Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão.

Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas da Europa durante a Segunda Guerra Mundial, bem como outros tesouros, ocultos em um castelo alemão do século XVI, situado na Polônia moderna.

O Palácio Hochberg, na Baixa Silésia, a aproximadamente 40 quilômetros ao norte da fronteira com a República Tcheca, é um dos 11 locais descritos no diário de Standartenfuhrer Egon Ollenhauer, oficial da Schutzstaffel nazista (SS).

O diário foi mantido em uma loja maçônica alemã por décadas, vindo a ser revelado depois que o último dos ex-oficiais nazistas relacionados a ele faleceu.

Roman Furmaniak, chefe da Fundação da Baixa Silésia, que tomou posse do diário há uma década, afirmou que o documento aponta o Palácio Hochberg como sendo um dos esconderijos do tesouro.

O diário revela que, em uma sala no fundo de um poço explodido debaixo do palácio, há barras de ouro do Wroclaw Reichsbank e outros tesouros de Breslau (antiga cidade alemã transferida para a Polônia após a Segunda Guerra Mundial) no valor de US$ 1,54 bilhão (R$ 8,1 bilhões).

“Com base nas instruções da maçônica de Quedlinburger, acredito que localizei o poço nos solos do palácio”, afirmou Furmaniak ao The First News.

Acredita-se que o tesouro, que teria sido depositado com a Waffen SS por residentes locais ricos, para esconder tesouros em meio a uma série de derrotas da Wehrmacht na Frente Oriental, esteja enterrado debaixo do castelo, com cadáveres de diversas testemunhas que escutaram ou observaram a operação para destruir o poço.

Uma das páginas do diário do início de 1945 menciona especificamente o palácio e Gunther Grundmann, um conservador alemão encarregado de catalogar e ocultar tesouros nazistas em meio à queda iminente do Terceiro Reich.

“Grundmann e seu povo haviam preparado um poço profundo no terreno do palácio. Joias, moedas e lingotes foram colocados em caixotes, mas muitos deles foram danificados, tendo traços de tiros. Depois que terminamos, o poço foi explodido, preenchido e coberto. Grundmann é um organizador muito bom […]“, segundo um trecho do diário.

O Palácio Hochberg, uma das propriedades pertencentes à rica família aristocrática, foi comprado em 2017 por uma família polonesa que procurava restaurar o local e transformá-lo em uma atração turística.

O diário do oficial da SS foi entregue por Furmaniak ao Ministério da Cultura da Polônia em 2019. Segundo Furmaniak, a loja maçônica gostaria que qualquer um dos bens encontrados fosse “reunido com seus herdeiros, caso seja possível”.

Entre os 11 locais mencionados no diário, estão diversos tesouros, artefatos religiosos e obras de arte da Polônia, União Soviética, França, Bélgica e outras regiões ocupadas pelos nazistas.s

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …