Descoberta tartaruga que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros

Timothy Myers

Fóssil de tartaruga marinha que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros encontrada em Cabinda, Angola

Fóssil de tartaruga marinha que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros encontrada em Cabinda, Angola

Uma equipe de paleontólogos descobriu uma tartaruga marinha pré-histórica que sobreviveu ao asteróide que se abateu sobre a Terra há cerca de 65,5 milhões de anos, que acabou com a maior parte da vida na Terra e extinguiu os dinossauros.

Esta tartaruga foi descoberta perto das falésias de uma praia próxima da cidade de Landana, na província de Cabinda, em Angola.

O fóssil do crânio quase completo da tartaruga foi encontrado em Junho de 2012, mas só agora o achado é divulgado ao público, através do site Live Science, depois de uma apresentação num encontro da Sociedade de Paleontologia de Vertebrados.

Timothy Myers

-

Enquanto a investigação aguarda para ser publicada numa revista científica, o Live Science relata que esta tartaruga, com a cabeça em forma de triângulo, viveu há cerca de 64 milhões de anos, durante o período do Paleoceno.

Trata-se de uma nova espécie, mas é parente próxima das tartarugas marinhas que viviam antes da queda do asteróide que matou cerca de 75% das espécies da Terra, incluindo os dinossauros.

“Se essas tartarugas marinhas de fato formam um grupo firmemente ligado, evolucionariamente falando, então este espécimen fornece a prova de que elementos desse grupo sobreviveram à extinção em massa no fim do Cretáceo”, nota ao Live Science o pesquisador Timothy Myers, professor do Departamento de Ciências da Terra da Universidade Metodista do Sul (UMS), no Texas, Estados Unidos, que esteve envolvido na pesquisa.

O fóssil da tartaruga foi encontrado pelo paleontólogo Louis Jacobs, também da UMS, que reparou em parte de um osso saindo das rochas.

Foi assim, que chegaram a um crânio quase completo do animal e a um hióide, “um osso do pescoço em forma de U que suporta a língua”, explica o Live Science.

Tartaruga se adaptou para mastigar comidas duras

A tartaruga, que ainda não foi batizada, teria o tamanho de uma pequena mesa redonda, com cerca de um metro de comprimento, e os olhos virados para a frente e ligeiramente para o lado, segundo refere Myers.

Também tinha a superfície do céu da boca expandida, um sinal de que terá se adaptado para poder comer comidas mais duras que precisava de mastigar antes de ingerir.

Timothy Myers

Vista frontal do crânio da tartaruga pré-histórica

Vista frontal do crânio da tartaruga pré-histórica

“As tartarugas adultas comeriam organismos com casca dura como os crustáceos (caranguejos, lagostas), bivalves e gastrópodes [moluscos como o caracol], além de presas mais macias como lulas ou peixes”, realça Myers.

O professor relata ao Live Science que no mesmo local, em Landana, foram encontrados fósseis de cobras, crocodilos, peixes ósseos e tubarões, bem como a espécie de tartaruga de pescoço lateral conhecida como Taphrosphys congolensis. Esses sinais indicam que a zona era, há 64 milhões de anos, um local muito mais árido do que atualmente.

“No início do Paleoceno, o local era um ambiente marinho raso e arenoso, não muito longe da costa”, esclarece Myers, notando que nessa altura, “África estava a uma maior altitude” e que, por isso, “o clima seria relativamente árido e o ambiente adjacente envolvente na costa da localidade não teria a vegetação densa de selva que tem hoje”.

SV, ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …