Não podemos contrariar o sono da tarde (e a ciência explica por quê)

A população pode ser dividida em dois grupos: aqueles que só conseguem dormir à noite e os eternos amantes de uma breve sesta no meio da tarde. A explicação está na genética, sugere um estudo recente que “culpa” os genes pela necessidade que muitos sentem de dormir depois do almoço.

A equipe de cientistas da Universidade de Tsukuba, no Japão, acredita haver um gene responsável pelos hábitos de sono dos seres humanos que tendem a preferir dormir a sesta ou, pelo contrário, não fazer isso.

Esse assunto não é novidade. No entanto, apesar de já terem sido desenvolvidos vários estudos que apontam as vantagens de se dormir no meio da tarde durante alguns minutos, o comportamento do sono humano é ainda um mistério à espera de ser desvendado – e é esse motivo que torna essa pesquisa relevante.

O gene em questão – o SIK3 – afeta apenas fases específicas do sono, como a de sono profundo ou REM (Rapid Eye Movement), abrindo assim portas para estudos futuros que queiram analisar os hábitos de sono do ser humano e procurem determinado objeto de estudo para analisar.

A vontade de dormir a sesta não é algo mandatário. Ainda assim, a resposta genética que o estudo aponta pode ser a solução para casos de quem tem problemas de sono. Para esses casos, a sesta pode ser a solução e a falta de vontade poderá, eventualmente, ser contrariada pela inclusão do tal gene.

As conclusões do estudo foram publicadas recentemente nos Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

A experiência foi realizada em cobaias, mas esse trabalho poderia lançar luz sobre os mecanismos fisiológicos que regulam o sono em humanos. Nos ratos de laboratório, os resultados mostraram que a mudança do 551º aminoácido da proteína SIK3 causou maior duração do sono, assim como um aumento da necessidade de dormir.

“Esses resultados foram particularmente interessantes porque a mutação na SIK3 afetou os períodos de falta de movimento ocular rápido, a parte não-REM do sono, enquanto o sono REM ficou inalterado”, disse o coautor do estudo Masashi Yanagisawa, citado pelo Independent.

Além disso, a equipe se concentrou também nos mecanismos moleculares pelos quais a mutação exercia seus efeitos e descobriu que a forma mutante do SIK3 não pode ser reconhecida nem se ligar a outras moléculas, chamadas PKA e 14-3-3.

Isso significa uma alteração nos eventos de sinalização, tendo impacto no sistema que regula o ciclo de sono/vigília.

“As características desse aminoácido nessa proteína são evolutivamente conservadas em todo o reino animal, por isso, os resultados são potencialmente relevantes para estudos sobre o sono em humanos”, disse o autor principal, Takato Honda.

“Pessoas que sofrem de hipersonia idiopática experimentam constantemente uma forte necessidade de dormir e estão com sono durante o dia inteiro. O nosso trabalho poderia ajudar a explicar por quê”, concluiu.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pesquisadores portugueses revelam que os neandertais foram pioneiros na exploração de recursos marinhos

Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Lisboa (Portugal) descobriu que a familiaridade dos hominídeos com o mar e os seus recursos é muito mais antiga do que se pensava – ao que …

Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações …

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …

JK Rowling lança portal do Harry Potter e salva quarentena mundial

A saga de ‘Harry Potter’ acabou faz muito tempo e conquistou milhões de fãs ao redor de todo o mundo. E nesse momento de quarentena, quem poderia esquecer do bruxinho mais famoso da cultura pop? Quem …