Astrônomos descobrem galáxia mil vezes mais luminosa que a Via Láctea

Uma equipe de astrônomos da Espanha descobriu uma das galáxias mais brilhantes já conhecidas até hoje, mil vezes mais luminosa que a Via Láctea, e com uma taxa elevada de formação de estrelas.

A galáxia foi descoberta por uma equipe dirigida pelo professor da Universidade Politécnica de Cartagena, no sudeste da Espanha, Anastasio Díaz-Sánchez, e é de tipo “muito distante” e “submilimétrica”, ou seja, que provoca uma grande emissão no infravermelho distante, explicaram os pesquisadores em um comunicado.

Para esta descoberta foi utilizado o Grande Telescópio das Ilhas Canárias (arquipélago espanhol no Oceano Atlântico) e combinações de bases de dados dos satélites WISE (NASA) e Planck (ESA) com o objetivo de identificar as galáxias submilimétricas.

A descoberta foi apresentada em um estudo publicado esta semana na revista  Astrophysical Journal Letters.

A galáxia pôde ser observada graças a outro conjunto de galáxias próximas, que funciona como uma lente, ampliando o tamanho e o brilho da mesma em até 11 vezes, mas sem distorcer suas propriedades, detalhou Díaz-Sánchez.

Esta é uma das galáxias mais brilhantes entre as denominadas submilimétricas, milhares de vezes mais brilhantes que a Via Láctea. Além disso, este aglomerado de corpos celestes tem uma “elevada taxa de formação estelar“, já que gera estrelas cuja massa total é milhares de vezes maior que a massa do Sol.

Hubble Space Telescope

As múltiplas imagens da galáxia descoberta estão indicadas pelas setas brancas

As múltiplas imagens da galáxia descoberta estão indicadas pelas setas brancas

Em termos de comparação, a Via Láctea forma a cada ano estrelas com uma massa total que é de duas vezes a do Sol, indicou a pesquisadora do Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC) e coautora do estudo, Susana Iglesias-Groth.

Segundo a especialista, estas galáxias “abrigam as regiões de formação estelar mais potentes conhecidas no universo e o passo seguinte será estudar sua riqueza molecular”.

Além disso, segundo assinalou Rafael Rebolo, diretor e pesquisador do IAC que também participou do projeto, o fato de que se trata de uma galáxia bastante luminosa, que está amplificada e com múltiplas imagens, permitirá estudar sua parte mais interior, “algo impossível de se fazer de outra maneira em galáxias tão remotas”.

De acordo com os cientistas, em um futuro próximo serão realizados estudos mais detalhados sobre a galáxia usando interferômetros como o Extended Millimeter Array (Noema/IRAM), na França, e o Atacama Large Millimeter Array (ALMA), no Chile.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Samsung pode ser beneficiada por tensão entre China e Índia

Enquanto os exércitos da China e da Índia se estranham na fronteira entre os dois países, quem pode sair ganhando com a rivalidade é uma empresa sul-coreana. A Samsung deve ser a principal beneficiada com o …

Com epidemia de Covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional

Enquanto o coronavírus segue se propagando pelo continente americano, Cuba garante que a epidemia está controlada no país e reabre algumas praias ao turismo internacional. No total, país registrou pouco mais de 2.300 contaminações …

Pesquisadores encontram novos dados sobre época de Genghis Khan

Grande parte da vida de Genghis Khan permanece ainda um mistério, mas um novo estudo de pesquisadores da Austrália e Mongólia fornece novos dados sobre sua época. Genghis Khan, que teria vivido entre 1162 e 1227, …

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …