Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana.

Congressistas democratas na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos formalizaram nesta terça-feira duas acusações que constam no processo de impeachment do presidente Donald Trump. Segundo eles, há provas suficientes para removê-lo do cargo.

As acusações de abuso de poder e obstrução do Congresso poderão fazer com que Trump se torne o terceiro presidente do país a sofrer um impeachment na Câmara, dominada pela oposição democrata, que deverá votar as acusações para o afastamento do presidente na próxima semana.

Trump é acusado de condicionar o envio de ajuda militar à Ucrânia e o agendamento de uma visita do presidente Volodimir Zelenski à Casa Branca à obtenção de informações prejudiciais ao ex-vice-presidente americano Joe Biden, favorito à nomeação do Partido Democrata para disputar as eleições presidenciais do próximo ano.

O processo de impeachment está sendo analisado agora pelo Comitê de Justiça da Câmara, que deve enviar uma recomendação ao plenário da Casa ainda nesta semana. Após uma provável aprovação em plenário, o processo será encaminhado para o Senado, onde o Partido Republicano possui maioria, o que reduz a possibilidade de que Trump seja retirado do cargo.

De qualquer modo, o processo deverá gerar dificuldades à reeleição de Trump, com os democratas projetando uma retomada da Casa Branca nas eleições presidenciais do próximo ano. A votação no Senado deverá ocorrer em janeiro.

O presidente do Comitê de Justiça da Câmara, Jerrold Nadler, disse que o Partido Democrata teve de agir porque as atitudes do presidente colocam em risco a Constituição do país, comprometem a integridade das eleições de 2020 e ameaçam a segurança nacional.

Ninguém, nem mesmo o presidente, está acima da lei“, disse Nadler. “A integridade de nossa democracia está sendo colocada em risco por um presidente que já buscou interferência estrangeira nas eleições de 2016 e 2020.” Trump também foi acusado de requerer interferência da Rússia na campanha eleitoral em que derrotou a democrata Hillary Clinton.

A Casa Branca se recusou a participar das audiências na Câmara, nas quais altos funcionários da diplomacia e do governo americano afirmam que Trump agiu em benefício próprio ao pressionar o governo da Ucrânia a abrir uma investigação sobre Biden e sobre o envolvimento de seu filho, Hunter Biden, em atividades suspeitas no país do Leste Europeu.

O presidente nega que tenha cometido qualquer irregularidade e classifica o processo como uma farsa.

Após a divulgação dos artigos, Trump voltou a criticar o processo movido pelos democratas, afirmando nesta terça-feira, no Twitter, que afastar um presidente quando o país atravessa uma boa fase econômica, “talvez a economia mais forte da história de nosso país”, seria uma “loucura política”. Ele disse mais uma vez que está sendo vítima de uma “caça às bruxas”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …

Médicos da linha de frente contra coronavírus ganham casamento surpresa em hospital

O coronavírus bagunçou a vida de todo mundo, imagine só a rotina dos profissionais da área de saúde? Pois…o jornal O Globo contou a bela história de amor de uma cerimônia de casamento surpresa dentro …

Restos de naufrágio de mais de 200 anos são encontrados no México

Arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia (INAH) do México localizaram vestígios de um naufrágio de mais de 200 anos nas águas do estado mexicano de Quintana Roo. Uma equipe do instituto considerou que os restos correspondem …

Parlamento da China aprova lei que pode significar fim da autonomia de Hong Kong

O Parlamento chinês adotou nesta quinta-feira, praticamente por unanimidade, a polêmica lei sobre segurança nacional em Hong Kong. Segundo críticos, a medida acabará com a autonomia da ex-colônia britânica, cenário de grandes manifestações pró-democracia …

França proíbe uso de hidroxicloroquina para tratar covid-19

Decisão foi tomada após parecer desfavorável do Conselho Superior de Saúde Pública. País é o primeiro a adotar proibição desde que OMS suspendeu testes com o medicamento no tratamento de pacientes com o novo coronavírus. A …

Netflix vai permitir reprodução de filmes e séries parcialmente baixados

Já faz um bom tempo que a Netflix liberou a função de baixar filmes e séries para ver offline e, agora, parece que a empresa trabalha em uma maneira de liberar a reprodução antes mesmo …

China revela 1ª apresentadora virtual desenvolvida por inteligência artificial e tecnologia 3D

Apresentada recentemente pela agência estatal chinesa Xinhua, a primeira apresentadora digital, feita com tecnologia 3D e inteligência artificial do mundo já está trabalhando. Batizada de Xin Xiaowei, a âncora humanoide replica à perfeição a aparência, feições, …

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …