EUA dão aval para indicação de Eduardo Bolsonaro como embaixador

Os Estados Unidos formalizaram seu aval para a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador em Washington, informou o governo brasileiro nesta sexta-feira (09/08).

Washington concedeu a autorização – agrément, na linguagem diplomática – após consulta enviada pelo Itamaraty no final de julho ao Departamento de Estado americano.

A resposta favorável da Casa Branca à indicação do filho do presidente Jair Bolsonaro já era esperada. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmara no final de julho ter certeza de que o nome seria aprovado por Washington.

Araújo já foi informado do aval americano, que chegou na quinta-feira. Agora, o presidente deve fazer a indicação formal de Eduardo Bolsonaro para o posto.

Depois, Eduardo deve passar por sabatina na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado antes de seu nome ser submetido à votação no plenário da Casa. Para a aprovação, é necessária a maioria entre os 81 votos dos senadores.

Com 35 anos, Eduardo Bolsonaro tem a idade mínima estabelecida pela lei brasileira para embaixadores. Deputado federal em segundo mandato e chamado de “03” pelo pai, ele é escrivão concursado da Polícia Federal.

Não possui nenhuma formação na área internacional, mas é membro da Comissão de Defesa e Relações Exteriores da Câmara e exerce influência sobre a política externa do governo do pai, além de acompanhar o presidente em viagens internacionais, tal como ocorreu no Fórum Econômico de Davos e na cúpula do G20 no Japão.

A indicação foi alvo de críticas no meio político, diplomático e no Judiciário, que logo acusaram o presidente de prática de nepotismo. Em reação, Bolsonaro disse que pretendia beneficiar o filho. “Pretendo, está certo. Se puder dar um filé mignon ao meu filho, dou”.

O plano do presidente representa uma quebra sem precedentes na tradição diplomática do país. Nunca na história republicana brasileira um presidente indicou um filho para um cargo de embaixador, ainda mais em um posto tão sensível quanto a representação nos EUA. A prática também é exótica em grandes democracias do mundo. Exemplos desse tipo de indicação são encontrados em ditaduras – como a Arábia Saudita, o Chade e o Uzbequistão.

A embaixada brasileira em Washington já foi preenchida com indicações políticas no passado, como o ex-governador Juracy Magalhães nos anos 1960 e o banqueiro Walther Moreira Salles na década de 1950, mas nenhum dos indicados tinha relação de parentesco com o então presidente.

Após o anúncio, Eduardo tentou minimizar a sua falta de experiência diplomática. “Não sou um filho de deputado que está do nada vindo a ser alçado a essa condição. Tem muito trabalho sendo feito, sou presidente da Comissão de Relações Exteriores [da Câmara], tenho uma vivência pelo mundo, já fiz intercâmbio, já fritei hambúrguer lá nos Estados Unidos”, disse.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA descobre água congelada bem debaixo da superfície de Marte

A agência espacial norte-americana lançou um mapa mostrando onde há depósitos de água congelada no Planeta Vermelho. De acordo com a NASA, a água está localizada tão próximo da superfície que os astronautas poderiam cavá-la com …

Essa é a primeira instalação de compostagem humana do mundo

Uma empresa chamada Recompose está prestes a se tornar a primeira instalação de compostagem humana do mundo, projetada para começar suas operações em 2021 na cidade de Seattle, nos EUA. Graças a uma nova lei que …

Zapata 'gay': pintura de herói revolucionário mexicano nu em pose sensual gera invasão de museu

Manifestantes invadiram o Palácio das Belas Artes na Cidade do México na terça-feira em protesto contra uma pintura que mostra o herói revolucionário Emiliano Zapata fazendo uma pose "não convencional". A multidão pediu que a obra …

Companhia aérea cria rede de restaurantes de ‘comida de avião’ em terra firme

Em princípio a comida de avião não lembra o sabor e a qualidade de nossos restaurantes preferidos, muito menos a delícia de uma boa comida caseira – a não ser, é claro, para aqueles que …

Forças Armadas alemãs voltarão a empregar rabinos como capelães militares

As Forças Armadas da Alemanha (Bundeswehr) vão empregar rabinos como capelães militares. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11/12) pela ministra da Defesa do país, Annegret Kramp-Karrenbauer. As dezenas de milhares de católicos e protestantes em …

Plantas dão gritos ultrassônicos quando estressadas, e podemos até dizer por que

Uma nova pesquisa da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriu que plantações de tomate e tabaco podem falar. Infelizmente, nós não conseguimos escutar. Usando gravações, os cientistas concluíram que as plantas fazem sons ultrassônicos …

Fones inteligentes que alertam pedestres sobre perigos já estão sendo testados

Um impressionante dado levantado somente nos EUA diz muito sobre o efeito da tecnologia sobre nosso comportamento mais cotidiano – e, com isso, sobre nossas vidas e, pasmem, nossas mortes: nos últimos sete anos, o …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, Evo …

Vespas insaciáveis: outro desastre provocado pela radiação de Chernobyl?

A radiação de Chernobyl intensificaria o metabolismo e o consumo de néctar em vespas se comparadas com as de outras regiões. A intensificação pode ter maiores consequências ecológicas. A mudança poderia estar relacionada à constante exposição …

Maioria considera justa a soltura de Lula, mostra Datafolha

Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (09/12) sugere que a maioria da população brasileira considera justa a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrida em novembro após ele cumprir um ano …