Richard Branson, da Virgin Galactic, voará ao espaço antes de Jeff Bezos

@virgingalactic / Twitter

Richard Branson, o fundador da Virgin (dir)

A corrida do turismo espacial segue a todo vapor. Em comunicado oficial nesta quinta-feira (1º), a Virgin Galactic anunciou que Richard Branson, fundador da empresa, estará a bordo do próximo voo de teste, marcado para o próximo dia 11 de julho.

A notícia veio a tona depois que Jeff Bezos, fundador da Blue Origin, revelou que voará ao espaço no dia 20 deste mês com Wally Funk, uma das pilotos conhecidas como “Mercury 13”. Este será o 22º teste de voo da nave VSS Unity, e o primeiro a transportar uma tripulação completa. Se tudo sair conforme o programado, Branson estará 9 dias à frente de Bezos nesta corrida.

A janela de lançamento para o teste de voo tripulado com o VSS Unity começa no dia 11 de julho, o que significa que dependerá de alguns fatores para acontecer nesta data, como o próprio clima. Mesmo assim, a contar a partir desse dia, a Virgin Galactic ainda estará a nove dias à frente do lançamento da Blue Origin. Em seu Twitter, Branson disse que foi sempre sonhador e que sua mãe o ensinou a nunca desistir e a alcançar as estrelas. “Em 11 de julho, é hora de transformar esse sonho em realidade a bordo do próximo voo espacial Virgin Galatic”, acrescentou após o anúncio oficial de sua empresa.

Enquanto isso, Bezos escolheu o dia 20 de julho, pois é a data em que se comemorá o 52º aniversário do pouso da Apollo 11 na Lua, mas ele já havia anunciado há um mês que faria parte do primeiro teste de voo tripulado com seu veículo suborbital New Shepard. Além do fundador da Blue Origin, este voo contará com mais três tripulantes: Mark, irmão de Bezos e vencedor de um leilão de caridade de US $28 milhões, e Wally Funk, a convidada de honra da empresa, uma das “Mercury 13” e que, aos 82 anos, se tornará a pessoa mais velha a ir ao espaço — superando o recorde estabelecido por John Glenn, que tinha 77 quando decolou a bordo do foguete Discovery, da NASA, em 1998.

Além de Branson, estarão a bordo da VSS Unity os especialistas da missão Beth Moses, o instrutor chefe de astronautas da Virgin Galactic — sendo o chefe de cabine e diretor desta missão —, o engenheiro líder de operações da empresa, Colin Bennett, que será responsável por avaliar os equipamentos e procedimentos durante todo o percurso, e Sirisha Bandla, vice-presidente de relações governamentais e operações de pesquisa da empresa, e que avaliará a experiência de pesquisa durante o voo, com um experimento desenvolvido pela Universidade da Flórida.

Dave Mackay e Michael Masucci serão os pilotos do VSS Unity, enquanto CJ Sturckow e Kelly Latimer pilotarão o VMS Eve, a nave-mãe que levará a nave espacial a uma altitude de 15 km. A partir daí, o VSS Unity será liberado e, então, seus motores serão ativados, colocando o veículo em direção à fronteira com o espaço. “Eu realmente acredito que o espaço pertence a todos nós. Após 17 anos de pesquisa, engenharia e inovação, a Virgin Galactic está na vanguarda de uma nova indústria espacial comercial pronta para abrir o universo para a humanidade e mudar o mundo para sempre”, disse Branson.

O foguete da Virgin Galactic tem capacidade de atingir uma altitude de até 88 km após ser liberado pelo avião transportador. Já o da Blue Origin é lançado a partir do solo, podendo alcançar uma altitude de até 106 km. Os dois atingem a chamada Linha de Kárman, o limite entre a Terra com o espaço através de um voo suborbital com cerca de 10 minutos de duração — desse total, 4 minutos com o efeito da gravidade zero. Diferente da SpaceX, de Elon Musk, que lança suas cápsulas em órbita terrestre. No entanto, o que as três empresas têm em comum são os planos de levar clientes privados a esta fronteira — e tudo indica que a SpaceX realizará esta façanha em setembro deste ano.

A Virgin Galactic tem mais três voos de testes planejados e, até então, Branson faria parte da segunda demonstração, mas parece que ele resolveu superar Bezos, antecipando sua viagem para o teste deste mês. A empresa já tem mais de 600 reservas, feitas a partir da venda inicial de ingressos que custaram US $250 mil e esse número de clientes deve aumentar após o voo com o dono da empresa.

No mesmo comunicado, Branson disse que revelará algo emocionante “para dar a mais pessoas a chance de se tornarem astronautas, porque o espaço pertence a todos nós; portanto, observe este espaço…”. O que será? Bom, seguimos atentos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …