Médica da rede pública adapta receita para paciente analfabeto (e vira sensação na internet)

EBC

Uma postagem nas redes sociais chamou atenção nesta quarta-feira (5). Gabriela Lemos publicou a foto de uma receita médica a um paciente analfabeto feita pela irmã, Manuela Lemos, estagiária de medicina na Unidade Básica de Saúde Condor, em Belém.

No documento, a jovem e a supervisora médica Rayssa Miranda tentam ajudar o paciente que é hipertenso e diabético a não errar o horário das medicações.

Cada medicamento ficou com uma fita amarrada, que também foi colada junto ao horário que deve ser tomado, respectivamente. A estudante também usou adesivos para lembrar de aliar as medicações às alimentações do dia.

“Hoje nos deparamos com um paciente que apesar de ter suas caixas de remédios adesivadas de acordo com o horário (…), não conseguia lembrar o significado de cada fita, e continuava tomando a medicação de forma errada. Foi então que perguntei se podia fazer para ele essa receita da foto”, explicou Manuela Gomes, no Twitter.

O atendimento foi na terça-feira (4). A professora Rayssa Miranda, segundo a estudante, teria comprado as fitinhas para ajudar os pacientes. “Ela é uma profissional que sempre ensinou que deveríamos nos preocupar em passar a mensagem para o paciente de forma clara, se preocupando de verdade com o tratamento dele”, disse.

O atendimento terminou bem, como ela disse: “Foi um trabalho conjunto, pensando no bem do paciente, que agradeceu com um sorriso de compreensão”.

Em entrevista ao G1, a médica Rayssa Miranda explicou que em uma das consultas elas perceberam que o paciente não sabia ler e tomava os remédios de forma desordenada. “Então a gente pediu para que ele voltasse com todos os medicamentos para identificar as caixas de maneira que ele entendesse melhor. Foi quando a Manuela perguntou se poderia adesivar o receituário”, conta.

“No final, ele entendeu tudo, nos abraçou, agradeceu e sorriu”, contou.

A doutora explicou que a primeira fita do receituário, prata com estrelas, é para ele lembrar do medicamento ao amanhecer, que deve ser tomado em jejum. A fita amarela para que ele tome de dia e a azul para que tome de noite.

Já a de arco-íris é para ele lembrar que o “almoço e o jantar devem ser coloridos, com legumes, proteínas e carboidratos” e os adesivos das frutas, para que ele lembrar de “comer algo leve e tomar a medicação em seguida, antes de dormir”.

(dr) Manuela Lemos

Repercussão inesperada

A doutora explicou que, antes de acabar a consulta, a estudante tirou uma foto para que servisse de modelo para outras ocasiões e ela acabou encaminhando à irmã, que postou nas redes sociais.

“Teve toda essa repercussão que a gente não esperava. Na hora a gente nem pensou que poderia ter colocado todos os horários nas próprias caixas, mas isso fica como aprendizado para o próximo atendimento. Foi uma atitude espontânea. Mas caso ele esqueça de novo, ou perca a receita, ele pode voltar quando quiser que iremos atendê-lo novamente, sem nenhum problema”, contou.

“Foi um atendimento muito emocionante, até a Manuela lagrimou”, contou.

Ciberia // G1 / Portal de Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …

O estudo que vacinará uma cidade inteira com a Coronavac

Serrana (SP), com 45 mil habitantes, se torna um dos laboratórios mundiais para analisar o coronavírus. Instituto Butantan quer avaliar impacto da imunização em massa na transmissão da covid-19. Wuhan é a cidade onde a pandemia …

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …