Organização diz ter identificado 318 locais onde Coreia do Norte executa pessoas

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Uma ONG sul-coreana afirma ter identificado 318 locais usados ​​pelo governo da Coreia do Norte para realizar execuções públicas no país.

O relatório, divulgado na terça-feira (11/06) pela organização Transitional Justice Working Group, foi elaborado a partir de entrevistas com 610 desertores norte-coreanos durante quatro anos. O documento denuncia décadas de assassinatos por crimes que vão desde roubar uma vaca até assistir à televisão sul-coreana.

O relatório, intitulado Mapping the Fate of the Dead (Mapeando o Destino dos Mortos, em tradução livre), revela que as execuções públicas aconteciam perto de rios, campos, mercados, escolas e ginásios esportivos. E chegavam a reunir pelo menos 1 mil pessoas para assistir à aplicação da pena de morte, segundo o grupo de direitos humanos.

O documento denuncia ainda que membros da família das pessoas sentenciadas à morte, incluindo crianças, às vezes eram forçados a assistir ao evento. Além disso, os corpos eram raramente entregues aos familiares, tampouco os locais de sepultamento eram informados. A pessoa mais jovem a testemunhar uma execução pública tinha sete anos, segundo o relatório.

Algumas sentenças também seriam aplicadas dentro de unidades de detenção, como prisões e campos de trabalho – onde condenados por crimes políticos são forçados a trabalhar em atividades como mineração e extração de madeira.

Um desertor detido em um campo de trabalho no início dos anos 2000 descreveu como 80 prisioneiros foram obrigados a assistir ao assassinato de três mulheres acusadas de tentar fugir para a China. “Isso poderia acontecer com vocês”, teria dito uma das autoridades à multidão.

O relatório afirma que as execuções são “um dos principais métodos de incitar o medo e dissuadir os cidadãos de se engajarem em atividades consideradas indesejáveis ​​pelo regime”. De acordo com os desertores, a maioria das execuções é realizada por pelotões de fuzilamento. A prática geralmente envolve três atiradores, que disparam três vezes contra cada condenado.

Alguns entrevistados citaram ocasiões em que os responsáveis pela execução pareciam estar bêbados. Um deles disse que “isso acontece porque matar é algo difícil emocionalmente”. Também foram relatados alguns poucos casos de enforcamentos públicos, embora a ONG afirme que parecem ter sido reduzidos ou até mesmo suspensos desde 2005.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …

Família real britânica: morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª, morreu nesta sexta-feira (09/04) aos 99 anos, anunciou o Palácio de Buckingham. Em um comunicado, o palácio disse: "É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou …

Dinamarca suspende vistos e se torna 1° país europeu a ordenar retorno de refugiados à Síria

A Dinamarca acredita que a situação na província de Damasco se encontra atualmente estabilizada e decidiu suspender as autorizações de residência temporária de várias centenas de sírios. Trata-se do primeiro país europeu a ordenar …