Cartógrafa desvenda origem dos grandes geoglifos da Montanha dos Mortos na Rússia

Cientistas conseguiram explicar a origem dos misteriosos geoglifos, que foram recentemente descobertos na Montanha dos Mortos, mais especificamente nos Urais, pelo pesquisador Valentin Degtyarev.

A diretora da empresa de cartografia temática Skaneks, Nina Moiseeva, disse à Sputnik que os geoglifos foram feitos com árvores derrubadas, que pode ser visto nas imagens de satélite.

“Se observarmos a área de perto, é possível ver muitos vestígios de árvores derrubadas, bem como intrusões trimestrais de infraestrutura linear e caminhos de desmatamento. Analisando esses fragmentos, é possível imaginar imagens diferentes, formas geométricas ou pessoas. No fundo, tudo depende da imaginação“, comentou Moiseeva.

A especialista também destacou que, se fossem reais, os geoglifos de tal envergadura já teriam sido detectados, porque a vigilância da Terra desde o espaço é realizada frequentemente e em detalhe.

No dia 8 de outubro, Degtyarev anunciou ter encontrado imagens de satélite mostrando geoglifos parecidos com aves e cometas, que, segundo ele, datam do período Neolítico.

“O mais interessante é que este monumento incrível do período neolítico não foi encontrado por ninguém antes. Ele está localizado a apenas 60 quilômetros da região com má fama”, disse o pesquisador.

A região de má fama se refere a Passo Dyatlov, onde em fevereiro de 1959 um grupo de alpinistas morreu em  circunstâncias desconhecidas.

De acordo com o russo Degtyarev, o geoglifo teria cerca de 10 quilômetros de comprimento por cinco de largura. “Todos os desenhos, e há dezenas deles, estão no chão. Não têm nada a ver com geologia ou corte de madeira. Parecem algo semelhante a um cometa ou um asteroide”, comentou, na época, convencido de que o geoglifo existia.

Degtyarev acredita que a descoberta comprova que o território em volta do Passo Dyatlov era considerado sagrado pela etnia mansi, que habita esta região da Rússia.

Região “de má fama”

A costa leste da montanha Kholat Syakhl, cujo nome em mansi significa “Montanha dos Mortos”, foi “rebatizada” de Passo Dyatlov devido ao incidente de fevereiro de 1959, que permanece um mistério.

Um grupo de nove esquiadores, liderados por Igor Dyatlov, apareceu morto. A falta de testemunhas deu abertura para que muitas especulações fossem feitas.

Pesquisadores da época determinaram que os esquiadores tinham rasgado as barracas de dentro para fora, fugindo a pé sob forte nevasca. Apesar dos corpos não demonstrarem sinais de luta, duas vítimas apresentavam o crânio fraturado e duas tinham costelas quebradas.

As autoridades soviéticas determinaram que uma “força desconhecida” tinha provocado as mortes. O acesso à região foi consequentemente bloqueado a esquiadores e aventureiros por três anos após o incidente.

Ciberia // Sputnik News / ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA:

A fórmula do plástico mais resistente do mundo continua perdida

Uma invenção revolucionária que poderia deixar o mundo mais seguro. Assim foi definido o starlite, material resistente ao fogo e altas temperaturas, cuja fórmula é desconhecida. O material foi criado pelo britânico Maurice Ward, um ex-cabelereiro …

Australiano vítima de atropelamento em Copacabana continua em estado gravíssimo

O quadro de saúde das pessoas atropeladas na Praia de Copacabana na última quinta-feira (18), pelo motorista Antônio de Almeida Anaquim, de 41 anos, não sofreu alterações de ontem para hoje (21), informou a Secretaria …

NASA informa sobre asteroide de tamanho de arranha-céus voando em direção à Terra

Um "asteroide potencialmente perigoso" se dirige para a Terra a uma velocidade de mais de 122.000 quilómetros por hora, informou a NASA. O asteroide 2002 AJ129 se aproximará da Terra no próximo dia 4 de fevereiro. …

Arqueólogos encontram o túmulo congelado dos “dothraki” da Eurásia

Arqueólogos russos e suíços encontraram no sul da Sibéria os restos de um monumento que pode ser um dos mais antigos e ricos túmulos dos citas, os “dothraki” da Eurásia antiga. O túmulo Tunnug-1 foi descoberto …

Empreendedoras abrem espaço para vender alimentos veganos a preços acessíveis

Facilitar o acesso a alimentos cultivados sem o uso de agrotóxicos ou livres de ingredientes de origem animal é o propósito de um novo espaço que será inaugurado em 2018, na região do bairro Butantã, …

As plantas da sua casa podem ser tóxicas para os animais de estimação

Donos de cães e gatos de estimação devem ter cuidado com as plantas decorativas ou ornamentais que têm dentro de casa ou no jardim. Muitas delas são tóxicas e podem causar graves danos aos bichos, …

Família de bebê atropelada em Copacabana quer indenização de motorista

A família da bebê Maria Louize, de 8 meses, que morreu depois de ser atropelada no calçadão da Praia de Copacabana, na quinta-feira (18), entrará com ação na Justiça pedindo que o motorista do carro …

Hotel turístico fica sob ataque de insurgentes na capital do Afeganistão

O hotel da rede Intercontinental em Cabul, no Afeganistão, sofreu um ataque por parte de insurgentes neste sábado (20), tendo ocorrido um intenso tiroteio no local. Quatro atiradores invadiram o luxuoso Hotel Intercontinental de Cabul neste …

Presidente da Huawei multa a si mesmo em R$ 510 mil por má gestão

Direção e administração da empresa têm que pagar multas no valor de R$ 1,5 milhão. Foi a própria direção da Huawei que impôs à empresa um conjunto de multas no valor de R$ 1,5 milhão (3 …

Polícia Federal confirma caso de fraude no Enem em Salvador

A Superintendência da Polícia Federal (PF) na Bahia cumpriu nesta sexta-feira (19), em Salvador, mandado de busca e apreensão na casa de um estudante para apurar denúncia de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio …