Trump rompe com embaixador e critica May

Gage Skidmore / Flickr

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

Presidente dos EUA anunciou que “não vai mais lidar” com representante britânico em Washington que qualificou seu governo como “inepto” em mensagens vazadas. Americano ainda disse que premiê criou “bagunça” no Brexit.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou nesta segunda-feira uma série de críticas à primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, e anunciou que seu governo está rompendo com o embaixador britânico em Washington.

No Twitter, Trump escreveu “tem sido muito crítico sobre o modo como o Reino Unido e a primeira-ministra Theresa May lidaram com o Brexit”. “Que bagunça ela e seus representantes criaram”, escreveu o presidente. “Eu disse a ela como isso deveria ser feito, mas ela decidiu ir por outro caminho”.

“A boa notícia para o maravilhoso Reino Unido é que eles terão em breve um novo primeiro-ministro. Embora eu tenha gostado da magnífica visita de Estado no mês passado, foi com a rainha que fiquei muito impressionado!”, completou.

As críticas de Trump ocorrem na esteira da revelação por um jornal britânico de mensagens confidenciais do embaixador do Reino Unido nos EUA, Kim Darroch, que descreveu o atual governo americano como “inepto” e “disfuncional”. Os comentários vazados do embaixador já haviam enfurecido Trump no fim de semana. No domingo, ele disse que Darroch “não prestou um bom serviço ao Reino Unido”.

Nas mensagens publicadas nesta segunda-feira, Trump voltou a criticar o embaixador e anunciou que seu governo está rompendo com o representante diplomático. “Eu não conheço o embaixador, mas ele não é bem quisto ou bem visto nos EUA. Nós não vamos mais lidar com ele”, disse Trump.

Poucas horas antes nesta segunda-feira, Theresa May ainda afirmou que tem “total fé” em Kim Darroch, mas disse não compartilhar a opinião de que o governo Trump é “disfuncional” e “inepto”.

As mensagens de Darroch, que cobrem o período de 2017 até os dias atuais, foram reveladas pelo jornal Mail on Sunday, que não revelou como obteve o material. Nas mensagens, o embaixador chegou a dizer que, para se comunicar com Trump, é “necessário apresentar argumentos simples, inclusive rudes“.

“Não acreditamos realmente que esta administração vá ser muito mais normal. Menos disfuncional, menos imprevisível; menos dividida em facções, menos inepta”, escreveu Darroch.

Nesta segunda-feira, um porta-voz do governo britânico disse que a função do embaixador é fazer avaliações políticas “honestas” do país para onde está destinado, embora suas opiniões não sejam compartilhadas pelo governo do Reino Unido. “Este vazamento não é aceitável”, disse o porta-voz oficial, que informou sobre a abertura de uma investigação.

A primeira-ministra não está de acordo com a avaliação (do embaixador). A primeira-ministra tem uma boa relação com o presidente (Trump) e o governo trabalha estreitamente e construtivamente com a administração em uma variedade de questões”, acrescentou.

Por sua vez, o ministro de Comércio, Liam Fox, atualmente em visita a Washington, disse à emissora “BBC” que se desculpará por este incidente com a filha de Trump, Ivanka, quando se reunir com ela.

Fox lamentou que vazamentos deste tipo possam prejudicar a relação bilateral e ter um “efeito” nos interesses de segurança dos dois países.

Em outro documento, o representante britânico nos EUA indicou que Trump se sentiu “deslumbrado” pela pompa e ostentação exibidas por Londres durante sua recente visita de Estado ao Reino Unido, onde foi recebido pela rainha Elizabeth 2ª.

No entanto, Darroch também aconselhou autoridades britânicas a não desprezar o presidente americano, argumentando que havia um “caminho viável” para a reeleição de Trump em 2020. O diplomata afirmou ainda que o presidente poderia “emergir das chamas, danificado mas intacto, como Arnold Schwarzenegger nas cenas finais de Exterminador do Futuro”, em referência ao filme de ficção científica de 1984.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ter um cachorro pode te ajudar a viver mais, aponta estudo

Nos últimos anos diversas pesquisas apontaram as vantagens de se ter um cachorro em casa. Nossos fiéis amigos de quatro patas são muito mais do que companheiros, mas podem nos ajudar a viver mais. É …

Desde 1970 a NASA sabe que existe vida em Marte, diz ex-engenheiro da agência

Em um artigo publicado na terça-feira (15) na revista Scientific American, Gilbert Levin, um ex-engenheiro da NASA que trabalhou nas missões Viking, faz uma afirmação polêmica: a de que, desde a década de 1970, a …

Brexit: União Europeia e Reino Unido anunciam um acordo em Bruxelas

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou na manhã desta quinta-feira (17) que encontrou um "excelente novo acordo" para o Brexit com a União Europeia, a poucas horas da cúpula da UE para selar a saída …

Câmara dos EUA condena retirada militar do norte da Síria

Por 354 votos a 60, deputados rejeitaram decisão de Trump de abandonar forças curdas que lutavam ao lado dos EUA. Resolução contou com apoio de mais da metade da bancada republicana. A Câmara de Representantes dos …

Vacina contra o câncer de mama pode estar disponível em 8 anos, diz a Clínica Mayo

Pesquisadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o câncer ovário e de mama que poderia estar disponível dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes a …

Líder de Hong Kong abandona discurso no Parlamento após protestos

Parlamentares pró-democracia forçam Carrie Lam a interromper pronunciamento anual. Sem conseguir completar fala, chefe do Executivo faz discurso sobre futuro político da região administrativa especial da China em vídeo. A chefe do Executivo de Hong Kong, …

Barcelona se prepara para novos protestos, depois de noite tensa em aeroporto

A Catalunha se prepara para um novo dia de indignação, depois que milhares de ativistas pela independência cercaram o aeroporto de Barcelona, na segunda e terça-feira, para denunciar a condenação de seus líderes a sentenças …

Erdogan acusa militares sírios de bombardear posições turcas

Dois soldados turcos foram mortos na área de Manbij pelo Exército do governo sírio, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan. No dia anterior foi noticiada a morte de mais dois soldados turcos durante um ataque …

Operação da PF amplia briga interna no PSL

A disputa pública pelo comando do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15/10) quando agentes da Polícia Federal (PF) realizaram uma operação de busca e apreensão na casa …

Cidade na Itália proíbe Google Maps porque pessoas 'se perdem' o tempo todo

Serviços de emergência de Baunei já tiveram que resgatar 144 perdidos em dois anos devido ao Google Maps. O prefeito da cidade italiana de Baunei, Salvatore Corrias, proibiu o uso do aplicativo de localização geográfica Google …