Avanço dos ecologistas em eleição na Áustria recompõe cenário político

Sebastian Kurz / Facebook

O chanceler austríaco Sebastian Kurz

O partido de extrema-direita austríaco FPO descartou neste domingo (29) seu retorno a um governo de coalizão ao lado dos conservadores liderados por Sebastian Kurz, 33 anos.

O partido de Sebastian Kurz (OVP) obteve 37% dos votos nas eleições legislativas realizadas neste domingo (29) e deve voltar ao poder. Para obter maioria parlamentar, Kurz poderá compor com a bancada ecologista, que surpreendeu na votação.

De acordo com projeções da TV pública austríaca, a extrema direita obteve apenas 16% de sufrágios, ficando atrás dos socialistas, que conquistaram 21,8% dos votos, quatro pontos a menos do que nas eleições de 2017, compondo assim mesmo a segunda maior bancada no novo Parlamento.

A principal surpresa da eleição foi a votação expressiva nos candidatos ecologistas. Os verdes retornam ao Parlamento em Viena depois de obter 14,1% dos votos, contra menos de 4% nas eleições de 2017. Os liberais pró-europeus da legenda NEOS obtiveram 8%, segundo projeções.

“Estamos nos preparando para ficar na oposição”, disse o líder de extrema direita Norbert Hofer, nada satisfeito com o resultado das eleições provocadas pelo escândalo que ficou conhecido como Ibizagate. “Precisamos reconstruir o partido”, acrescentou. As projeções indicam um recuo de dez pontos da direita nacionalista xenófoba, após a revelação de um suposto financiamento russo ao partido.

Kurz sai fortalecido

A popularidade de Kurz não sofreu com a tempestade que derrubou, em maio, seu primeiro governo, formado com os nacionalistas do Partido da Liberdade da Áustria (FPO). Neste domingo, o político conservador conseguiu melhorar em seis pontos o desempenho de seu partido nas urnas, em comparação com a eleição disputada há quase dois anos.

A coalizão de ultradireita, alinhavada em dezembro de 2017 e apresentada como modelo para a Europa diante da ascensão dos nacionalismos, implodiu após 18 meses. A aliança não sobreviveu às revelações comprometedoras do então chefe do FPO e número dois do governo, Heinz-Christian Strache, escândalo batizado de Ibizagate.

Em maio, a imprensa alemã revelou um vídeo filmado com uma câmera escondida em Ibiza (Espanha) em 2017, em que Strache era visto propondo participações em contratos públicos a uma pessoa supostamente ligada a um oligarca russo. Em troca, ele pedia apoio financeiro.

Strache teve que renunciar e Kurz expulsou o FPO de seu governo. Alguns dias depois, o próprio Kurz foi destituído como chefe do Executivo por meio de uma moção de censura.

Jogo de alianças

Com esses resultados, o partido de Kurz deve demorar várias semanas para costurar uma nova aliança de governo. Os socialistas declararam não estar interessados em governar com os conservadores.

Kurz poderá operar um giro de 180 graus, aliando-se com liberais e verdes, após uma campanha marcada pelas questões climáticas. Mas teria de fazer muitas concessões nas áreas de meio ambiente e imigração. Qualquer opção é arriscada.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …

Trump não se compromete com transferência pacífica de poder

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou-se a se comprometer com uma transferência pacífica de poder caso seja derrotado na eleição presidencial de 3 de novembro. "Vamos ver o que vai acontecer", disse Trump, ao …

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …

Coreia do Sul acusa Norte de ter matado brutalmente um de seus funcionários desaparecido

A Coreia do Sul afirmou que um dos funcionários de seu Ministério dos Oceanos e Pesca foi morto e queimado após ter desaparecido durante o serviço no mar. O funcionário de 47 anos teria desaparecido nesta …

Pedaço de gelo quase do tamanho do Recife se descola da última plataforma do Ártico

Um pedaço de quase 110 quilômetros quadrados de gelo se desprendeu da última plataforma de gelo da Groenlândia, chamada de Nioghalvfjerdsfjorden ou 79N. A título de comparação, o tamanho da parte que se soltou equivale …

Blue Origin quer criar habitats espaciais comerciais já na década de 2020

Parece que a Blue Origin, empresa de Jeff Bezos focada em voos espaciais comerciais, está mesmo querendo entrar no novíssimo e vindouro mercado de habitats na órbita da Terra — e pode ter a NASA …