Descoberta tartaruga que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros

Timothy Myers

Fóssil de tartaruga marinha que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros encontrada em Cabinda, Angola

Fóssil de tartaruga marinha que sobreviveu ao asteróide que extinguiu os dinossauros encontrada em Cabinda, Angola

Uma equipe de paleontólogos descobriu uma tartaruga marinha pré-histórica que sobreviveu ao asteróide que se abateu sobre a Terra há cerca de 65,5 milhões de anos, que acabou com a maior parte da vida na Terra e extinguiu os dinossauros.

Esta tartaruga foi descoberta perto das falésias de uma praia próxima da cidade de Landana, na província de Cabinda, em Angola.

O fóssil do crânio quase completo da tartaruga foi encontrado em Junho de 2012, mas só agora o achado é divulgado ao público, através do site Live Science, depois de uma apresentação num encontro da Sociedade de Paleontologia de Vertebrados.

Timothy Myers

-

Enquanto a investigação aguarda para ser publicada numa revista científica, o Live Science relata que esta tartaruga, com a cabeça em forma de triângulo, viveu há cerca de 64 milhões de anos, durante o período do Paleoceno.

Trata-se de uma nova espécie, mas é parente próxima das tartarugas marinhas que viviam antes da queda do asteróide que matou cerca de 75% das espécies da Terra, incluindo os dinossauros.

“Se essas tartarugas marinhas de fato formam um grupo firmemente ligado, evolucionariamente falando, então este espécimen fornece a prova de que elementos desse grupo sobreviveram à extinção em massa no fim do Cretáceo”, nota ao Live Science o pesquisador Timothy Myers, professor do Departamento de Ciências da Terra da Universidade Metodista do Sul (UMS), no Texas, Estados Unidos, que esteve envolvido na pesquisa.

O fóssil da tartaruga foi encontrado pelo paleontólogo Louis Jacobs, também da UMS, que reparou em parte de um osso saindo das rochas.

Foi assim, que chegaram a um crânio quase completo do animal e a um hióide, “um osso do pescoço em forma de U que suporta a língua”, explica o Live Science.

Tartaruga se adaptou para mastigar comidas duras

A tartaruga, que ainda não foi batizada, teria o tamanho de uma pequena mesa redonda, com cerca de um metro de comprimento, e os olhos virados para a frente e ligeiramente para o lado, segundo refere Myers.

Também tinha a superfície do céu da boca expandida, um sinal de que terá se adaptado para poder comer comidas mais duras que precisava de mastigar antes de ingerir.

Timothy Myers

Vista frontal do crânio da tartaruga pré-histórica

Vista frontal do crânio da tartaruga pré-histórica

“As tartarugas adultas comeriam organismos com casca dura como os crustáceos (caranguejos, lagostas), bivalves e gastrópodes [moluscos como o caracol], além de presas mais macias como lulas ou peixes”, realça Myers.

O professor relata ao Live Science que no mesmo local, em Landana, foram encontrados fósseis de cobras, crocodilos, peixes ósseos e tubarões, bem como a espécie de tartaruga de pescoço lateral conhecida como Taphrosphys congolensis. Esses sinais indicam que a zona era, há 64 milhões de anos, um local muito mais árido do que atualmente.

“No início do Paleoceno, o local era um ambiente marinho raso e arenoso, não muito longe da costa”, esclarece Myers, notando que nessa altura, “África estava a uma maior altitude” e que, por isso, “o clima seria relativamente árido e o ambiente adjacente envolvente na costa da localidade não teria a vegetação densa de selva que tem hoje”.

SV, ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Tesouro" espetacular de antigos artefatos de caça na Noruega é descoberto sob gelo derretido

Arqueólogos descobriram um “tesouro” de artefatos enquanto outra grande mancha de gelo derrete nas montanhas norueguesas, revelando um total de 68 flechas e muitos outros itens de um antigo local de caça de renas. As primeiras …

Não é mais 90%? AstraZeneca assume erro de eficácia da vacina da COVID-19

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford, que estão desenvolvendo juntas uma vacina contra a COVID-19, revelaram na última quarta-feira (25) que houve um erro no momento da divulgação dos resultados dos testes da vacina …

6G colocaria China em posição de liderança 'inatacável' sobre EUA, diz analista

Enquanto os padrões de tecnologia 5G para redes celulares de banda larga ainda estão sendo implementados em vários países, a China recentemente lançou um satélite 6G em órbita. Descrito como o primeiro satélite 6G do mundo, …

Sri Lanka escava fosso para manter elefantes longe de lixão

Um fosso está sendo cavado ao redor de um lixão no Sri Lanka para impedir que elefantes invadam o local à procura de comida entre montes de resíduos plásticos. Os animais vão regularmente até o …

Pela primeira vez, Trump admite deixar a Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou pela primeira vez que deixará a Casa Branca caso o Colégio Eleitoral vote no democrata Joe Biden, embora mantenha sua tese de que houve fraude na eleição …

Mutação da Covid-19: Premiê da Dinamarca chora e se desculpa por massacre de visons

A primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, 43 anos, se desculpou pessoalmente nesta quinta-feira por sua gestão da pandemia. Enxugando as lágrimas, ela reconheceu que seu governo errou ao determinar o massacre de milhares de …

Herdeira da Disney diz que "tinha vergonha do sobrenome" ao falar de doação milionária

Abigail Edna Disney cresceu com muita vergonha do sobrenome que ostentava. Desde pequena, mais precisamente depois que completou dez anos, percebeu que o tamanho do patrimônio da família não condizia com a realidade da maioria …

Arqueólogos revelam restos mortais de cachorro de 8.400 anos descoberto na Suécia

Após vários meses de meticulosos trabalhos de escavação, foram finalmente revelados os restos mortais de um cachorro, de uma raça há muito tempo desaparecida, enterrado há mais de 8.400 anos na Suécia ao lado de …

“Cogumelos mágicos” são 4x melhores do que antidepressivos, descobre estudo

Quando a psilocibina, a molécula psicodélica descoberta nos cogumelos mágicos (Psilocybe cubensis), é usada durante a psicoterapia, parece possuir efeitos antidepressivos rápidos, substanciais e duradouros contra a depressão maior, de acordo com um novo ensaio …

Sem Trump, Putin e Bolsonaro ensaiam aproximação

Moscou sabe que a troca de poder na Casa Branca abre brecha na política externa brasileira. O elogio do presidente russo às "qualidades masculinas" de Bolsonaro pode ser apenas o primeiro sinal de uma aproximação. "O …