Loira famosa, 35 anos, candidata a presidente: traição a Putin ou uma farsa?

Maxim Shipenkov / EPA

Ksenia Sobchak na coletiva de imprensa para a apresentação da sua candidatura

A recém-anunciada candidatura da apresentadora de televisão Ksenia Sobchak às eleições presidenciais russas de março de 2018 provocou grande repercussão nas redes sociais.

Apesar da sua fama, ao ouvir o nome Ksenia Sobchak a maioria dos russos lembra-se primeiro do pai da celebridade, Anatoly Sobchak, ex-prefeito de São Petersburgo, considerado o mentor de Vladimir Putin e o homem que o ajudou a se transformar no “todo-poderoso” presidente da Rússia.

Ksenia, que nasceu em 1981, em Leningrado, conhece Putin desde criança. Mas quando, após as eleições de 2011 para o parlamento russo, Moscou e outras cidades do país foram sacudidas por manifestações massivas contra os resultados da votação, Ksenia era um dos rostos do protesto. A jovem exigiu reformas, transparência e o “fim da corrupção”.

Nos últimos anos, Ksenia ganhou peso entre os opositores a Putin, e de outubro de 2012 a outubro de 2013, foi membro do Conselho de Coordenação da Oposição russa.

Há no entanto quem não acredite totalmente na “traição” da jovem apresentadora ao amigo do pai, considerando que Ksenia é apenas uma “idiota útil” e que sua candidatura não é mais do que uma manobra de Putin para dividir o eleitorado da oposição.

Nesta terça-feira (24), Ksenia Sobchak assegurou que nas eleições de março de 2018 irá conquistar o voto dos “indignados” e que se Navalny puder se candidatar, se afasta da corrida.

“A minha missão é estabelecer as minhas regras do jogo para que estas eleições se transformem em uma autêntica votação popular“, disse a famosa jornalista numa concorrida coletiva de imprensa em um teatro de Moscou.

No seu primeiro aparecimento público desde que anunciou a candidatura na semana passada, Ksenia começou com um pedido para a libertação dos presos políticos que existem no país.

“Quero começar esta coletiva de imprensa com um pedido para a libertação dos presos políticos e o fim da perseguição ilegal de pessoas inocentes, que acontece apenas pelas suas posições políticas”, afirmou Ksenia.

A apresentadora também deixou clara a sua posição sobre o assunto da Crimeia ao afirmar que, “segundo o direito internacional, a Crimeia é da Ucrânia”. Porém, um dos temas que mais interessava aos jornalistas era a opinião de Ksenia sobre o presidente Vladimir Putin, que ainda não confirmou se irá se candidatar novamente.

Putin salvou a vida do meu pai“, disse Sobchak. Por isso, acrescenta a apresentadora, “não vou insultar Putin como pessoa, mas isto não significa que esteja de acordo com tudo o que o Putin político faz”.

Ksenia nega as alegações de que é uma candidata lançada pelo Kremlin para dividir os votos da oposição e dar legitimidade a uma eleição sem Navalny na corrida.

A candidata admitiu que falou pessoalmente com Putin e o informou do programa da sua candidatura, no qual promete que vai reunir o voto dos descontentes e indignados, para fazer frente ao presidente nas eleições do próximo ano.

Ksenia afirma até que se candidata em nome de Navalny, garantindo que se afasta caso ele seja autorizado a se candidatar. O líder da oposição, que cumpre mais uma pena de prisão, desta vez por organizar manifestações não autorizadas, foi condenado por fraude na semana passada e está, para já, impedido de concorrer.

Mas pouco antes de a “loira mais famosa da Rússia” apresentar sua candidatura, Navalny a chamou de uma “celebridade que anda à pesca de likes nas redes sociais“, considerando que a ex-amiga de Putin é uma “caricatura” que serve apenas para dar a ilusão de legitimidade a uma eleição que considera ser uma farsa.

A ideia do Kremlin é muito simples“, diz Navalny a seus seguidores no YouTube, “eles precisam de um candidato caricatura, especialmente se quiserem me impedir de concorrer. Vão dizer que não posso me candidatar porque sou um criminoso extremista, e vão dizer mas olhem, está aqui Ksenia Sobchak, que diz tudo o que a oposição quer ouvir“.

Uma traição a Putin, ou uma manobra maquiavélica do presidente russo? O tempo o dirá.

Ciberia // RFERL / EFE / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Eleição na Bolívia: Resultados parciais indicam 2º turno inédito entre Evo Morales e Carlos Mesa

Com quase 90% dos votos contabilizados, resultados parciais da eleição realizada neste domingo na Bolívia indicam que o atual presidente Evo Morales não teve votos suficientes para garantir já sua vitória, caminhando para disputar com …

Voo mais longo e sem escalas da história pousou em Sydney

O voo mais longo e sem escalas da história pousou nesse domingo (20) em Sydney, 19 horas e 16 minutos após a decolagem, em Nova York. Foi um teste da companhia australiana Qantas, que pretende …

Governo brasileiro publica lei que agiliza venda de bens do tráfico de drogas

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 13886/19, que pretende acelerar a destinação de bens apreendidos ou sequestrados que tenham vinculação com o tráfico ilícito de drogas. Essa lei, que converte a Medida Provisória nº 885, …

Criaram uma bebida com probióticos geneticamente modificados para prevenir ressacas

Beber moderadamente pode ser garantia de uma noite especialmente divertida, mas quem se aventura pelos bares da vida sabe que basta um pequeno erro de cálculo ou deslize nos preparativos – como, por exemplo, esquecer …

Manifestantes desafiam proibição em Hong Kong

Milhares voltam às ruas, apesar de governo ter proibido protestos na região semiautônoma, e são recebidos com jatos d'água e gás lacrimogêneo. Há quatro meses, colônia britânica atravessa a sua maior crise política. Milhares de manifestantes …

Brexit pode causar ao Brasil perdas anuais de exportações de mais de US$ 700 milhões

Nas próximas semanas, empresários e exportadores brasileiros deverão acompanhar com grande atenção os capítulos finais da novela do Brexit, como é chamada a saída do Reino Unido da União Europeia. Isso por que, a depender de …

Motivos de artrópodes se moverem em fila indiana há 480 anos são revelados

Um novo estudo revela que os fósseis de artrópodes descobertos em fila podem indicar um comportamento coletivo devido a fatores ambientais. O estudo publicado pela revista Scientific Reports sugere que o comportamento em grupo de trilobitas …

Arqueólogos encontram 20 sarcófagos de madeira perto de Luxor

Arqueólogos encontraram mais de 20 caixões antigos de madeira, ainda coloridos, na necrópole de Asasif, em Tebas, na margem oeste do rio Nilo, próximos à cidade de Luxor, no Egito. Os caixões estavam posicionados em duas …

Mão robótica aprendeu sozinha como solucionar o cubo de Rubik

Provavelmente você já deve ter passado pelo desafio de deixar o cubo de Rubik, mais conhecido como cubo magico, com as cores das faces iguais. Saiba que uma mão robótica conseguiu resolver teste desafio sozinha. Provavelmente …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

O Palácio do Planalto decidiu deixar em suspenso a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, em meio a uma crise política …