Tecnologia espacial pode ajudar a criar um mundo melhor

IAEA Imagebank / Flickr

Simonetta Di Pippo

Simonetta Di Pippo

Afirmação foi feita pela chefe da agência das Nações Unidas para Assuntos Espaciais em entrevista à ONU News. Simonetta Di Pippo quer ver mais mulheres trabalhando na indústria aeroespacial.

Os líderes das agências espaciais internacionais, autoridades de governos e representantes da comunidade internacional foram desafiados a contratar mais mulheres para a indústria aeroespacial.

A pressão partiu da diretora da agência das Nações Unidas para Assuntos Espaciais, Unoosa, a astrofísica italiana Simonetta Di Pippo, uma das poucas mulheres no setor.

“Mundo melhor”

Com base em Viena, a agência da ONU promove cooperação internacional para o uso pacífico do espaço e a utilização da ciência espacial e da tecnologia para o desenvolvimento social e econômico sustentáveis.

Em entrevista à ONU News, Di Pippo disse que as informações e as infraestruturas espaciais podem ajudar a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, de várias formas.

Ela dá como exemplo as imagens de satélite ou serviços de informação e aplicações. Segundo a chefe da Unoosa, “a tecnologia espacial pode ajudar muito o mundo a se tornar um mundo melhor”.

Simonetta Di Pippo disse que não está muito claro porque é difícil atrair mais mulheres para o setor.

Para tentar mudar essa situação, ela declarou que a Unoosa está preparando um projeto chamado “Espaço para Mulheres”.

Unispace+50

A ideia é chamar a atenção dos Estados-membros para o aniversário de 50 anos da 1ª Conferência sobre a Exploração e o Uso Pacífico do Espaço, Unispace+50, que vai acontecer em junho de 2018.

O evento deve fortalecer os esforços para formatar a governança espacial global no momento em que mais países e os chamados atores não governamentais, estão cada vez mais envolvidos em atividades espaciais.

Di Pippo afirmou que esse fórum de alto nível tem quatro pilares: economia espacial, sociedade espacial, assim como acesso e diplomacia espaciais.

Ela acredita que governos, os setores privado e acadêmico e a sociedade civil vão ter condições de compreender melhor porquê o mundo deve dar mais atenção às atividades espaciais.

“Dream Chaser”

A chefe do Unoosa disse ainda que a agência da ONU de olho em uma missão espacial. Simonetta de Pippo afirmou que está trabalhando no desenvolvimento de um veículo espacial chamado “Dream Chaser”, “Caçador de Sonho”, numa tradução direta.

A cooperação está sendo feita com a empresa Sierra Nevada Corporation e a esperança é a de que ele possa ser lançado até o fim de 2012. Ela explicou que o “Caçador de Sonho” é um equipamento interessante.

O lançamento será igual ao de um foguete comum, mas ele regressará à Terra como um avião normal. Di Pippo disse que o veículo espacial deve ficar em órbita por duas semanas e realizará entre 25 e 30 experiências no espaço.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mão robótica aprendeu sozinha como solucionar o cubo de Rubik

Provavelmente você já deve ter passado pelo desafio de deixar o cubo de Rubik, mais conhecido como cubo magico, com as cores das faces iguais. Saiba que uma mão robótica conseguiu resolver teste desafio sozinha. Provavelmente …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

O Palácio do Planalto decidiu deixar em suspenso a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, em meio a uma crise política …

Preso pai de família que vivia isolada na Holanda

Ex-membro de culto de 67 anos viveu quase uma década recluso, com os seis filhos, numa zona rural. Polícia suspeita privação de liberdade. Antes fora detido um austríaco, presumível locatário do sítio. Está detido o pai …

"É muito provável que haja verdadeiros análogos da Terra", afirma novo estudo

Um novo método de análise geoquímica de planetas distantes sugere que os muitos exoplanetas semelhantes à Terra podem existir fora do Sistema Solar, de acordo com pesquisa. Há um traço comum entre rochas de asteroides, ou …

Equipe 100% feminina vai para o espaço pela primeira vez na história da NASA

As astronautas norte-americanas Christina Koch e Jessica Meir deixaram juntas nesta sexta-feira (18) a Estação Espacial Internacional (ISS) para fazer um reparo de controladores de energia, marcando a primeira vez em seis décadas da história …

Tratamento para tuberculose é recorde, mas 3 milhões não têm acesso

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose bateu um recorde histórico em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, sete milhões de pessoas …

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …