Queda de meteoro transforma a noite em dia na Finlândia

As câmeras de moradores capturaram um momento incrível na Finlândia na última quinta-feira (16): um meteoro rasgou os céus da Lapônia, região norte do país escandinavo, e transformou a noite em dia com uma explosão percebida a quilômetros de distância.

Apesar de o meteoro ter um brilho incrivelmente intenso, ainda não é sabido se atingiu o solo ou se explodiu na atmosfera. “Nesta noite, enquanto eu estava sentada em casa, houve uma grande explosão e a casa toda estremeceu violentamente“, disse Tony Bateman, que gravou um dos vídeos e comanda o site Aurora Service Tours.

“Estávamos fazendo uma transmissão ao vivo, captando o céu noturno para registrarmos a aurora boreal. Imediatamente pensei que as câmeras tivessem flagrado o show [causado pela entrada do meteoro na atmosfera]. Então, volto o vídeo e lá está. Fiquei arrepiado. Que noite!”, conta Bateman.

O incidente ocorreu por volta das 6h40 (hora local) pelos céus de Inari, na Lapônia finlandesa, e parece ter sido tão poderoso que alguns dizem ter ouvido a explosão também na Noruega e na Rússia.

As luzes vieram de todo lado, como uma explosão que durou cerca de cinco ou seis segundos”, declarou o atleta Atle Staaleen ao Barents Observer.

Entretanto, apesar de o evento ser impressionante, os meteoros não são tão raros. Milhares de objetos queimam em nossa atmosfera todos os anos, mas muitos são pequenos demais para serem notados. E vários desses milhares caem em áreas remotas e desabitadas.

Em algumas ocasiões, porém, um meteoro pode se espalhar por uma área povoada ao entrar em contato com a atmosfera terrestre. No caso deste incidente na Finlândia, o meteoro parece explodir no ar em um bólide [quando uma rocha espacial é desintegrada antes de chegar ao solo] ou atingiu a Terra como um meteorito.

E por não serem raros, os cientistas estão melhorando constantemente o rastreio de meteoritos, mas ainda estão longe da perfeição: em 2013, um meteorito não detectado caiu em Chelyabinsk, na Rússia, ferindo centenas de pessoas com a explosão e causando danos a edifícios e residências.

Felizmente, desta vez não há relatos de feridos ou estragos, mas é um bom lembrete de que há muitas rochas vagando pelo espaço que podem, em visita ao Sistema Solar, atingir a Terra. Por isso, é necessário que continuemos a nos preparar para quando algo entrar no nosso caminho – pois isso poderia significar o fim da civilização humana.

EM, Ciberia // IFLScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

"Não comemorei ou me orgulhei de ter banido Trump do Twitter", diz Jack Dorsey

Em uma série de tuítes, Jack Dorsey, cofundador e CEO do Twitter, defendeu o banimento de Donald Trump da rede social na última sexta-feira (8). Segundo o executivo, essa foi a medida certa para a …

EUA adicionam Xiaomi e mais 8 empresas chinesas à lista de companhias ligadas a militares

Departamento de Defesa dos EUA lista Xiaomi e mais oito empresas por ligações com militares chineses. Para analistas, a listagem é um "frenesi final" do governo Trump em sua campanha anti-China. Na quinta-feira (14), o Departamento …

Petrobras é a segunda maior do mundo em operações no oceano

Entre as 100 maiores corporações transnacionais que operam nos oceanos mundo afora, a Petrobras aparece em segundo lugar. A lista, divulgada nesta quarta-feira (13/01), é parte de uma pesquisa publicada na renomada revista Science Advances, …

Estudo detecta pela 1ª vez em que resulta colisão de 3 buracos negros

Um novo estudo da agência espacial norte-americana NASA revela novas informações sobre o que acontece após colisões entre três buracos negros supermassivos. Com a ajuda do Observatório de Raios X Chandra, da NASA, e vários outros …