Bateria funciona há 175 anos com a mesma carga

Seria maravilhoso se as baterias de eletrônicos durassem tanto quanto esta bateria que já funciona há 175 na Universidade de Oxford. Claro que ela é uma bateria muito simples e não seria forte o suficiente para fazer eletrônicos funcionarem, mas a ideia em si já é atraente.

Tudo começou em 1840, quando um experimento desenvolvido no Laboratório Clarendon não acabou como o esperado. Até hoje, os pesquisadores não entendem como a Campainha de Oxford Electric Bell, ou Pilha-de-Volta de Clarendon, não parou de funcionar.

Esta bateria inclui dois sinos de latão semelhantes a campainhas de hotel posicionadas lado a lado com um pequeno badalo entre os dois, suspenso por um fio. Acima dos sinos, há duas pilhas secas conectadas em série.

O badalo de 4 mm de diâmetro toca os sinos alternadamente devido à força eletrostática, provocando percussão mínima nos sinos, que mal emitem som alto suficiente para ser captado pelo ouvido humano em condições normais.

Como o experimento é protegido por duas camadas de vidro, esse som não pode ser ouvido por quem visita a exposição da Universidade de Oxford.

Quando o pêndulo toca um sino, ele é carregado por uma das pilhas, e é repelido por eletrostática, sendo atraído pelo sino oposto. Ao se aproximar do outro sino, o processo se repete.

O que impressiona neste experimento é que o movimento do martelo ainda não terminou, gerando o som por 175 anos. Estima-se que os sinos já tenham tocado mais de 10 bilhões de vezes.

A Campainha de Oxford, porém, não é um moto-perpétuo. Em algum momento ela irá parar de tocar, quando as pilhas distribuírem suas cargas igualmente. Isso pode levar um bom tempo, tanto que há a possibilidade de que o badalo se desmanche antes de as pilhas pararem de funcionar.

A bateria em questão funciona como uma pilha seca de Giuseppe Zamboni, criada em 1812. Ela é uma bateria eletrostática feita com discos de folhas de prata, folhas de zinco e papel. Os discos têm aproximadamente 20 mm de diâmetro e são empilhados. É necessário empilhar milhares discos que são comprimidos em um tubo de vidro.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …