Florence já fez 5 mortos (e pode causar epidemia de cobras venenosas)

Jim Lo Scalzo / EPA

Cinco pessoas morreram e outras dezenas ficaram presas em casa na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, depois de vários rios terem transbordado devido ao furacão Florence. Os meteorologistas alertam que as inundações vão piorar e podem trazer uma epidemia de cobras venenosas ao estado.

As primeiras vítimas mortas confirmadas são uma mulher e seu bebê, que faleceram devido à queda de uma árvore sobre sua casa na cidade de Wilmington, muito próxima ao lugar onde o furacão Florence tocou o solo na manhã deste sábado (15). O pai da criança também sofreu com o impacto da árvore, mas sobreviveu e foi levado para um centro médico próximo.

Quem não chegou ao hospital foi uma mulher de Hampstead, pois a ambulância que foi socorrê-la devido a um ataque cardíaco não conseguiu chegar a tempo devido às árvores no caminho, derrubadas pelos ventos do furacão, que já passou a tempestade tropical.

Posteriormente, o escritório do governador de Carolina do Norte, Roy Cooper, informou que um homem de 78 anos morreu ao ligar um cabo a um gerador elétrico no condado de Leonoir, mesma região na qual, segundo a imprensa norte-americana, outro idoso de 77 anos apareceu morto.

Segundo o canal local CBS 17, a polícia acredita que esta última morte aconteceu na consequência de uma queda provocada por uma rajada de vento, isto quando o homem saiu de casa.

Dessa forma, quatro das mortes foram provocadas de forma direta ou indireta pelos fortes ventos registrados nos estados da Carolina do Norte e da Carolina do Sul. O furacão também deixou mais de meio milhão de pessoas sem eletricidade.

Os locais mais afetados pelo furacão sofrem fortes inundações e a água pode atingir níveis históricos e surpreendentes, como ilustra um canal de meteorologia recorrendo à realidade virtual no vídeo que tem sido compartilhado no Twitter.

Como se tudo já não bastasse, os residentes das áreas afetadas pelo Florence ainda poderão enfrentar uma invasão de cobras venenosas, como alertam alguns especialistas em répteis.

A forte tempestade tropical pode levar todo tipo de cobra a deixar seus habitats naturais na costa, levando-as até zonas habitadas, informa o especialista de répteis, Thad Bowman, ao site Myrtle Beach Online.

seis cobras venenosas nativas da Carolina do Norte e da Carolina do Sul que podem ser letais. “Elas injetam veneno que causa a destruição dos tecidos e a perda de plaquetas, provoca hemorragias e pode causar a morte”, explica o médico Gerald O’Malley, citado pela publicação.

Entretanto, correm rumores e imagens falsas pelas redes sociais sobre supostos tubarões arrastados para terra pelo Florence. Há fotos com supostos tubarões nadando em autoestradas e até notícias falsas sobre essa invasão – que não aconteceu.

Mas, mesmo sem tubarões, os habitantes da costa norte-americana vivem um verdadeiro cenário de terror devido ao Florence, com estragos e dificuldades que se vão prolongar durante muitos dias (talvez anos) depois de o furacão passar.

Ciberia // EFE / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …

Em um restaurante de Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com Dubai se tornando mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante se lembrou de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma sossegada …

Crivella quer abrir cassino no Rio

Com uma expansão em mente para atrair ainda mais turistas ao Rio de Janeiro, o prefeito Marcelo Crivella começou a trabalhar para abrir um cassino na cidade. A era de ouro dos cassinos no Brasil durou de …