Tubarão-fantasma é filmado vivo no oceano pela primeira vez

Nas profundezas do oceano, muito depois do ponto onde os raios de sol podem penetrar, entramos no reino dos tubarões-fantasma. Também chamados de quimeras, esses peixes raramente são vistos por pessoas.

Agora, cientistas do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey, na Califórnia, EUA, compartilharam um vídeo, pela primeira vez, de um desses animais vivos nadando no oceano – e a filmagem é fascinante.

Parentes de tubarões e raias, esses habitantes do fundo do mar se separaram desses outros grupos há cerca de 300 milhões de anos.

Embora os tubarões-fantasmas estivessem deslizando pelas profundezas desde muito antes dos dinossauros, sabemos muito pouco sobre eles. Logo, o vídeo recentemente lançado pode nos ajudar a compreender um pouco melhor essas criaturas misteriosas.

A surpresa

Em 2009, o instituto americano enviou um veículo operado remotamente em vários mergulhos a profundidades de mais de 2.000 metros, em águas ao largo da Califórnia e do Havaí.

Eles não estavam procurando tubarões-fantasmas, mas um desses peixes continuava a aparecer na frente da câmera. A espécie não se assemelhava a nenhum tubarão-fantasma conhecido por frequentar qualquer uma dessas regiões.

Para descobrir sua identidade, o instituto pediu a ajuda de Dave Ebert, da Universidade do Estado da Califórnia, e outros especialistas em tubarões-fantasmas.

A equipe analisou o vídeo e acredita que o animal visto é uma Hydrolagus trolli, ou quimera azul de nariz pontiagudo, uma espécie de tubarão-fantasma geralmente encontrada na Austrália e Nova Zelândia.

Embora o tubarão-fantasma não seja novo para a ciência, o vídeo é incrivelmente interessante por se tratar da primeira vez que uma quimera azul pontiaguda é vista viva em seu habitat natural.

Se Ebert e seus colegas estiverem corretos, essa também é a primeira descoberta desta espécie no Hemisfério Norte.

Infelizmente, não podemos ter certeza a menos que obtivermos o DNA de um espécime real, o que não é fácil. Uma das melhores e únicas maneiras de conseguir isso é usar uma rede para coletar um animal nas profundezas, mas o peixe chega geralmente morto na superfície.

Novas informações

Mesmo sem um espécime físico, o vídeo fornece uma riqueza de informações. Em primeiro lugar, ao contrário de muitas criaturas das profundezas, esta parece gostar da câmera e suas luzes brilhantes.

Além disso, os afloramentos rochosos no fundo do vídeo sugerem que as quimeras azuis pontiagudas preferem este habitat ao terreno plano, de fundo macio, que normalmente é o domínio de outras espécies de tubarões-fantasmas.

Ao contrário dos tubarões mais conhecidos, as quimeras não têm fileiras de dentes ásperos; em vez disso, mastigam moluscos, larvas e outros moradores do fundo do mar com placas de dente mineralizadas.

E, talvez mais fascinante, as quimeras masculinas ostentam órgãos sexuais retráteis na testa. Pelo menos outras três espécies de quimera provavelmente vivem em todos os oceanos do mundo, então não é tão surpreendente que esta tenha sido encontrada em uma região inesperada.

Os pesquisadores suspeitam que muitas espécies de tubarões-fantasmas sejam abrangentes, mas nós simplesmente não tenhamos dados sobre elas.

“Esses peixes são apenas uma das muitas espécies bonitas e pouco estudadas que compartilham este planeta conosco”, afirma Dominique Didier, biólogo marinho e especialista em quimeras da Universidade Millersville, nos EUA.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …