França investiga emprego público fictício de mulher de Fillon

Remi Jouan / Wikimedia

François e Penelope Fillon

A procuradoria financeira francesa anunciou esta quarta-feira (25), a abertura de um inquérito sobre um alegado “emprego fictício” da esposa de François Fillon, quando este era deputado.

O candidato de Os Republicanos às eleições presidenciais, François Fillon, vê sua campanha manchada pela polémica criada pelo semanário Le Canard Enchaîné.

François Fillon, que foi primeiro-ministro durante a presidência de Nicolas Sarkozy, é o favorito na eleição presidencial de abril e maio de 2017, e as pesquisas colocam-no como provável adversário da líder da extrema direita, Marine Le Pen, no segundo turno.

Na sequência da notícia, a procuradoria financeira francesa anunciou a abertura de um inquérito sobre as suspeitas que a esposa de François fillon, Pénélope, tenha usufruído de um alegado “emprego fictício” como assistente parlamentar do marido. O inquérito foi aberto por “desvio de fundos públicos e abuso de bens sociais”.

Esta quarta-feira, o Le Canard Enchaîné revelou que Pénélope Fillon foi colaboradora parlamentar do marido, algo que ninguém sabia, segundo o jornal.

A esposa de Fillon, Penelope Fillon, teve um emprego fantasma de assistente parlamentar do próprio marido e de seu sucessor, Marc Joulaud, e embolsou 500 mil euros dos cofres públicos sem trabalhar, denunciou o jornal satírico Le Canard Enchaîné.

“No total, Pénélope recebeu 500.000 euros brutos das caixas parlamentares”, diz o jornal.

Empregar familiares como colaboradores na Assembleia ou no Senado não é proibido, desde que não se trate de um “emprego fictício”, mas o jornal emite dúvidas sobre a realidade do trabalho da esposa do antigo primeiro-ministro.

O Canard Enchaîné afirma que a esposa de Fillon era dona de casa e não aparecia na sede do legislativo para trabalhar. A publicação cita uma ex-assistente parlamentar, que diz que “nunca trabalhou com ela”.

Segundo o “Canard”, Penelope Fillon foi assistente parlamentar de François Fillon entre 1998 e 2002 quando ele era deputado da região de Sarthe, e, entre 2002 e 2007 teria sido assistente do deputado que substituiu o marido quando este entrou no governo.

Em 2012, ela teria sido remunerada “durante seis meses, pelo menos” quando o marido voltou a ser deputado.

Thierry Solère, porta-voz de François Fillon, disse à AFP que Penelope Fillon “foi realmente colaboradora de François Fillon”.

Durante uma viagem a Bordeaux, Fillon disse estar escandalizado com a publicação da denúncia e acusou o semanário de querer prejudicá-lo politicamente. “Como é que minha esposa não tem direito a trabalhar?“, questionou.

// RFI / DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …