Trump sofre derrota no Congresso e adia votação de substituto do Obamacare

Donald J. Trump, 45º presidente dos EUA

Os líderes republicanos da Câmara dos Representantes (Câmara dos Deputados) dos Estados Unidos suspenderam hoje (24) a votação da lei que iria substituir o chamado Obamacare, atual sistema público de saúde americano, implementado pelo ex-presidente Barack Obama, há sete anos.

A manobra representou uma derrota do atual presidente Donald Trump, que durante a sua campanha eleitoral prometeu acabar com o programa.

Essa também havia sido a promessa de campanha de muitos deputados republicanos. Após o anúncio de que a votação da proposta seria adiada, Trump disse que não conseguiu a vitória “por pouco” e se disse “surpreso e desapontado”, colocando a culpa no Partido Democrata.

Nós não tínhamos nenhum voto dos democratas. Eles não iriam nos dar nem mesmo um voto, então é uma coisa muito difícil de se fazer”.

No entanto, a ausência de votos dos democratas era algo esperado desde o início, e a avaliação que prevaleceu em Washington é a de que Trump não teria o voto dos próprios republicanos de seu partido, que têm maioria em ambas as casas do Congresso. Depois de muitas negociações, Trump e o presidente da Câmara, Paul Ryan, não conseguiram convencer os republicanos a votarem a favor do projeto.

“Não vai longe”

Alguns republicanos mais conservadores disseram que a proposta de Donald Trump “não vai longe o suficiente” na desregulamentação do atual sistema, enquanto outros têm medo de que sua base fique sem cobertura de plano de saúde.

Membros do “Freedom House Caucus”, grupo que reúne os republicamos mais conservadores da Câmara dos Deputados, não aceitaram votar a favor da lei, mas anunciaram, logo após a suspensão, que querem continuar trabalhando com Trump para substituir o Obamacare.

Ryan não soube dizer se o Obamacare será de fato substituído em breve. Já a líder dos Democratas na Câmara, Nancy Pelosi, disse que esta foi uma “vitória para todos os americanos”.

A votação era considerada o primeiro teste do poder de articulação de Trump no Congresso  e ele chegou a dar um ultimato aos deputados na quinta-feira (23), dizendo que deveriam votar o projeto ou teriam que se contentar e continuar com o Obamacare.

Mas a ameaça não funcionou, e a suspensão da votação passa a ser a primeira grande derrota do presidente, que já anunciou que a partir de agora vai passar a focar na reforma tributária.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …

VÍDEO da NASA revela degelo dramático das geleiras do Alasca

Vídeo recém-publicado mostra derretimento de geleiras e calotas de gelo do Alasca visto do espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos, e dão aos cientistas novas ideias relacionadas aos efeitos das mudanças climáticas …

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …