Inteligência Artificial aprende a pensar como um cão

Cientistas da Universidade de Washington e do Instituto Allen treinaram redes neurais com o objetivo de tentar compreender e prever o comportamento canino.

O que a Inteligência Artificial pode aprender com os cães? Muito, respondem os pesquisadores da Universidade de Washington e do Instituto Allen que, recentemente, treinaram redes neurais para interpretar e prever o comportamento de um cão.

Na experiência, foram utilizadas filmagens e capturas de movimento de um cão de raça Malamute, através de uma câmera GoPro colocada na cabeça do animal e sensores de movimento ligados às suas pernas e corpo.

No total, foram recolhidos cerca de 380 vídeos das atividades cotidianas da cadela Kelp, enquanto passeava e brincava, atividades que fazem parte do seu dia a dia.

Em seguida, os cientistas usaram a informação recolhida para “alimentar” a Inteligência Artificial através da deep learning, técnica que permitiu que fosse possível cruzar a informação dos sensores dos membros do animal com as filmagens que estava observando.

A partir desta informação, a Inteligência Artificial procurou encontrar formas de prever os comportamentos do animal, e foi assim que a máquina foi capaz de antecipar como a cadela reagiria em determinadas situações. Por exemplo, se uma bola fosse atirada por uma pessoa, a IA saberia que a cadela iria persegui-la.

Ao The Verge, a cientista Kiana Ehsani explicou que a capacidade preditiva do sistema de Inteligência Artificial é muito alta, mas apenas em períodos muito curtos de tempo.

Muito resumidamente, o sistema consegue prever que o animal irá subir as escadas caso apareça uma escada em seu raio de visão. No entanto, as previsões mais adiantadas no tempo são impossíveis, pelo menos por agora, devido à complexidade do mundo. Depois de subir as escadas, a cadela verá um objeto que queira perseguir? Talvez.

Depois de treinada a rede neural, os cientistas testaram a Inteligência Artificial, de forma a entender se o computador aprendeu alguma coisa que não fosse explicitamente programada. Assim, concluíram que a IA aprendeu sem a necessidade de introduzir informações manuais ou descrições detalhadas previamente sobre o comportamento do animal (como o caso de subir as escadas, por exemplo).

Embora haja a possibilidade de estender a experiência a outros agentes e cenários, há ainda muito a ser feito até que a Inteligência Artificial seja capaz de aprender sozinha a ser um cão. Ainda assim, a experiência demonstra empiricamente que a IA pode se autodesenvolver a partir da observação de animais.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …

Dois anos após mortes de Marielle e Anderson, Anistia Internacional cobra identificação de mandantes

Dois anos após os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018, o crime permanece sem solução e ilustra a impunidade no combate à violência …

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …