Cidade chinesa planeja criar uma lua artificial

As autoridades municipais de Chengdu, capital da província chinesa de Sichuan, anunciaram planos para a construção de uma lua artificial em 2020. Com um “brilho crepuscular”, a nova lua iria iluminar a cidade num diâmetro de até 80 km.

A segunda lua planejada para sobrevoar a capital de Sichuan tem como missão ser um complemento à luz refletida pela verdadeira Lua e será oito vezes mais brilhante que o satélite natural.

Wu Chunfeng, presidente do Instituto de Pesquisa e Tecnologia de Microeletrônica de Chengdu (CASC), afirmou que é esperada uma poupança significativa nos cofres da cidade ao eliminar a necessidade da existência de iluminação pública nas ruas – a lua será capaz de iluminar uma área de 80 quilômetros de diâmetro.

Apesar de a lua artificial iluminar apenas Chengdu, ela poderia ser visível em toda a China e até em outros países, segundo informa o Asia Times – porém, ainda nada de concreto foi anunciado sobre a altura, tamanho e brilho dessa lua artificial.

A empresa encarregada do plano tem chamado à lua artificial de “satélite” – o que sugere que ela será lançada em uma órbita geoestacionária, que circundará a Terra acima do equador.

De acordo com o The Guardian, ainda não há informações sobre se o projeto tem o apoio oficial da cidade de Chengdu ou do governo federal.

A ideia para o projeto de uma lua humana não é novo e teria nascido de um artista francês que imaginou pendurar “um colar” feito de espelhos na Terra, que refletiria a luz do Sol nas ruas de Paris durante todo o ano.

Nos anos 90, a Rússia tentou um projeto semelhante com o lançamento de um sistema de reflexão solar – “um espelho espacial” – destinado a criar uma fonte de luz equivalente de três a cinco luas cheias, que cobriria uma área de 5 quilômetros.

Quanto às preocupações que uma lua artificial levantaria nas observações astronômicas e em relação às interferência nos animais noturnos, Kang Weimin, diretor do Departamento de Óptica do Instituto de Tecnologia de Harbin, na China, disse que a luz teria apenas “um brilho crepuscular”.

Porém, as pesquisas mostram que muitos animais são altamente sensíveis à luz e às fases da Lua – as corujas-noturnas se comunica através da exibição de penas brancas na garganta e os cientistas provaram que essa atividade aumenta durante a lua cheia, quando o luar é mais brilhante.

Na Grande Barreira de Corais da Austrália, centenas de espécies de corais liberam óvulos e espermatozoides em uma desova anual em massa que está ligada à intensidade do luar. Contudo, ainda não está claro se o brilho do satélite artificial seria intenso o suficiente para interferir nas rotinas da vida selvagem.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …