Plano mirabolante de Elon Musk levará internet ultrarrápida a todo o planeta

SpaceX

Foguete Falcon Heavy, da SpaceX, o mais poderoso do mundo

A companhia espacial SpaceX vai fazer mais um lançamento com o foguete Falcon 9 no próximo sábado. E a carga desta vez é muito especial.

A carga útil primária será um satélite espanhol para o cliente Paz. No entanto, a carga secundária é muito interessante, uma vez que se trata de dois satélites demonstrativos que a empresa quer colocar em órbita para testar o plano de oferecer serviço de comunicação via internet de banda larga para o mundo todo.

Os pequenos satélites – Microsat-2A e Microsat-2B – têm uma vida útil planejada de apenas 20 meses. Ambos irão conter transmissores de banda larga e, uma vez em órbita, a companhia testará a conectividade com várias estações terrestres, incluindo estações móveis e uma lista de locais que inclui os escritórios do CEO Elon Musk, como o da empresa de carros elétricos Tesla.

A SpaceX tem mantido segredo sobre o plano para oferecer acesso à internet generalizado. Durante uma coletiva de imprensa na semana passada, Musk não quis falar sobre o projeto, informalmente conhecido como Starlink.

No entanto, é difícil manter sigilo quando existem tantos documentos públicos em volta da proposta.

O que sabemos é que, nos próximos anos, a empresa espera lançar 4.255 satélites interligados de internet de banda larga para orbitar a cerca de 1.120 a 1.280 quilômetros acima da Terra, além de outros 7.500 em órbitas inferiores.

Os documentos de aprovação do teste de sábado sugerem que o par de satélites será enviado a uma órbita cerca de 510 quilômetros acima da Terra. Em comparação, a Estação Espacial Internacional (EEI) orbita o planeta a cerca de 400 quilômetros. Também indicam que a empresa trabalha com parceiros na Argentina, Noruega e Nova Zelândia.

Hoje, cerca de 1.740 satélites ativos orbitam a Terra, além de 2.600 satélites mortos que estão provavelmente flutuando no espaço. A frota planejada da SpaceX, de cerca de 12 mil satélites, seria quase três vezes maior.

A SpaceX está em uma corrida cada vez mais competitiva para estabelecer acesso à internet rápido, generalizado e acessível por todo o planeta. A empresa acha que esse mercado vale dezenas, senão centenas, de milhares de milhões de dólares por ano.

Uma rede de satélites espacial eliminaria obstáculos e despesas de instalar tecnologias em terra. Desafios comuns associados à localização, escavação de buracos, colocação de fibra e tratamento de direitos de propriedade, por exemplo, são todos diminuídos por uma rede baseada no espaço.

Os custos mais baixos também poderiam resolver questões de acesso. Em um pedido legal de julho de 2016, a SpaceX incluiu um dado de um relatório da Unesco afirmando que “4,2 bilhões de pessoas (ou 57% da população mundial) estão offline por uma ampla gama de razões”, incluindo o fato de que a conectividade necessária não está presente ou não é acessível.

O plano de Musk é oferecer ao planeta inteiro internet com velocidade de 1 giga por segundo. A velocidade média global no final de 2015, de acordo com um relatório da empresa Akamai, era de 5,6 megabytes por segundo, ou 1/170 da velocidade-alvo da SpaceX. Essa internet poderia ser acessada através de dispositivos relativamente pequenos que Musk disse em 2015 que custariam entre 100 e 300 dólares.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Motor nuclear projetado para NASA poderá transportar humanos para Marte em apenas 3 meses

A NASA tem como meta enviar a primeira tripulação humana para Marte em 2030, e certa inovação poderá fazer a jornada de mais de 64 milhões de quilômetros em apenas três meses, em vez de …

Imunidade ao coronavírus 'diminui rapidamente' em assintomáticos, diz estudo britânico

Um estudo britânico publicado nesta terça-feira mostra que a imunidade adquirida por pessoas curadas do novo coronavírus "diminui muito rapidamente", especialmente em pacientes assintomáticos e, em certos casos, pode durar apenas alguns meses. O trabalho …

Senado dos EUA aprova indicada de Trump para Suprema Corte

A poucos dias das eleições americanas, Amy Barrett é confirmada para a vaga por 52 votos a 48. Conservadora e católica devota, ela substitui Ruth Bader Ginsburg, uma das mais célebres figuras progressistas do tribunal. O …

NASA descobre grandes quantidades de água em cratera iluminada na Lua

Nesta segunda-feira (26), a NASA revelou os resultados de dois estudos que trouxeram novas descobertas sobre a Lua: dados obtidos pelo observatório aéreo Stratospheric Observatory for Infrared Astronomy (SOFIA) confirmam, pela primeira vez, que existe …

Ciclone no litoral brasileiro pode causar tempestades em 9 estados

Um ciclone no litoral brasileiro já está causando graves chuvas em diversas regiões do Brasil e seus impactos podem causar tempestades em 9 estados. O Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) emitiu sinal de alerta para diversas …

Processo contra o Google nos EUA pode afetar o modo como você usa seu celular

Na última terça-feira (23), o Departamento de Justiça dos EUA entregou um "presente de Halloween" pouco agradável ao Google: um gigantesco processo antitruste, acusando a empresa de práticas que eliminam a competição nos mercados de …

Chilenos decidem a favor de nova Constituição por ampla maioria

Em plebiscito, quase 80% dos eleitores votam a favor de uma nova Carta Magna, em substituição à herdada da era Pinochet, e de que ela seja escrita por uma Assembleia Constituinte com igualdade entre mulheres …

'Vai comprar lá na Venezuela', rebate presidente a apoiador que reclamou de preço do arroz

O presidente Jair Bolsonaro rebateu neste domingo (25), durante passeio de moto por Brasília, crítica de apoiador sobre a alta do preço do arroz. No momento em que saia da Feira Permanente do Cruzeiro, região administrativa …

Espanha, Itália e França ampliam restrições em fim de semana com recorde de casos da Covid-19

Os líderes europeus intensificam as medidas de combate à pandemia do coronavírus, depois da alta de 42% de novos casos da Covid-19 em uma semana. A Itália reforçou neste domingo as medidas de restrição …

Pistachio, o cãozinho filhote que nasceu com pelo verde na Itália

O fazendeiro italiano Cristian Mallocci esperava uma ninhada normal de cachorros de sua cadelinha labradora. Entretanto, ao ver os filhotinhos que nasceram, ele percebeu que um era um pouquinho diferente. ‘Pistachio’, como foi nomeado posteriormente, …