Cientistas chineses transplantam com sucesso cabeça de rato para corpo de rato maior

CNS Neuroscience and Therapeutics.

Sim, ambas as cabeças estão vivas

Sim, as duas cabeças estão vivas

Não é todo dia que ouvimos falar de um transplante de cabeça na vida real, mas, por mais estranho que pareça, isso é algo que está sendo estudado e buscado por especialistas em todo o mundo.

Na verdade, a pesquisa de transplante de cabeças já existe há algum tempo. Os primeiros registros conhecidos de experimentos assim com animais datam das décadas de 1900 e 1950.

Agora, cientistas da China fizeram uma descoberta notável no transplante da cabeça de um organismo para o outro. Sua pesquisa foi apresentada em um artigo publicado na revista CNS Neuroscience and Therapeutics.

Para o seu trabalho, eles pegaram a cabeça de um rato menor e a anexaram a um maior, criando o que é, efetivamente, um rato de duas cabeças. É importante notar que o rato não sobreviveu a longo prazo, mas esse nunca foi o objetivo.

A equipe sabia que o rato não viveria muito tempo, já que ainda há muitos problemas técnicos e científicos que precisam ser resolvidos antes que possamos realizar com sucesso transplantes de cabeça em organismos vivos e fazê-los sobreviver.

No entanto, este é um passo surpreendente na realização de transplantes de cabeça viáveis, em que os médicos foram capazes de evitar qualquer perda de sangue prejudicial ao cérebro enquanto a cabeça do doador estava sendo anexada.

O objetivo dessa experiência particular era simples: os cientistas queriam saber se conseguiriam transplantar uma cabeça sem danificar o cérebro devido à perda excessiva de sangue. E eles conseguiram.

Para fazer isso, eles tiveram que manter a circulação sanguínea durante o transplante unindo os vasos sanguíneos do rato doador ao outro rato.

Desenvolvemos um modelo bicefálico de transplante de cabeça para estudar esses aspectos”, afirmam os cientistas.

-

Embora a ideia seja uma verdadeira reviravolta, os cientistas afirmam que os transplantes de cabeça são algo que vale a pena explorar, pois poderia ajudar milhões de pessoas no mundo que sofrem de problemas musculares ou nervosos.

Avanços nesta área também podem nos permitir pegar a cabeça de uma pessoa que sofre, por exemplo, de um câncer fatal, e transplantá-la para um corpo humano saudável.

Compreensivelmente, há uma série de questões que têm de ser resolvidas antes que seja possível transplantar cabeças humanas. Por exemplo, além de garantir que o cérebro não seja danificado por perda de sangue durante o processo de transplante, há uma série de outras preocupações, como a rejeição pelo sistema imunológico.

Ainda assim, o enxerto de uma cabeça para outro corpo, mantendo o cérebro seguro dos danos associados à perda de sangue, é certamente um passo positivo em relação ao desenvolvimento de um meio viável de realizar transplantes de cabeça humanos.

No entanto, alguns especialistas afirmam que os problemas associados ao transplante de cabeças humanas se estendem além das preocupações científicas e técnicas e tocam a natureza fundamental da psicologia humana.

Arthur Caplan, diretor fundador da Divisão de Ética Médica do Centro Médico da Universidade de Nova York afirma que, em tal procedimento, uma pessoa poderia sofrer de níveis sem precedentes de insanidade.

Ele afirmou, em última análise, que isso provavelmente resultaria de coisas como “químicas novas inundando o cérebro, entradas estranhas vindo do sistema nervoso do corpo, etc.”

Em qualquer caso, se vamos conseguir ou não concluir com êxito tal procedimento no futuro, este estudo mais recente fornece uma peça importante ao quebra-cabeça. Como os pesquisadores observam em seu artigo, “a aplicação de enxerto vascular também pode fornecer a possibilidade de sobrevivência a longo prazo do modelo”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

“Bolsonaro não está dando os anéis, mas os dedos para tentar salvar o braço”, diz cientista política

O novo ministro super poderoso do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira, nomeado para a Casa Civil, toma posse esta semana. Apesar de todo o fisiologismo, a analista Graziella Testa, da Escola de Políticas …

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …

Orçamento recorde não salva Jogos Olímpicos de Tóquio do desânimo causado pela Covid-19

Os jornais franceses desta detalharam o desafio dos organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que começaram oficialmente nesta sexta-feira (23) sob a ameaça da Covid-19 e uma impopularidade recorde no Japão. Para a imprensa …

Comunidade LGBTQ da Hungria teme repressão e perseguições

Nos últimos meses, Boldizsár Nagy teve que lidar com situações que nunca imaginara. Por muito tempo, ele foi um jornalista e editor de livros infantis desconhecido, "ninguém especial", em suas próprias palavras. Quando, em 2020, ele …

68 anos! Conheça a história do homem com a maior crise de soluço do mundo

Você provavelmente já teve soluços ao longo da vida, certo? Alguns minutos de soluço são suficientes para deixar qualquer um emburrado. Mas já pensou soluçar por nada menos que 68 anos seguidos? Pois foi isso …

Mesmo após crise gerada por pandemia, Brasil terá 10 milhões de desempregados, dizem economistas

Com a aceleração da vacinação na maior parte do país, os brasileiros já começam a vislumbrar uma luz no fim do túnel da pandemia do coronavírus. Diante da perspectiva de gradual volta à normalidade, espera-se …