Fósseis do maior animal marinho que já existiu permitem resolver enigma

Heinrich Harder / Wikimedia Commons

Ictiossauro, dinossauro primo dos golfinhos

A descoberta de um ictiossauro gigante no Reino Unido sugere que a baleia azul pode não ser o maior animal que já existiu.

Depois de descobrir os restos de um dos maiores animais que já existiu, um grupo de paleontologistas conseguiu resolver um enigma com mais de 150 anos.

Os fósseis foram encontrados na costa da cidade de Lilstock, na Inglaterra, em maio de 2016, mas ninguém soube identificar a que animal pertenciam. Agora, dois anos depois, a Universidade de Manchester anunciou que os fragmentos ósseos pertencem ao maior animal marinho que já existiu.

Segundo a RT, trata-se de um espécime de ictiossauro, uma espécie de réptil na forma de um golfinho que começou a povoar os mares há 250 milhões de anos.

A descoberta foi feita pelo autodidata “caçador de fósseis” Paul de la Salle, quando encontrou um grande pedaço de osso fossilizado enquanto caminhava pela praia. Depois de entrar em contato com um grupo de paleontologistas, quatro outros fósseis foram encontrados, e juntos formaram um osso de 1 metro de comprimento.

Esse osso corresponde a parte da mandíbula do animal. A pesquisa seguinte, publicada recentemente na PLOS One, datou os fósseis em 205 milhões de anos e determinou que o espécime é 25% maior que o maior ictiossauro já encontrado. Esse animal viveu no Período Triássico e era um autêntico rei dos oceanos.

Segundo a pesquisa, o réptil a quem pertencia o osso podia medir cerca de 26 metros, ou seja, um tamanho muito próximo ao do maior animal da história: a baleia azul, cujo espécime máximo conhecido mede 30 metros.

Os ictiossauros foram extintos há 90 milhões de anos. No entanto, a descoberta esclarece um mistério que surgiu no ano de 1850, quando foram descobertos ossos de 208 milhões de anos na costa de Aust Clif, no oeste de Inglaterra.

Naquela época, presumia-se que correspondessem a grandes seres terrestres, como dinossauros, uma hipótese que nunca poderia ser provada ou refutada.

Agora o mistério foi finalmente desvendado. Segundo Dean Lomax, cientista da Universidade de Manchester e coautor do estudo, esses fósseis podem pertencer aos maiores monstros aquáticos que já existiram.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …

Suposto 'padrão' citado por Bolsonaro não indica fraude eleitoral; presidente admite não ter provas

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live semanal desta quinta-feira (29/07) para fazer uma apresentação questionando a lisura das últimas eleições e apontando o que considera ser "fortíssimos indícios" de fraudes nas urnas eletrônicas. No entanto, …

Cientistas revelam novos dados sobre neandertais e denisovanos após analise sanguínea

Cientistas, que analisaram os genes de três neandertais e um denisovano, descobriram que ambas as espécies de pessoas ancestrais provêm da África. Os autores também encontraram uma ligação genética entre os neandertais e os aborígines …