Um dos maiores enigmas da astronomia é a origem da energia e da matéria escura. Os dois componentes foram propostos em momentos diferentes para explicar o que vemos no Cosmos, mas mesmo depois de décadas de pesquisa, ainda não estamos nem perto de entender o que são e se realmente existem.

Agora, um novo estudo sugere uma maneira de se livrar de ambos.

André Maeder, professor da Universidade de Genebra, na Suíça, propôs voltar às equações fundamentais da relatividade e da gravidade newtoniana para encontrar uma maneira de abandonar o modelo do Universo recheado de energia e matéria escura.

Com a hipótese, publicada no Astrophysical Journal, o físico conseguiu reproduzir a expansão acelerada do Universo sem usar energia escura. Isso explicaria o movimento de galáxias dentro do Universo observável sem precisar da existência da matéria escura.

“No modelo atual, há uma hipótese inicial que não foi levada em consideração, na minha opinião. Com isso, falo da invariância de escala no espaço vazio. Em outras palavras, o espaço vazio e suas propriedades não mudam após uma dilatação ou contração“, disse Maeder em comunicado.

O “ajuste” feito pelo físico cria um pequeno termo de aceleração que pode ser usado para entender recursos atualmente explicados por energia ou matéria escura. Por exemplo, explica as velocidades dos grupos de galáxias do Universo com base apenas na matéria visível.

Com este “ajuste”, é possível também explicar como as estrelas se movem dentro das galáxias, sem a necessidade de matéria escura.

Na verdade, explicar a movimentação de estrelas foi o principal motivo pela qual Vera Rubin, astrônoma que propôs a existência da substância, usou a matéria escura nas teorias que defendia. Mas a introdução da invariância de escala pode, claramente, explicar as características que verificamos no Universo.

Seria realmente um fim para a energia e a matéria escura? Não é tão simples assim.

A hipótese só funciona para características largas e gigantescas, uma vez que a invariância de escala só pode ser encontrada na relatividade geral. Isso porque, para a teoria de Einstein, o espaço vazio está vazio.

Entretanto, o espaço vazio não está totalmente vazio de acordo com a mecânica quântica.

No mundo quântico, todo o espaço-tempo muda quando está dilatado ou comprimido. E, de acordo com a mecânica quântica, há algo chamado energia de vácuo, que foi associada à energia escura, embora os valores das observações astronômicas sejam diferentes dos da teoria quântica.

Embora ainda não saibamos o que é a energia ou matéria escura, as substâncias continuam sendo a melhor teoria para explicar o que acontece no Cosmos. No entanto, ainda são necessárias mais pesquisas sobre a invariância de escala para maiores conclusões.

EM, Ciberia // IFLScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Plataforma de gelo no Canadá quebra e cria iceberg pouco menor que Vitória, do Espírito Santo

Após um aquecimento de cerca de 9 ºC nas últimas décadas, a Milne, considerada "a última plataforma de gelo completa" no mundo, perdeu uma grande parte, formando um iceberg. Uma das maiores plataformas de gelo no …

Cientistas propõe adicionar drogas psicoativas na água potável

Pesquisadores do Reino Unido propuseram uma idéia radical para reduzir a taxa de suicídios: incluir o medicamento psicoativo lítio — um estabilizador de humor — na água potável da população. Parece uma idéia completamente radical, mas …

Magnata da mídia é preso em Hong Kong

Jimmy Lai, crítico do regime de Pequim e proprietário de jornal pró-democracia, foi detido com base em nova lei de segurança nacional imposta pela China. O empresário Jimmy Lai, uma das figuras mais influentes do movimento …

Twitter entra na briga pela compra do TikTok e pode fundir redes sociais

O banimento do TikTok nos Estados Unidos virou uma verdadeira novela mexicana. O aplicativo chinês, que tem até 45 dias para encontrar uma companhia americana para assumir suas operações no país e não ser bloqueado …

Motoboy é vítima de racismo de homem branco: "Você tem inveja disso aqui [minha cor]"

A manhã de sexta-feira (7) começou com mais um caso de racismo no Brasil. Um vídeo que viralizou no Twitter registra um homem branco fazendo injúrias raciais contra um entregador de delivery. As fortes imagens são …

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …