Cientistas russos confirmam: mistério de Nicolau II e dos Romanov é desvendado

Boasson and Eggler / Wikimedia

A família real russa foi executada a tiros em 1918

Exames genéticos moleculares confirmaram que os restos mortais encontrados em 1993 e 2007 perto da cidade russa de Ekaterinburgo “pertencem ao czar Nicolau II e à sua família”, de acordo com um comunicado do Comitê de Investigações da Rússia.

O porta-voz do comitê, Svetlana Petrenko, explicou que, enquanto a pesquisa do assassinato da família real continua, os especialistas confirmaram que sete dos 11 restos mortais encontrados pertencem a membros da mesma família: mãe, pai, quatro filhas e um filho.

Além disso, os resultados da comparação dos perfis genéticos dos restos ósseos com os perfis dos familiares da família real que ainda estão vivos, “confirmam que os restos mortais pertencem a Nicolau II e à sua família“, acrescentou Petrenko.

Ao recorrer também à comparação dos perfis, os exames genéticos moleculares permitiram determinar a relação de parentesco entre o pai do czar, Alexandre III, e a pessoa falecida identificada como Nicolau II.

Os testes foram realizados nos EUA e confirmam as conclusões dos especialistas russos, que já em agosto de 2007 – um mês após a descoberta dos últimos restos – declararam que os ossos pertenciam a Zarévich Alexéi e à grande princesa María.

Petrenko assinalou também que, no momento, os cientistas analisam cerca de 2 mil documentos relacionados com a morte da família real, fuzilada pelos bolcheviques em Ekaterinburgo no dia 17 de julho de 1918 – que, nesta terça-feira, assinala os 100 anos.

A família real foi executada durante a guerra civil na Rússia, no porão de uma casa em Ipatiev, por medo que fossem libertados por uma ofensiva do Exército Branco. A chave para o sucesso da investigação passou por encontrar o local onde os filhos do czar foram enterrados.

Uma “declaração secreta”

Em narração detalhada de Yákov Yurovski, agente da polícia secreta que dirigiu a execução da família imperial russa por ordem direta da liderança bolchevique, Yurovski conta que depois de várias tentativas fracassadas de enterrar os cadáveres dos membros da família do czar, os membros do pelotão de fuzilamento decidiram borrifar nove dos corpos com ácido sulfúrico.

Esses corpos foram enterrados em uma mina perto da cidade de Koptiakí, enquanto os corpos de Alexéi e María foram transferidos para uma floresta próxima.

Ao enterrá-los separadamente, os bolcheviques alegaram que, caso fossem encontrados, ninguém ligaria esses restos aos da família imperial.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …

Suspeitos de COVID-19 podem ter dados compartilhados com a polícia na Inglaterra

  As informações pessoais de suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) podem ser utilizadas pela polícia da Inglaterra para garantir que eles não quebrem o isolamento. De acordo com as informações oficiais, as autoridades poderão ter …

Jejum intermitente funciona? Este estudo indica que não

Um estudo recém publicado na revista médica “Jama Internal Medicine” mostra que a prática conhecida como jejum intermitente não traz benefícios para o corpo e, ainda, não promove perda de peso de fato. A pesquisa, …

Estudos corroboram correlação entre tipo sanguíneo e risco de covid-19

A suscetibilidade ao contágio com o vírus Sars-Cov-2 pode variar segundo o grupo sanguíneo: os indivíduos do grupo O tendem a um menor risco, enquanto os demais estão também potencialmente mais expostos a quadros clínicos …

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …