150 anos depois, identidade da mulher no quadro “A Origem do Mundo” é descoberta

(dv) Phébus

É o fim de um mistério que intrigava o mundo das artes há mais de 150 anos. Por trás da vulva mais famosa do mundo, imortalizada no quadro mais controverso de Gustave Courbet, está uma bailarina que depois se tornou filantropa.

O historiador francês Claude Schopp descobriu finalmente a identidade da mulher da célebre pintura “A Origem do Mundo“, de Gustave Courbet, realizada em 1866 e que mostra a vulva de uma mulher, até então desconhecida.

De acordo com o Le Parisien, trata-se de Constance Quéniaux, uma bailarina da Ópera de Paris, nascida em 1832, e que tinha 34 anos quando foi imortalizada no famoso e polêmico quadro do pintor francês.

Quéniaux foi amante do diplomata do Império Otomano Halil Serif Pahsa, ou Khalil-Bey, o grande colecionador de obras de arte que teria encomendado a tela. Além da provocação clara, o anonimato da modelo também intrigou o mundo das artes durante 152 anos.

O jornal escreve que Schopp fez a descoberta por acaso, quando passava em revista as cartas de Alexandre Dumas filho, grande amigo de Courbet, à romancista George Sand. No documento, o autor de “A Dama das Camélias” revela o nome da mulher que serviu de modelo para a pintura.

“Foi como se surgisse uma luz. Normalmente faço descobertas depois de muito trabalho, mas encontrei isso sem procurar. É injusto”, disse o historiador à AFP, citado pelo Público.

Em declarações ao jornal Libération, Sylvie Aubenas, a diretora do Departamento de Pintura e Fotografia da Biblioteca Nacional da França, diz que tem 99% de certeza de que Quéniaux é o rosto por trás “da vulva mais famosa da história da arte”.

Além disso, garante a especialista, “os cabelos e as sobrancelhas negras” da bailarina, que não passavam despercebidos naquela época e que ainda hoje se encontram registrados nas fotografias históricas, são coerentes com o retrato do seu órgão genital.

(dr) Bibliothèque Nationale de France

Constance Quéniaux, a mulher que posou para Gustave Courbet no quadro “A Origem do Mundo” (1866)

Até agora, os especialistas da área acreditavam que a mulher que posou para Courbet seria Joanna Hiffernan, companheira na época do pintor norte-americano James Whistler e que posava para ambos (já tinha sido retratada em “Jo, La belle Irlandaise”, em 1865).

A recente descoberta está agora retratada no novo livro de Schopp – “L’Origine du monde, vie du modele” – que será lançado em 4 de outubro na França. Especializado na obra de Alexandre Dumas, tanto pai como filho, o vencedor do Prêmio Goncourt de Biografia, em 2017, reconstitui toda a vida da bailarina, que depois se tornou filantropa.

Para realizar a pesquisa, o biógrafo foi até a cidade natal da bailarina, na região da Normandia, onde descobriu que, proveniente de uma família pobre, Quéniaux passou da prostituição à carreira na Ópera, “graças ao seu charme e inteligência”, características que a ajudaram a superar barreiras entre classes sociais.

O rosto da célebre modelo poderá ser admirado em uma exposição realizada pela Biblioteca Nacional da França, em Paris, a partir de 16 de outubro.

Ciberia // RFI / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …