Segunda família de peixes que “andam” é descoberta na Austrália

Cientistas da Universidade da Tasmânia localizaram, no sul da Austrália, um pequeno grupo com 40 indivíduos de uma das espécies marítimas mais singulares do planeta.

A possível existência de um novo grupo de peixes de mãos vermelhas, de nome científico Thymichthys politus, foi divulgada por um naturalista viciado na costa leste da Tasmânia e confirmada pouco depois por cientistas que participavam numa exploração especializada. Não foram facilitados dados sobre a localização, de forma a evitar curiosos ou pescadores.

Até agora, só era conhecida a existência de uma pequena colônia, também no sul da Austrália, desta curiosa espécie catalogada em “perigo de extinção” na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza.

O peixe de mãos vermelhas era considerado uma espécie limitada à baía Frederick Henry, segundo recorda a Universidade da Tasmânia, citada pelo La Vanguardia. O novo grupo de peixes da espécie, que teria entre 20 a 40 destes animais, habita a vários quilômetros da localização inicial.

O habitat desta segunda colônia se reduz a um espaço de 50 por 20 metros, em um fundo marinho que facilita os deslocamentos com a simples ajuda do movimento das barbatanas em forma de mão.

A descoberta aconteceu na semana passada durante os trabalhos de uma pesquisa sobre a vida nos recifes realizada pelo Instituto Marinho de Estudos Antárticos (IMAS) da Universidade da Tasmânia, depois de um cidadão ter avistado os peixes.

“Descobrir esta segunda população é um grande alívio porque duplica o número de animais desta espécie que acreditamos existir no planeta”, disse o cientista Rick Stuart-Smith.

O pesquisador destacou que o novo habitat é distinto do primeiro, o que revela que o peixe não é completamente dependente das condições locais. “Encontrar uma nova população que é diferente da existente é emocionante. Supõe-se que exista uma piscina genética maior e que potencialmente podemos encontrar outra população”.

Estes peixes avermelhados, que medem cerca de 6 a 13,5 centímetros, foram vistos pela primeira vez no século XIX perto de Port Arthur, na Tasmânia, um dos lugares do planeta que abriga mais espécies raras e únicas em perigo.

O peixe de mãos vermelhas tem um corpo largo e com protuberâncias em forma de verruga com as quais se move lentamente pelo leito marinho em busca de alimentos como crustáceos, segundo o Ministério do Ambiente australiano.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Avião com vacinas contra covid-19 entra em rota de colisão com jato após curva errada

  Essa foi por pouco! Na manhã desta terça-feira (19), um avião monomotor com vacinas contra a covid-19 a bordo fez uma curva errada após a decolagem, e acabou entrando em rota de colisão com um …

Emaranhamento quântico é transmitido a drones separados por 1 km de distância

Fótons emaranhados foram transmitidos entre dois drones pairando a um quilômetro de distância um do outro, demonstrando tecnologia que poderia ser a base de uma internet quântica. Quando dois fótons são emaranhados quanticamente, você pode deduzir …

Joe Biden empossado 46.º Presidente dos EUA

Joe Biden tomou posse, esta quarta-feira, como Presidente dos Estados Unidos, e Kamala Harris foi empossada a primeira vice-presidente norte-americana. No seu discurso, Biden disse que "este é o dia da América, da democracia …

Covid-19: Brasil deve enfrentar pior fase da pandemia nas próximas semanas

Nos últimos dias, a pandemia no Brasil foi marcada por imagens de dor e de esperança. De um lado, a falta de oxigênio em Manaus mostrou a tragédia causada pela falta de coordenação contra a …

Após meses, Jack Ma reaparece publicamente via vídeo em evento no interior da China

Sem aparecer publicamente desde o fim de outubro de 2020, Jack Ma faz sua primeira aparição em evento de bem-estar social para professores em área rural da China. O bilionário cofundador do grupo Alibaba, gigante do …

Donald Trump perdoa Steve Bannon e outros aliados

Nas suas últimas horas no cargo, o presidente dos EUA concede perdão a vários aliados e também políticos condenados por corrupção. Entre os perdoados está seu ex-estrategista-chefe. O presidente dos EUA, Donald Trump, usou suas últimas …

Máscara com nariz de fora rende eliminação de exame e prisão de candidato

Um homem de 49 anos foi preso no Japão após se recusar a utilizar corretamente uma máscara facial durante um exame de admissão para faculdade. Ele foi desqualificado da prova e acabou tomando as notícias …

Esconderijo moedas de ouro medievais são descobertas em uma fazenda na Hungria

No século XVI, um ataque do Império Otomano pode ter levado húngaros em pânico a enterrar um estoque de valiosas moedas de prata e ouro. Agora, arqueólogos descobriram este tesouro enterrado em uma fazenda moderna …

Vacina covid-19. As respostas para as 10 perguntas mais procuradas sobre vacinação nas últimas 24 horas

A aprovação da CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan) e da CoviShield (FioCruz/Universidade de Oxford/AstraZeneca) representou um enorme avanço para conter a pandemia de covid-19, que já vitimou quase 210 mil brasileiros. Essas duas vacinas são as primeiras …

Satélites Starlink agora são invisíveis a olho nu, mas não para telescópios

Quando a SpaceX lançou as primeiras 60 unidades da rede Starlink em maio de 2019, a comunidade científica expressou preocupações, prevendo que as observações astronômicas seriam afetadas pelo brilho das unidades que compõe a constelação …