Atraso para tomar 2ª dose não prejudica imunização contra a COVID-19, explica infectologista

Pelo menos nove capitais brasileiras suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 fabricada pelo Instituto Butantan, a CoronaVac. Os municípios alegam que as mudanças nas regras do Ministério da Saúde prejudicaram o estoque do imunizante.

Em março deste ano, o Ministério da Saúde mudou a orientação enviada a estados e municípios e autorizou que todas as vacinas armazenadas para aplicação da segunda dose fossem utilizadas como primeira dose.

Daniel Junger, médico infectologista, lembrou que a falta de vacinas é um problema enfrentado por diversos países ao redor do mundo.

“Há uma demanda gigantesca e uma capacidade limitada de produção em tempo hábil de doses suficientes para que se atinja a imunidade de rebanho vacinal em todos os países que precisam dela”, disse à Sputnik Brasil.

A CoronaVac se viu algumas vezes no centro de uma disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), responsável pelo acordo que trouxe a vacina para o Brasil.

A falta de apoio por parte do governo federal na produção da vacina e a suposta demora do Ministério da Saúde para comprar as doses podem ser, inclusive, apresentadas na CPI da COVID-19 no Senado Federal como elementos que contribuíram para a lentidão da imunização no Brasil. As constantes críticas sobre a eficácia da CoronaVac pelo presidente Bolsonaro também devem ser mencionadas no colegiado.

No fim de janeiro, por exemplo, Bolsonaro disse que “não há nada comprovado cientificamente sobre essa vacina aí”, mesmo após o imunizante já ter sido aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

“Se a gente tem uma política externa, tanto em termos de negócios como de posicionamentos, que não foi favorável, isso pode influenciar negativamente desde uma barganha até um negócio puramente matemático para se resolver as coisas”, declarou Junger.

O balanço da vacinação contra a COVID-19, divulgado nesta segunda-feira (3), aponta que 32.316.507 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra o novo coronavírus. O número representa 15,26% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 16.279.037 pessoas (7,69% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 48.595.544 doses foram aplicadas em todo o país.

Daniel Junger explicou que a aplicação de uma segunda dose ocorre quando “o efeito da primeira dose começa a decair em relação à imunidade de memória, aquela que protege por mais tempo”, mas que ainda não há estudos que estabeleçam um intervalo máximo em que as duas doses devam ser aplicadas.

“Nós não temos uma documentação oficial dizendo o intervalo máximo permitido, então se a gente atrasa em relação ao intervalo previsto não tem problema. O problema é a gente fazer com intervalo menor”, alertou.

Doria disse em março deste ano que o Instituto Butantan deve começar a produzir integralmente a CoronaVac, sem depender do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), que vem da China, em dezembro deste ano.

Segundo o infectologista, a possibilidade de a CoronaVac ser produzida integralmente no Brasil poderá diminuir a falta de doses, mas que não deve sustentar toda a demanda brasileira.

“Não tem como garantir que isso vai suprir toda a nossa necessidade porque tem que imaginar que temos que vacinar 80% da população brasileira, cerca de 160 milhões de habitantes, talvez um pouco mais, para que, com isso, […] haja um bloqueio da cadeia de transmissão do vírus”, completou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro diz que pessoas que cumprem isolamento são "idiotas"

Presidente critica apelos para que brasileiros restrinjam os contatos sociais em meio à pandemia, que já provocou 435 mil mortes no país. "Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa", diz. O Presidente Jair Bolsonaro …

EUA vão fornecer 20 milhões de vacinas contra Covid-19 para outros países

Os Estados Unidos fornecerão 20 milhões de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19 para outros países até o final de junho, elevando o total destinado ao exterior para 80 milhões de doses. O …

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …