Cientistas revertem casos de Diabetes tipo 2

Em um novo estudo, cientistas bloquearam a proteína VDAC1 nas células que produzem insulina e conseguiram reverter casos de Diabetes tipo 2. Os pesquisadores também conseguiram mostrar que é possível prevenir o surgimento da doença.

O estudo, publicado no dia 4 de outubro na revista Cell Metabolism, foi conduzido por pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, que acreditam que a substância que inibe a produção da proteína VDAC1 pode ajudar no desenvolvimento de um novo tratamento para a diabetes tipo 2.

“O objetivo é conseguir administrar a substância para pessoas recém-diagnosticadas com diabetes 2 para permitir que as células que produzem insulina voltem a exercer sua função ou, ainda melhor, usá-la com pré-diabéticos para prevenir o início da diabetes”, explicou Albert Salehi, professor e cientista principal no estudo.

Sobre a pesquisa, Salehi diz ainda que é preciso “mais estudos para demonstrar como o bloqueio da VDAC1 afeta os tecidos dos rins, coração, músculos e gordura”, pois esse estudo “é pequeno e baseado em doações celulares de seis pessoas que faleceram e que tinham diabetes tipo 2, além de experiências limitadas a modelos animais”.

Apesar de ser um estudo pequeno, os resultados têm sido promissores e a equipe de cientistas já patenteou o uso da substância no campo da diabetes.

Funcionamento

Antes de desenvolver diabetes tipo 2, os pré-diabéticos podem ter altos níveis de açúcar no sangue. O alto nível de açúcar no sangue inicia um processo que causa danos no corpo – o aumento da produção da proteína VDAC1 libera a energia proveniente das mitocôndrias – responsáveis pelo fornecimento de energia (ATP) – para outras partes das células.

Com níveis altos de açúcar, a quantidade dessa proteína aumenta, e se fixa nas paredes das células. Como consequência, a energia ATP se libera da célula, resultando na morte da célula por falta de energia.

Esse comportamento dificulta o controle do açúcar no sangue, acabando por causar complicações em órgãos como o coração, rins e olhos.

Na pesquisa, ao bloquearem a proteína VDAC1 das células dos órgãos doados, o fornecimento de energia foi restaurado e a produção de insulina foi normalizada.

Após esses resultados, a experiência foi repetida em ratos com propensão para o desenvolvimento de diabetes que resultou na remissão da doença e na correta produção de insulina durante cinco semanas, momento em que o tratamento foi interrompido e onde foi registrado o aumento dos níveis de glicose.

Ligação ao Alzheimer

Segundo o MedicalXpress, há conexões entre diabetes tipo 2, a demência e a doença de Alzheimer. Os autores do estudo afirmam que há uma ligação entre a proteína VDAC1 e a doença de Alzheimer – elevados níveis de VDAC1 são encontrados em células cerebrais, nas partes do cérebro afetadas durante a fase inicial da doença.

“Acreditamos que a substância pode ter um bom efeito também nesses pacientes, impedindo que as células cerebrais morram e melhorando as habilidades cognitivas deles”, disse Salehi.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …