido, acreditam que o relógio biológico também está relacionado com o câncer de mama. Por esse motivo, usaram um sistema inteligente de análise de dados – randomização mendeliana – e analisaram 341 fragmentos de DNA que controlam a propensão para ser diurno ou noturno.

A experiência analisou mais de 180 mil participantes do UK Biobank, banco de dados do Reino Unido, e cerca de 230 mil mulheres do consórcio internacional contra o câncer de mama. A conclusão foi que as pessoas geneticamente programadas para serem diurnas eram menos propensas a ter câncer de mama do que aquelas que eram concebidas para serem noturnas.

Cerca de uma em cada sete mulheres no Reino Unido vai desenvolver câncer de mama ao longo da vida. Mas esse estudo analisou apenas oito anos da vida de uma mulher. Nesse período, duas em cada 100 mulheres com hábitos noturnos desenvolveram a doença, em comparação com uma em cada 100 com hábitos diurnos.

“As descobertas são potencialmente muito importantes porque o sono é universal e facilmente modificado”, diz Rebecca Richmond, uma das pesquisadoras da Universidade de Bristol. “Estudos anteriores analisaram o impacto do trabalho noturno, mas esse trabalho mostra que pode haver um fator de risco para todas as mulheres.”

Idade e histórico familiar são alguns dos principais fatores de risco para o câncer de mama, mas, segundo a ONG Cancer Research UK, dedicada a combater a doença, cerca de 25% dos casos pode ser prevenido.

Richmond afirma que ainda é cedo para dar conselhos objetivos às mulheres. “Ainda precisamos entender o que faz uma pessoa noturna ter um risco maior do que uma diurna. Precisamos desvendar essa relação”, disse.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já alertou que passar por cima do relógio biológico em decorrência do trabalho noturno está provavelmente associado ao risco de câncer.

“Os resultados intrigantes somam-se ao crescente número de evidências de que existe alguma sobreposição entre a genética de quando preferimos dormir e o risco de câncer de mama”, diz Richard Berks, da ONG britânica Breast Cancer Now.

Estudos semelhantes revelaram uma relação das preferências de sono e saúde mental, incluindo risco de esquizofrenia. Os resultados foram publicados no site dos pesquisadores no dia 5 de novembro, mas ainda não passaram por revisão científica.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …

Candidato de Macron à prefeitura de Paris renuncia devido a escândalo sexual

Reviravolta na campanha pelas eleições municipais em Paris a apenas um mês da votação. O candidato do partido presidencial, Benjamin Griveaux, renunciou nesta sexta-feira (14) à corrida pela prefeitura da capital. A decisão foi anunciada …