Itália: Novo Governo promete rever política migratória e ambiental

O primeiro-ministro da Itália Giuseppe Conte e sua nova equipe de ministros prestaram juramento ao presidente Sergio Mattarella na manhã desta quinta-feira (5/9). O país será governado por uma aliança entre centro-esquerda e o Movimento 5 Estrelas (M5E), antissistema, que detém a maioria no parlamento.

Após muitas especulações, o Movimento 5 Estrelas finalmente firmou o pacto com os ex-rivais do Partido Democrático. Dos 115 mil afiliados do M5E convocados a votar online, cerca de 80 mil responderam ao apelo e destes 79% optaram pelo sim à aliança com o Partido Democrático (PD), atualmente a terceira força política italiana. O novo plano de governo contém 29 pontos que demonstram uma guinada nas políticas econômicas, sociais e ambientais, de integração de migrantes e nas relações com a União Europeia.

O primeiro item demonstra a preocupação do governo com o orçamento para 2020 e veta o aumento do IVA (Imposto de Valor Agregado) que pesa 22% no bolso dos italianos. O novo governo vai aguardar a nomeação da nova Comissão Europeia em novembro para “trabalhar por uma Europa mais solidária e inclusiva”. Para compensar o baixo crescimento da indústria, o novo governo vai incentivar o desenvolvimento sustentável para potencializar a produtividade.

Um dos principais pontos do plano de governo trata de um “New Green Deal” que “comporta uma mudança radical no paradigma cultural inserindo a proteção ambiental entre os princípios fundamentais da constituição”, inclusive com incentivo à produção agrícola orgânica e natural. Outra mudança será nas políticas migratórias.

O plano insiste em promover uma “resposta europeia” que não se limite a “uma lógica puramente emergencial” à gestão dos fluxos migratórios, sobretudo com uma reforma da Convenção de Dublin, assinada há quase 30 anos e que normatiza os pedidos de asilo político e refúgio na Europa. Com relação aos recentes decretos de segurança aprovados pelo parlamento e de autoria do ex-ministro do Interior Matteo Salvini, o novo plano de governo prevê uma revisão dos mesmos baseando-se nas ressalvas feitas pelo presidente Sergio Mattarella, quando homologou a decisão parlamentar.

Novo quadro de ministros

Um dos pontos críticos é a formação do novo quadro de ministros. Alguns egos tiveram que ser contidos pelo premiê Conte e dessa vez não haverá o cargo do vice-premiê, que no governo passado era ocupada por Salvini e Luigi di Maio. O líder do M5E vai ocupar agora o Ministério das Relações Exteriores. Dos 21 ministros – dos quais 7 mulheres – 11 são do M5E, 8 do PD, 1 do LeU (Livres e Iguais). O ministério do Interior será guiado por uma funcionária de carreira, Luciana Lamorgese, ex-procuradora geral de Milão.

O novo plano de governo foi redigido às pressas, mas muita coisa pode mudar. Contudo, as ideias-chave da nova aliança estão lançadas. Diferenças ideológicas a parte, o Movimento 5 Estrelas e o Partido Democrático têm agora a missão de levar ao fim a atual legislatura, até 2023. Tudo para evitar eleições antecipadas e não arriscar de ver o sonho de poder totalitário de Matteo Salvini e a extrema direita Liga se realizar.

Após a desastrosa estratégia de abandonar a aliança com o M5E, baseada em pesquisas eleitorais que lhe davam 38% dos votos, Salvini aniquilou suas intenções de governar sozinho a Itália. Porém, sempre temendo uma volta de Salvini das cinzas, M5E e PD deixam agora as diferenças de lado e se unem para, antes de tudo, evitar que um governo de extrema direita seja eleito no futuro. Mas sabem que se não conseguirem proteger o bolso dos italianos, engolir tantos sapos poderá ter sido em vão.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …