Ex-funcionária que fazia curadoria de notícias detona Facebook

O Facebook está atolado até o pescoço na nova polêmica relacionada a notícias falsas veiculadas em sua rede social. A coisa está tão feia que a empresa vem sendo acusada de ser uma das principais responsáveis pela eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

A controvérsia, todavia, teve início no começo deste ano, quando a Mark Zuckerberg resolveu demitir toda a equipe que fazia a curadoria de notícias que iam parar nos Trending Topics da rede social.

Desde então, as notícias mais populares que entram nos destaques do site são selecionadas por um algoritmo.

O problema é que muita gente vem conseguindo manipular o sistema desde que ele foi implementado, subindo notícias falsas, hoaxes e links maliciosos que podem afetar milhões de pessoas em pouquíssimo tempo.

Alguns especialistas, inclusive, chegaram a dizer que a neutralidade do Facebook estava comprometida e que o site estava manipulando informações políticas.

Embora sempre tenha negado a existência de qualquer problema com o algoritmo e que a ideia de notícias falsas terem contribuido para a eleição de Trump ser “bastante maluca”, uma ex-funcionária responsável pela curadoria de notícias no Facebook resolveu botar a boca no trombone, detonar a empresa e expor o que realmente acontece lá dentro.

“Eles nos trataram como lixo”

Mythili Sampathkumar e toda a equipe que cuidava da curadoria dos Trending Topics do Facebook foram demitidas no começo no ano após a empresa implantar e botar o algoritmo para rodar. E, de acordo com ela, isso não aconteceu da maneira mais amigável do mundo.

“Eles nos trataram como lixo porque éramos todos terceirizados, tínhamos liderança zero, e nos enxergavam apenas como precursores para um algoritmo”, desabafou a antiga funcionária no Twitter.

Ao Gizmodo, Sampathkumar também disse que o Facebook foi omisso na apuração dos fatos e preferiu “se acovardar à pressão direitista e aos anunciantes“, abrindo as portas para a manada de notícias fakes que inundaram a rede social poucas semanas antes do pleito eleitoral que deu a Donald Trump a faixa de presidente.

Agora, Zuckerberg e equipe trabalham para apagar a mancha deixada na imagem da rede social. Tanto é que, no último fim de semana, o Facebook anunciou sete medidas para acabar com as notícias falsas.

Apesar disso, Sampathkumar criticou a atitude e disse que tudo poderia ter sido evitado “se eles tivessem tratado a equipe de escritores humanos como humanos”.

Mas, agora que o estrago está feito, ela diz que a solução para o problema não é um algoritmo melhor. “Alguns aspectos da apuração dos fatos não podem ser feitos por computadores gramaticais”, finalizou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …