Dentro de semanas, a estação espacial chinesa cairá na Terra

(dr) Xinhua

Estação Espacial Tiangong-1

O norte da Espanha é uma das zonas previstas para o impacto, mas a “probabilidade de alguém ser atingido por destroços da Tiangong-1 é um milhão de vezes menor do que a probabilidade de ganhar na loteria”.

Nas duas primeiras semanas de abril, a estação espacial enviada ao espaço pela China, Tiangong-1, entra em rota de colisão com a Terra, podendo atingir o norte da Espanha, de acordo com a Aerospace Corporation.

Por outro lado, a Agência Espacial Europeia aponta para 24 de março a 19 de abril.

De acordo com o relatório da Aerospace Corporation, um instituto sem fins lucrativos financiado pelos EUA para fiscalizar atividades espaciais, “a probabilidade de uma pessoa específica ser atingida por destroços da Tiangong-1 é cerca de um milhão de vezes menor que as probabilidades de ganhar na loteria”.

“Na história dos voos espaciais não se tem conhecimento de qualquer pessoa que algum dia tenha ficado ferida na sequência da reentrada de detritos espaciais na atmosfera. Até hoje, só houve registro de uma pessoa atingida por um desses detritos e, felizmente, não ficou ferida”, destaca o relatório.

No entanto, o mapa que o acompanha traça as potenciais zonas de impacto do módulo que pesa 8,5 toneladas. Felizmente para nós, há a probabilidade de, ao entrar na atmosfera, a Estação Espacial chinesa se deteriorar, ainda que os especialistas não estejam muito convencidos disso.

Entre as possíveis zonas de impacto estão o norte da China, o Oriente Médio, o centro da Itália ou o norte da Espanha, a par da Nova Zelândia, Tasmânia, algumas partes da América do Sul e o sul da África.

A Tiangong-1 foi lançada ao espaço em 2011 e foi a primeira estação enviada por aquele país para explorar o espaço.

Analistas dentro e fora do país a descreverem como um “símbolo político potente” da China moderna numa altura em que está cada vez mais investida em se tornar uma superpotência espacial. Em 2012, foi visitada pela primeira mulher astronauta da China, Liu Yang. Antes e depois disso, foi alvo de uma série de missões com e sem tripulação.

Em setembro de 2016, a China admitiu que tinha perdido o controle da estação e que não seria capaz de controlar sua reentrada na atmosfera. Ou prever onde iria cair.

De acordo com as declarações de Jonathan McDowell ao The Guardian “a Tiangong-1 é grande e densa e portanto é preciso manter isso debaixo de olho” – sobretudo considerando que a trajetória descendente da Tiangong-1 tem aumentado de velocidade nos últimos meses, tendo passado de uma queda a 1,5 quilômetro por semana em outubro para os 6 quilômetros por semana registrados no último mês.

Por causa disto e também por causa das constantes alterações meteorológicas no espaço, é difícil antever onde o módulo chinês poderá cair. “Só na semana final do percurso descendente é que vamos conseguir falar sobre isso com maior confiança”, refere McDowell. “Diria que vários pedaços vão sobreviver à reentrada, mas só saberemos onde vão cair depois da reentrada.”

Essa não é a primeira vez que algo do gênero acontece. Em 1991, a Salyut 7, estação espacial da União Soviética com 20 toneladas, caiu na Terra, na época ainda com a nave Cosmos 1686 acoplada a ela. Os destroços caíram sobre a Argentina, atingindo em particular uma pequena localidade chamada Capitán Bermúdez.

Antes disso, em 1979, uma estação espacial da NASA com 77 toneladas, a Skylab, já tinha entrado em uma rota descendente descontrolada em direção à Terra, com algumas partes da nave caindo nos arredores de Perth, no oeste da Austrália.

Além da possibilidade de seus destroços atingirem alguém, a Tiangong-1 representa ainda outro problema. De acordo com o CanalTech, a Estação Espacial está repleta de substâncias tóxicas, como a hidrazina, altamente cancerígena, que podem se espalhar pelo planeta, assim que a Tiangong-1 entre em contato com a Terra.

De forma a evitar danos físicos e químicos, um grupo de cientistas chineses considera explodir a nave com raios laser antes de ela entrar na atmosfera terrestre.

Normalmente, satélites entram em combustão assim que chegam à atmosfera, mas, para desespero dos cientistas, essa não é a situação da Tiangong-1. Os chineses acreditam que, por ser tão grande, a nave chegará intacta ao solo ou a algum oceano da Terra.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …

Ações humanas alteram dispersão de sementes na Amazônia, aponta estudo

Análise de mais de 26 mil árvores demonstra que atividades como queimadas e desmatamento abalam o equilíbrio entre fauna e flora. Com degradação, restam animais pequenos na floresta, que espalham sementes menores. Quando se fala em …

Sucesso nas apostas depende do apostador

Se você quer ter lucro nas apostas, precisa fundamentalmente de duas coisas: ter vantagem em relação à casa de apostas e um método de apostas bem rigoroso. Falamos disso porque muitos dos apostadores deixam dinheiro às …

Bezos doará US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Dono da Amazon anuncia fundo para financiar pesquisas voltadas a reduzir impactos do aquecimento global. Empresa tem enorme pegada de carbono por uso de combustíveis fósseis no transporte de produtos. O multimilionário americano Jeff Bezos afimou …

Jogador alvo de racismo toma atitude que todo mundo deveria ter e abandona gramado

Na última rodada da Liga Portuguesa, o Porto venceu fora de casa Vitória de Guimarães por 2 a 1. O gol que definiu a partida foi do malinês Marega. O ponta de lança recebeu um …

Ministra da Saúde de Macron vai disputar prefeitura de Paris em batalha de mulheres

O partido presidencial francês e seus aliados centristas encontraram neste domingo (16) na ministra da Saúde, Agnès Buzyn, 58, a sucessora ideal para Benjamin Griveaux. O candidato de Emmanuel Macron ao cargo de prefeito de …

Organização vende suposto DNA de Donald Trump e outros líderes globais

Nesta sexta-feira, uma organização chamada Earnest Project passou a oferecer a chance de possuir amostras de DNA de alguns líderes mundiais e outras celebridades. O grupo alega que coletou clandestinamente itens descartados pelos participantes do Fórum …

Tribunal alemão suspende derrubada de floresta para fábrica da Tesla

Justiça ordena que gigante americana interrompa corte de árvores nos arredores de Berlim enquanto analisa pedido de associação ambiental. Empresa de Elon Musk planeja construir ali sua primeira "gigafábrica" da Europa. Um tribunal na Alemanha determinou …

Satélites podem facilmente ser manipulados por hackers, alerta pesquisador

Talvez você já esteja por dentro da confusão toda em relação aos problemas que os satélites Starlink, da SpaceX, estão causando na comunidade astronômica. Os relativamente poucos satélites lançados (cerca de 240, como parte de um …

Na Índia, campanha faz semáforo voltar ao vermelho se os motoristas buzinarem demais

Se a Índia é um país famoso por sua religiosidade, sua culinária, suas belezas naturais e, sendo o segundo país mais populoso, por ser a maior democracia por eleitorado do mundo, ela também carrega a …