Estupro e assassinato brutal de adolescente gera revolta na Argentina

(dr)

Lucía Pérez, a jovem de 16 anos brutalmente assassinada na Argentina

Lucía Pérez, a jovem de 16 anos brutalmente assassinada na Argentina

Cerca de 300 organizações feministas e sindicais argentinas estão convocando uma greve de uma hora essa quarta-feira (19) contra os feminicídios, depois do assassinato brutal da adolescente Lucía Pérez, de apenas 16 anos, que foi estuprada e empalada.

Mulheres de todo o país deverão sair às ruas entre as 13h e as 14h vestidas de negro, aderindo à convocação feita através das hashtags #NosotrasParamos (“nós paramos”) e #MiercolesNegro (“quarta-feira negra”).

Inspiradas pelas experiências de paralisação das mulheres na Polônia e na Islândia, as argentinas reivindicam: “Si mi vida no vale produzcan sin mi” (“se minha vida não vale, produzam sem mim”).

O movimento #NiUnaMenos (“nem uma menos”), que levou mulheres argentinas às ruas a 3 de junho de 2015 contra os feminicídios no país, “convoca as mulheres a se vestirem de negro e a saírem às ruas para dar visibilidade à violência e ao ajuste econômico que atinge com mais força as mulheres”.

As mulheres querem chamar a atenção da sociedade em geral para os feminicídios brutais cometidos recentemente e para os efeitos na vida das mulheres do ajuste fiscal promovido pelo governo Macri, a partir das articulações feitas no Encontro Nacional de Mulheres, realizado em Rosario entre 8 e 11 de outubro.

“Com a raiva pelo feminicídio de Lucía em Mar del Plata, pelo ódio de uma mãe que mata sua filha lésbica, pelas adolescentes esfaqueadas em La Boca e com a repressão sofrida no Encontro Nacional de Mulheres em Rosário, chamamos a sair de nossos lugares de trabalho e de nossas casas na próxima quarta-feira, às 13h, para visibilizar os feminicídios e a precarização da vida das mulheres”, convocou Florencia Minici, do #NiUnaMenos.

O jornal El País relata que, desde o assassinato de Lucía Pérez, pelo menos outras três mulheres foram assassinadas na Argentina. O Supremo Tribunal de Justiça da Argentina registou 235 feminicídios em 2015, ou seja, uma média de um crime a cada 36 horas.

De acordo com a Universidade Livre Feminista, feministas chilenas e mexicanas também farão uma série de ações em solidariedade.

Assassinato brutal

O homicídio de Lucía Pérez, de apenas 16 anos, deixou a Argentina em choque. O assassinato aconteceu na noite de 8 de outubro, em Mar del Plata, uma cidade de 600 mil habitantes situada 400 quilômetros a sul de Buenos Aires.

A jovem estudante foi levada por um grupo de traficantes depois das aulas e morreu depois de ter sido drogada, estuprada e empalada com uma estaca de madeira.

As autoridades acreditam que Lucía foi obrigada a consumir grandes quantidades de cocaína e canábis, sendo depois estuprada. A jovem sofreu ferimentos internos bastante graves, acabando por não resistir à violência de que foi alvo pelos traficantes.

Lucía foi deixada já morta à porta de um hospital local, depois de os raptores lhe terem dado um banho para tentar esconder as lesões. Os médicos foram informados que a jovem tinha morrido de overdose, mas as análises ao corpo revelaram os horrores a que tinha sido submetida.

Nunca vi uma conjunção de fatos tão aberrantes“, afirmou a procuradora María Isabel Sánchez numa coletiva de imprensa sobre o crime, citada pelo El País.

“Esta menina foi empalada e foi essa a causa da sua morte. Foi sujeita a abusos sexuais brutais e desumanos“, referiu a responsável pelo caso.

Foram encontradas camisinhas usadas, várias drogas, brinquedos sexuais, armas e munições na carrinha em que Lucía Pérez foi transportada. Matías Gabriel Farías, de 23 anos, e Juan Pablo Offidani, de 41, foram detidos e são até agora os principais suspeitos do crime, acusados de abuso sexual seguido de morte.

Essa terça-feira, a polícia deteve um terceiro suspeito, Alejandro Alberto Masiel, acusado de tentar encobrir o homicídio.

O pai da jovem apela para que os membros do grupo sejam condenados a prisão perpétua.

“Não queremos 10 ou 15 anos para depois saírem da prisão e fazerem o mesmo. Minha filha foi drogada, estuprada e empalada. Que animal é capaz de fazer uma coisa dessas?“, questiona Guillermo Perez.

AF, ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …