Na Índia, há uma patrulha de mulheres policiais só para combater crimes sexuais

Christopher Herwig / UN

Treinaram artes marciais e estudaram legislação durante meses. Agora, as patrulhas femininas já saíram às ruas e vigiam pontos de ônibus, escolas e parques, locais onde as mulheres são “alvos fáceis” de ataques sexuais.

Kamal Shekhawat é a chefe da recém-criada unidade de mulheres policiais e que já patrulha as ruas de Jaipur, cidade do estado do Rajastão. À agência France Presse, Kamal disse que a mensagem que querem passar “é a de que temos tolerância zero para os crimes contra mulheres”.

De cantadas e piadas ofensivas a perseguições e violações, as mulheres indianas continuam sendo alvos de frequentes crimes sexuais, dentro de uma sociedade patriarcal onde facilmente casos não são reportados pelo medo como seriam tratadas e pela discriminação que podem sofrer.

Após terem treinado artes marciais e estudado a legislação nos últimos meses, as patrulhas de mulheres policiais criadas em maio já vigiam zonas onde as mulheres se encontram em situações de maior vulnerabilidade, como pontos de ônibus, escolas e parques.

Saroj Chodhuary, policial, esclareceu um grupo de mulheres sobre um dos modos de atuação da brigada: “As mulheres podem apenas ligar ou mesmo mandar uma mensagem pelo WhatsApp e nós viremos para cá. A identidade delas nunca será revelada, de modo que podem se sentir à vontade para apresentar a queixa”.

Radha Jhabua, uma mãe de 24 anos, disse que queria apresentar queixa de um vizinho que a persegue, mas o marido a desincentivou com receio de que poderia gerar má reputação ao nome da família. “Ele me disse para não fazer nada e esperar até que o homem parasse com aquilo. Estou contente por podermos apenas mandar uma mensagem de WhatsApp a estas ‘irmãs’ e elas tomam conta do resto”, comentou.

“Só a existência destas patrulhas já nos dá confiança“, disse por sua vez Seema Sahu, uma mulher de 38 anos, referindo que normalmente evitava sair à noite com suas duas filhas.

As forças policiais indianas são formadas sobretudo por homens – as mulheres são apenas 7% – e os defensores dos direitos das mulheres têm realçado que as vítimas são frequentemente julgadas pela sua aparência, alvo de perguntas condenatórias ou mesmo acusadas de terem provocado o crime quando tentam apresentar queixa às autoridades.

“As mulheres policiais são mais empáticas e as vítimas também se sentem mais confiantes e capazes de comunicar de uma forma aberta com elas”, considera a responsável pela unidade de Jaipur.

Na Índia, são reportadas cerca de 40 mil violações por ano, mas os números reais devem ser muito superiores. A situação se tornou alvo de criticismo e pressão internacional após a divulgação do caso de uma estudante de medicina de Nova Deli, que morreu após ter sido alvo de uma violação em grupo em dezembro de 2012.

A polícia indiana foi entretanto pressionada para recrutar mais mulheres, de modo a que cheguem a representar um terço do seu efetivo, mas o objetivo continua longe de ser concretizado.

A unidade de mulheres policiais é apenas a segunda criada no Rajastão, após a primeira ter iniciado funções na cidade de Udaipur, em outubro do ano passado.

A pressão para o combate aos crimes sexuais em Uttar Pradesh, no estado de Nova Deli, acabou dando lugar a um peculiar entendimento da polícia que criou “patrulhas anti-Romeo”, acusadas de aproveitarem para defender a moral conservadora hindu importunando casais solteiros e inter-religiosos.

Shekhawat assegura que as patrulhas de Jaipur não terão esse tipo de atuação. “Está tendo um efeito preventivo. Está restaurando a fé do público no papel da polícia para a manutenção da lei e da ordem”, afirma.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …

Vacina contra gastroenterite pode ser eficaz contra câncer, mostra pesquisa

O estudo, realizado por um grupo de cientistas franceses do Centro de Pesquisa em Cancerologia de Lyon, mostrou que a vacina usada para prevenir a gastroenterite em crianças pode provocar a morte de células cancerígenas …

Famosa na internet, a falecida gata Lil Bub terá suas cinzas enviadas ao espaço

Visitar pessoalmente o espaço sideral é uma oportunidade que pouquíssimas pessoas têm em vida, mas enviar suas cinzas ao espaço pode se tornar uma nova forma de passar a eternidade entre as estrelas. E, assim …

Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana. Congressistas democratas na Câmara dos …

Cientistas criam pele artificial que é flexível se cura como a de verdade

Cientistas da Universidade Nacional da Austrália criaram um hidrogel que funciona como a pele de verdade, com a mesma força e durabilidade. “Com a química especial que desenvolvemos no hidrogel, ele pode se reparar após ser …

Putin e Zelenski anunciam cessar-fogo na Ucrânia

Em cúpula em Paris, presidentes concordam em retomar processo de paz e prometem troca de todos os prisioneiros até o fim deste ano. Apesar de avanços, divergências sobre eleições em regiões separatistas permanecem. Os presidentes ucraniano, …

Aung San Suu Kyi vai defender Mianmar na ONU de acusações de genocídio

A prêmio Nobel da Paz defenderá seu país das acusações de genocídio da minoria muçulmana rohingya no tribunal internacional da ONU, em Haia. A Corte Penal Internacional (CPI) autorizou em novembro que Mianmar, antiga Birmânia, seja …

Em meio a "emergência climática", UE aposta em Acordo Verde

Com a UE prestes a fracassar em suas metas de redução de CO2 até 2030, todos os olhos se voltam para os planos de longo prazo da Comissão Europeia para combater a mudança climática. A nova …

Kim Jong-un "tem tudo a perder" se agir de maneira hostil, diz Trump

O presidente americano Donald Trump também disse neste domingo (8) que a Coreia do Norte tem potencial econômico, mas deve manter "boas relações" com os Estados Unidos. A mensagem de Trump foi publicada no Twitter …