Onda de calor na Europa provoca temperaturas recordes

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Termômetros marcaram 42,6°C em Paris, maior temperatura já registrada na capital francesa. Recordes históricos também são batidos na Alemanha, Holanda e Bélgica. Temperatura ultrapassa 40°C em várias cidades alemãs.

A onda de calor na Europa bateu vários recordes históricos no continente. Em Paris, os termômetros marcaram 42,6°C, a temperatura mais alta já registrada na capital francesa, ultrapassando o recorde anterior de 40,4°C alcançado em 1947.

Diante do calor, turistas e moradores de Paris buscavam alívio em fontes e piscinas montadas pelas autoridades próximo ao canal de Ourcq. O clima agravou também o problema de poluição nas grandes áreas urbanas, o que levou as autoridades a proibirem a circulação de centenas de milhares de veículos, os que geram mais emissões, nas áreas metropolitanas de Paris e Lyon, assim como em Lille e em Estrasburgo.

Altas temperaturas atingiram também a Bélgica, Holanda e Alemanha. Em vários países europeus, os trens reduziram suas velocidades para evitar danos na rede ferroviária. Já a operadora francesa SNCF pediu que os passageiros adiassem viagens programadas para esta quinta-feira.

Na Alemanha, o recorde de calor foi quebrado pelo segundo dia consecutivo. Em Lingen, na Baixa Saxônia, os termômetros chegaram a 42,6°C. Segundo o Serviço Alemão de Meteorologia (DWD), essa foi a temperatura mais alta já registrada no país desde o início da medição em 1881.

Em Lingen, o calor ultrapassou o recorde histórico de 40,5°C, que foi registrado em Geilenkirchen, na Renânia do Norte-Vestfália, no dia anterior. Esse recorde também foi ultrapassado em Bonn, onde as temperaturas chegaram a 40,7°C, em Duisburg e Tönisvorst, com 41,2°C e em Colônia, com 41,1°C.

“Na lista dos dez lugares mais quentes da Alemanha temos quatro com mais de 41°C”, afirmou o porta-voz do DWD, Andreas Friedrich. Antes da atual onda de calor, o recorde histórico na Alemanha pertencia a Kitzingen, na Baviera, onde foi registrado 40,3°C em 2015.

A onda de calor também causou impactos no sistema de fornecimento energia. Devido ao aumento da temperatura na água do rio Weser, a operação na usina nuclear de Grohnde, na Baixa Saxônia, será interrompida por medida de segurança na sexta-feira.

Na Holanda, as temperaturas chegaram a 40°C pela primeira vez desde o início da medição no país, batendo o recorde de 38,6°C alcançado em 1944. Segundo a imprensa local, 20 crianças teriam passado mal numa colônia de férias em Leusden devido ao calor.

Os termômetros marcaram 40,7°C em Beitem, na Bélgica. Essa foi a temperatura mais alta já registrada na história do país desde o início da medição em 1833.

No aeroporto de Heathrow, nos arredores de Londres, os termômetros chegaram aos 36,9 °C , tornando o dia de hoje o mais quente deste verão e um dos mais quentes da história.

Espera-se que o calor extremo comece a diminuir com a chegada de uma frente fria que atravessou o Atlântico e que nesta quinta-feira deixou Portugal, para onde trouxe temperaturas mais amenas e chuva.

Na Alemanha, os meteorologistas disseram ainda que a onda de calor permanece nos próximos dias. No oeste do país, as temperaturas devem novamente alcançar os 40°C. A onda de calor deve trazer ainda tempestades para o final de semana.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …