“Oásis de oxigênio” mais antigo da Terra é descoberto na África do Sul

Bobrayner / Wikimedia

Rio Pongola, África do Sul

Geoquímicos descobriram indícios de que a produção de oxigênio na Terra começou há 2,97 bilhões de anos na Bacia de Pongola, na África do Sul.

Há milhares de anos, existiam apenas vestígios de oxigênio na atmosfera e nos oceanos que não permitiam o desenvolvimento na Terra de organismos que respiram ar. Foram encontrados indícios em camadas de pedra com 2,5 bilhões de anos que apontam que bactérias fotossintetizantes criaram oxigênio em grandes quantidades por essa altura.

No entanto, uma nova pesquisa de geoquímicos de isótopos Benjamin Eickmann e Ronny Schönberg, da Universidade de Tübingen, na Alemanha, encontrou nos sedimentos da Bacia de Pongola, na África do Sul, indícios da produção de oxigênio que datam de há 2,97 bilhões de anos.

O local se torna, então, o mais antigo “oásis de oxigênio” da Terra, notam os cientistas no estudo publicado na mais recente edição da Nature Geoscience.

Eickmann e Schönberg lembram que as condições na Terra, na altura, não tinham nada a ver com a realidade actual. “A atmosfera continha apenas um centésimo de milésimo do oxigênio que tem hoje”, destacam em comunicado sobre o estudo divulgado pelo blog especializado Archaeology News Network.

“Quando as bactérias começaram a produzir oxigênio, ele podia, inicialmente, se unir a outros elementos, mas começou a enriquecer a atmosfera em um evento de emissão maciça de oxigênio há cerca de 2,5 bilhões de anos”, destacam.

Este “Grande Evento de Oxigenação” pode ser detectado “no desaparecimento de minerais reduzidos nos sedimentos dos continentes”, explica Eickmann. “Certas assinaturas de enxofre que só podem ser formadas em uma atmosfera com pouco oxigênio deixam de ser encontradas”, acrescenta.

O “Grande Evento de Oxigenação” envenenou as primeiras bactérias que viviam em condições com pouco oxigênio, embora a atmosfera da época tivesse apenas 0.2% de oxigênio contra os 21% atuais.

“Expostos a uma atmosfera que continha quantidades crescentes de oxigênio, os continentes foram alvo de erosão avançada”, o que levou a que “mais oligoelementos” entrassem nos oceanos, melhorando “o fornecimento de nutrientes” e, consequentemente, dando origem “a mais formas de vida nos mares”, referem os autores da pesquisa.

A análise dos sedimentos da Bacia de Pongola permitiu concluir, a partir das proporções de isótopos de enxofre, que “a bactéria usou o sulfato nos mares primitivos, como uma fonte de energia, reduzindo-o quimicamente”.

“O sulfato é uma forma de enxofre oxidado”, explica Schönberg, explicando que “uma maior concentração de sulfato na água indica que o oxigênio livre o suficiente deve ter estado presente no mar raso da Bacia de Pongola”. Oxigênio este que deve ter sido produzido por uma outra bactéria fotossintetizante.

Simultaneamente, outra assinatura de isótopo de enxofre detectada nos sedimentos indica uma atmosfera continuada de pouco oxigênio. “Isto torna a Bacia de Pongola o mais antigo oásis de oxigênio conhecido até a data”, destaca Schönberg, concluindo que “o oxigênio crescia na água muito antes do Grande Evento de Oxigenação”.

Várias centenas de milhões de anos depois desse evento, os níveis crescentes de oxigênio originaram a oxidação da atmosfera, criando condições para a vida na Terra assim como a conhecemos hoje.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …

América Latina pode levar ‘muitos anos’ para superar impacto da pandemia, alerta FMI

Os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 em termos de produtividade, emprego e capital humano na América Latina e Caribe podem "demorar muitos anos para serem revertidos". O alerta foi feito nesta quinta-feira (21) pelo …

Dinossauro “garça do inferno com cara de crocodilo” é descoberto

Dois dinossauros carnívoros de dentes pontiagudos com crânios de crocodilo apareceram uma vez nas margens do rio na Ilha de Wight, na Inglaterra, revelam novos fósseis. Os cientistas deram às criaturas nomes científicos que se traduzem …

As 9 acusações contra Bolsonaro no relatório da CPI - e a manobra governista para tentar blindá-lo

Após o relatório da CPI da Covid no Senado acusar o presidente Jair Bolsonaro de nove crimes durante a pandemia, um senador da bancada governista tentou uma manobra para "blindar" o chefe do Executivo e …