Cientistas descobrem linfócitos que permitem reduzir tamanho de tumores

Pesquisadores da Universidade de Genebra descobriram que alguns linfócitos T com um receptor específico permitem reduzir o tamanho de tumores, informou nesta quinta-feira a instituição acadêmica.

Linfócitos T são células-chave na resposta imunológica e seu papel é identificar células infectadas ou cancerígenas para que possam ser destruídas.

Entender como funcionam e como aproveitá-los para lutar contra o câncer é portanto essencial para desenvolver novos tratamentos imunológicos.

Ao descobrir em alguns deles um receptor que pode ser controlado por um fator de crescimento de tumores, os pesquisadores identificaram um conjunto de células capazes de reduzir o tamanho de tumores.

O professor Patrice Lalive, um neuroimunologista e especialista em esclerose múltipla, descobriu de surpresa em outro estudo que realizava no campo da sua matéria que alguns linfócitos T CD8 citotóxicos, especialmente presentes em inflamações relacionadas a tumores, levam o receptor c-Met.

O C-met é um receptor localizado principalmente em células epiteliais e é vital para o desenvolvimento embrionário e a regeneração de tecidos.

Seu receptor HGF é um fator de crescimento celular que pode converter-se em oncogênico se houver uma ativação anormal do c-Met, que é o que faz o HGF ser detectado tantas vezes em tumores metastáticos, explicou a Universidade de Genebra.

Os cientistas examinaram em seguida se as células que expressam o receptor poderiam ter um efeito e determinaram que em uma situação patológica os linfócitos relevantes conseguiram reduzir o tamanho de tumores.

“Ao estimular e depois injetar estes linfócitos que levam o receptor em questão em ratos doentes conseguimos reduzir o tamanho de tumores”, explicou Lalive em comunicado.

Ao contrário, se o receptor for regulado o tumor volta com maior intensidade, acrescentou.

Os pesquisadores determinaram também que a ação contra o tumor de linfócitos CD8 com o c-Met é mais eficaz que a dos linfócitos que não levam este receptor, mas assinalaram que são minoritários.

Já existem tratamentos baseados em bloquear a ativação do c-Met em células cancerígenas, mas ao identificar o receptor em alguns linfócitos CD8 “podemos projetar novas vias ao estimular estes linfócitos equipados com receptores c-Met”, explicou o professor Dietrich, que participou do trabalho.

Os cientistas têm agora que demonstrar que esta descoberta existe em outros tipos de câncer e confirmar a sua presença em células humanas.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …

Exoplanetas habitáveis poderiam ser identificados por 'código de cores', afirma estudo

As enormes distâncias até os exoplanetas teoricamente capazes de suportar vida impedem a observação direta e a exploração dessas possibilidades, levando cientistas a procurar soluções inovadoras. Uma equipe de astrônomos da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, …

Remdesivir melhorou tempo de recuperação da covid-19

Um novo estudo envolvendo 50 pesquisadores da área da saúde descobriu que o remédio antiviral remdesivir, projetado originalmente para o tratamento do ebola, reduziu o tempo de recuperação em pacientes de Covid-19 de uma média …