Chuvas já mataram 12 pessoas em dez dias no sul da França

skohlmann / Flickr

As fortes chuvas que atingiram no domingo (1) a Riviera Francesa (sul) deixaram seis mortos e sérios danos materiais.

Temporais de intensidade semelhante ocorridos na semana passada já tinham matado seis pessoas e deixado um desaparecido. As principais áreas atingidas são os departamentos do Var, Alpes Marítimos e Bouches-du-Rhône.

As vítimas deste segundo episódio chuvoso, acompanhado de ventos fortes e inundações, são uma mulher, dois homens e três integrantes de uma equipe de resgate que estavam em um helicóptero da Segurança Civil. O aparelho, que dava assistência às vítimas, caiu nas proximidades de Marselha durante uma operação de salvamento. Além do céu encoberto por nuvens de baixa altitude, havia neblina e o helicóptero se chocou contra uma colina.

Os dois homens que morreram na Riviera Francesa foram arrastados pelas águas quando tentavam proteger os animais de suas propriedades rurais. A mulher era uma motorista que teve seu carro coberto pelo transbordamento do rio Largue. Ela foi arrastada pela correnteza e seu corpo foi encontrado a três quilômetros do veículo.

A previsão de novas tempestades no sul do país levou as autoridades a supender eventos culturais e esportivos que estavam programados no fim de semana, como o jogo entre o Mônaco e o PSG pelo Campeonato Francês. Após os danos e mortes registrados na semana anterior, as autoridades tinham mobilizado no domingo 1.380 bombeiros. Eles trabalharam com o apoio de seis helicópteros da Segurança Civil, informou o ministro do Interior, Christophe Castaner.

Na manhã desta segunda-feira (2), as águas começam a baixar e o alerta máximo contra chuvas e inundações foi suspenso. Porém, creches e escolas permaneceram fechadas em vários municípios. Já o tráfego ferroviário e algumas rodovias que foram interditados no domingo foram completamente restabelecidos no período da manhã.

“O alerta vermelho foi suspenso, mas deixa para trás terras devastadas pelas enchentes. Meus pensamentos vão para todos aqueles que sofreram nas últimas semanas com o mau tempo no sul, especialmente para as famílias e parentes de nossos concidadãos que perderam a vida”, reagiu no Twitter o chefe de Estado, Emmanuel Macron.

O governo francês declarou estado de catástrofe natural em 150 cidades da região sul para facilitar o acesso às indenizações das empresas de seguro.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Carro voador da NASA levanta voo pela primeira vez; veja como foi

A NASA anunciou que os testes com o eVTOL (veículo elétrico voador com decolagem vertical) mais promissor do mercado foram bem-sucedidos. Desenvolvido pela Joby Aviation, o carro voador experimental realizou uma série de procedimentos para coleta …

Mudanças climáticas: cientistas treinam vacas para usar banheiro contra aquecimento global

Vacas podem ser treinadas para usar um banheiro para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, segundo uma experiência realizada na Alemanha por pesquisadores alemães e da Nova Zelândia. No estudo, os cientistas treinaram os …

Reprovação a Bolsonaro volta a subir, afirma Datafolha

O Instituto Datafolha apurou que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro aumentou ainda mais, passando para 53% entre as pessoas consultadas, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (17/02) pelo jornal Folha de S. …

Empresa norueguesa assegura que pode 'eliminar' furacões antes que se tornem destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de cortina de bolhas proposto pela empresa poderia ela própria provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, startup norueguesa, assegura que sua tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem poderosos …

Limitar aquecimento global a 1,5ºC exige redução drástica de gases poluentes, mostra relatório

Manter a temperatura da Terra a 1,5°C será impossível sem uma redução massiva das emissões de gases poluentes. É o que mostra um novo relatório divulgado pela ONU nesta quinta-feira (16). O documento "United …

Alemanha libera entrada para brasileiros que apresentem teste negativo

A Alemanha vai deixar de considerar o Brasil como área de alto risco na pandemia do novo coronavírus a partir deste domingo, anunciou nesta sexta-feira (17/09) o Instituto Robert Koch (RKI), a agência governamental alemã …

Assembleia-Geral da ONU: exigência de vacina ainda não está decidida, mas é improvável que Bolsonaro seja barrado

Perdeu força a possibilidade de que líderes de países tenham que comprovar que se vacinaram contra a covid-19 para participar da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece na semana que vem …

Submarinos: França perde o "contrato do século" para a Austrália, que opta por EUA e Reino Unido

O jornal econômico Les Echos estampa em sua primeira página desta quinta-feira (16) uma notícia, ainda no condicional, que se concretizaria durante a madrugada: "A Austrália desiste de uma encomenda de 12 submarinos franceses …

VSR: o pouco conhecido vírus que se espalha entre crianças no mundo e também no Brasil

No início de 2021, a equipe do Hospital Infantil de Maimonides, no Brooklyn, em Nova York (EUA), começou a experimentar uma cautelosa sensação de alívio. Os casos de covid-19 na cidade estavam em queda. Como …

Com popularidade em queda, premiê britânico Boris Johnson reforma equipe de governo

Após semanas de boatos, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu modificar o governo nesta quarta-feira para formar uma "equipe unida" e enfrentar os desafios depois de um ano e meio de pandemia e em …