Tubarão-fantasma é filmado vivo no oceano pela primeira vez

Nas profundezas do oceano, muito depois do ponto onde os raios de sol podem penetrar, entramos no reino dos tubarões-fantasma. Também chamados de quimeras, esses peixes raramente são vistos por pessoas.

Agora, cientistas do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey, na Califórnia, EUA, compartilharam um vídeo, pela primeira vez, de um desses animais vivos nadando no oceano – e a filmagem é fascinante.

Parentes de tubarões e raias, esses habitantes do fundo do mar se separaram desses outros grupos há cerca de 300 milhões de anos.

Embora os tubarões-fantasmas estivessem deslizando pelas profundezas desde muito antes dos dinossauros, sabemos muito pouco sobre eles. Logo, o vídeo recentemente lançado pode nos ajudar a compreender um pouco melhor essas criaturas misteriosas.

A surpresa

Em 2009, o instituto americano enviou um veículo operado remotamente em vários mergulhos a profundidades de mais de 2.000 metros, em águas ao largo da Califórnia e do Havaí.

Eles não estavam procurando tubarões-fantasmas, mas um desses peixes continuava a aparecer na frente da câmera. A espécie não se assemelhava a nenhum tubarão-fantasma conhecido por frequentar qualquer uma dessas regiões.

Para descobrir sua identidade, o instituto pediu a ajuda de Dave Ebert, da Universidade do Estado da Califórnia, e outros especialistas em tubarões-fantasmas.

A equipe analisou o vídeo e acredita que o animal visto é uma Hydrolagus trolli, ou quimera azul de nariz pontiagudo, uma espécie de tubarão-fantasma geralmente encontrada na Austrália e Nova Zelândia.

Embora o tubarão-fantasma não seja novo para a ciência, o vídeo é incrivelmente interessante por se tratar da primeira vez que uma quimera azul pontiaguda é vista viva em seu habitat natural.

Se Ebert e seus colegas estiverem corretos, essa também é a primeira descoberta desta espécie no Hemisfério Norte.

Infelizmente, não podemos ter certeza a menos que obtivermos o DNA de um espécime real, o que não é fácil. Uma das melhores e únicas maneiras de conseguir isso é usar uma rede para coletar um animal nas profundezas, mas o peixe chega geralmente morto na superfície.

Novas informações

Mesmo sem um espécime físico, o vídeo fornece uma riqueza de informações. Em primeiro lugar, ao contrário de muitas criaturas das profundezas, esta parece gostar da câmera e suas luzes brilhantes.

Além disso, os afloramentos rochosos no fundo do vídeo sugerem que as quimeras azuis pontiagudas preferem este habitat ao terreno plano, de fundo macio, que normalmente é o domínio de outras espécies de tubarões-fantasmas.

Ao contrário dos tubarões mais conhecidos, as quimeras não têm fileiras de dentes ásperos; em vez disso, mastigam moluscos, larvas e outros moradores do fundo do mar com placas de dente mineralizadas.

E, talvez mais fascinante, as quimeras masculinas ostentam órgãos sexuais retráteis na testa. Pelo menos outras três espécies de quimera provavelmente vivem em todos os oceanos do mundo, então não é tão surpreendente que esta tenha sido encontrada em uma região inesperada.

Os pesquisadores suspeitam que muitas espécies de tubarões-fantasmas sejam abrangentes, mas nós simplesmente não tenhamos dados sobre elas.

“Esses peixes são apenas uma das muitas espécies bonitas e pouco estudadas que compartilham este planeta conosco”, afirma Dominique Didier, biólogo marinho e especialista em quimeras da Universidade Millersville, nos EUA.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …

Inteligência artificial está sendo usada para combater extinção de pinguins

Uma tecnologia de inteligência artificial está sendo determinante no combate à extinção de pinguins no mundo. A ferramenta está sendo utilizada pela Gramener, empresa membro Intel AI Builder, que, a partir de imagens de regiões …

Criaram um escape room baseado em La Casa de Papel

As empresas Fever Originals, Atresmedia e Enigma Exprés criaram um escape room na Espanha baseado em “La Casa de Papel“. Mais de 80 mil pessoas participaram da primeira temporada do desafio. Vestidos com os uniformes e …

Guaidó desafia proibição de deixar Venezuela e inicia giro internacional em busca de apoio

O opositor venezuelano Juan Guaidó voltou a desafiar a proibição de deixar o país. O autoproclamado presidente interino viajou para a Colômbia, antes de seguir para Bélgica e Suíça. Ele pretende participar do Fórum …

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …